Seguir o O MINHO

Futebol

“Tive algum tempo para preparar a saída do Fábio Abreu”

Ricardo Soares

em

Foto: DR

Declarações dos treinadores após o jogo Belenenses SAD-Moreirense (0-0), da quarta jornada da I Liga portuguesa de futebol:

– Ricardo Soares (treinador do Moreirense): “Jogo difícil. A relva dificultou as duas equipas. Foi um bom jogo, perdemos claramente quase todos os duelos.

Foi evidente, na minha opinião, que nunca estivemos em jogo, tirando aqueles 10 minutos finais da primeira parte e os primeiros da segunda, o que é manifestamente pouco para o que temos capacidade para fazer.

O Belenenses SAD foi ligeiramente melhor que nós. É um ponto positivo, numa exibição que deixa muito a desejar.

Tive algum tempo para preparar a saída do Fábio Abreu porque senti que o íamos perder. No plantel, temos o Derik Lacerda lesionado e o André Luís veio do Desportivo de Chaves também lesionado. Não temos características que possam juntar ao que a equipa precisa e que o Fábio dava.

Arriscámos, colocámos lá o Pedro Nuno, grande profissional. Estou contente com o trabalho do Pedro. Não funcionou muito bem, mas acreditamos que, para a semana, as coisas serão diferentes.

O processo estava estável, a crescer, e vai continuar a crescer. Seria um erro colocar jogadores com determinado tipo de características desconfortáveis no jogo. Uma nuance ou outra não é difícil de introduzir, mas gosto de jogadores confortáveis na posição.

Os reforços chegaram há pouco tempo. Não quero arranjar desculpas, sou pago para arranjar soluções. Chegaram num contexto difícil, tenho jogadores que estiveram seis meses parados. Queremos acelerar o processo da sua capacidade física. O que posso assegurar é que, no próximo jogo em casa, voltaremos a fazer um grande jogo.

O Pedro Amador teve realmente infelicidade no jogo, num lance normal. Não existe maldade do Tiago Esgaio, mas é futebol. Está a ser avaliado, esperemos que não seja nada de grave. É um jogador que está num bom momento e esperemos que isto seja só um susto”.

– Petit (treinador do Belenenses SAD): “Na primeira parte, tivemos oportunidades suficientes para fazer golo. Na segunda parte, é verdade que houve mais caudal ofensivo. Perdemos dois pontos pelo que fizemos nos 90 minutos.

Duas equipas com boas ideias, apesar de o relvado estar um pouco seco e a bola não andar muito. O balneário está triste. Temos de continuar a trabalhar. Faz parte do futebol, estou orgulhoso pelo que fizemos.

Trabalhámos processos nestes 15 dias, tanto em termos defensivos, como ofensivos. Temos talvez de ser mais agressivos. Tivemos muitas situações e cruzamentos, o Cassierra teve muitas situações para fazer golo, tivemos mais de seis ou sete oportunidades. O Moreirense teve alguns ataques em transição.

No plano defensivo, fico satisfeito com o compromisso que tiveram, com a coragem e a alegria durante os 90 minutos.

Os jogos são todos complicados. Vai ser uma maratona de pontos. Alguns clubes já provaram esta época que se pode alcançar pontos com os ‘grandes’. Vamos descansar este dia e meio, depois vamos analisar o Benfica e, durante a semana, fazer acreditar que o futebol são 11 contra 11 e que é possível fazer um bom resultado no Estádio da Luz”.

Populares