Seguir o O MINHO

Desporto

Tóquio2020: Há muito do Minho em ação nesta madrugada

Jogos Olímpicos

em

Foto: DR

A madrugada desta quarta-feira traz a estreia de dois atletas ‘emprestados’ ao Minho nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 e o regresso de outros quatro que já disputaram duas partidas na competição.

Pelas 01:50 começa a prova masculina de Fosso Olímpico (tiro), com João Paulo Azevedo a defender as cores da bandeira portuguesa. Atleta do Clube de Tiro de Vila Verde há mais de dez anos, o atirador é natural de Vila do Conde, mas já se considera um ‘filho do Minho’. Azevedo é um dos atletas de que pouco se ouve falar, mas com legítimas hipóteses de conquistar uma medalha. Apurou-se para Tóquio em 2019, qualificando-se em segundo lugar na Taça do Mundo, que lhe valeu uma medalha de prata.

João Paulo Azevedo. Foto: DR

Também com possibilidades de chegar ao pódio está o canoísta Antoine Launay, que até foi o primeiro atleta de fora do Japão a chegar à aldeia olímpica. Assim como João Paulo Azevedo, é mais um caso de um atleta ‘emprestado’ ao Minho, neste caso a Viana do Castelo. Antoine é natural do arquipélago da Madeira mas representa há vários anos o Darque Kayak Clube. Para além da bandeira de Portugal, leva as da Madeira e de Viana do Castelo, as suas ‘terras’ de coração. Entra em ação a partir das 05:50 na prova de slalom K1.

Antoine Launay. Foto: DR

Às 03:00 horas entra em ação o desporto coletivo, com a seleção nacional de Andebol – onde figuram os bracarenses Humberto Gomes, André Gomes e Fábio Magalhães e o vimaranense Rui Silva – a tentar consolidar-se nos primeiros quatro classificados do grupo, garantindo assim apuramento para as rondas finais. O adversário é a sempre complicada Suécia, mas a equipa comanda por João Paulo Pereira quer continuar a mostrar que é a melhor que sempre existiu naquela modalidade em terras lusas.

Populares