Seguir o O MINHO

Desporto

Tóquio2020: Presidente da República enaltece participação de Portugal

XXXII edição dos Jogos Olímpicos

em

Foto: Ivo Borges / O MINHO

O Presidente da República felicitou hoje a equipa que representou Portugal nos Jogos Olímpicos de Tóquio, sublinhando que “alcançou a melhor participação de sempre” e que “foram superadas as metas contratualizadas e as expectativas dos Portugueses”.

“O Desporto tem um papel na nossa sociedade que deve ser valorizado, na Educação, na Saúde, na Economia e na Cultura. É um pilar importante na integração social e na construção da nossa identidade nacional”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, num texto publicado na página oficial da Presidência da República.

“O adiamento dos jogos, a sua realização numa cidade tão distante e com um clima tão diferente do nosso, foram dificuldades adicionais a uma preparação já de si longa e muito exigente”, apontou o Presidente para destacar que, “ainda assim, esta equipa, composta por atletas, treinadores, técnicos, médicos, dirigentes, entre outros, esteve à altura do desafio, da responsabilidade e do compromisso”.

“Foram superadas as metas contratualizadas e as expectativas dos Portugueses”, considerou.

Nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, a participação de Portugal regista quatro medalhas, 15 diplomas, 35 classificações acima do 16.º lugar e um recorde de 57 pontos, lembra o texto.

Foram ainda batidos três recordes nacionais, cinco recordes pessoais, fixaram-se 17 melhores marcas em Jogos Olímpicos e conseguiram-se 27 melhores classificações de sempre.

Para Marcelo Rebelo de Sousa, este “sucesso desportivo” merece o reconhecimento público do Presidente da República e uma palavra de agradecimento ao trabalho “perene e constante” do Comité Olímpico de Portugal.

Nesta mensagem de felicitações, Marcelo Rebelo de Sousa expressou o “seu orgulho e satisfação pelos feitos alcançados” e agradece “o esforço e a dedicação de tantos”.

Os XXXII Jogos Olímpicos, disputados em Tóquio, com um ano de atraso devido à pandemia de covid-19, terminaram hoje na capital do Japão, passando o testemunho a Paris, onde decorre a próxima edição em 2024.

A missão portuguesa, de 92 desportistas, saiu de Tóquio com quatro medalhas, uma de ouro de Pedro Pichardo, no triplo salto, uma de prata de Patrícia Mamona, na mesma especialidade, e duas de bronze, do judoca Jorge Fonseca e do canoísta Fernando Pimenta.

Populares