Seguir o O MINHO

Aqui Perto

TAP lança ponte aérea do Porto para Madrid e cancela London City

Em 2020

em

Foto: O MINHO / Arquivo

A TAP vai lançar uma nova ponte aérea para Madrid a partir do Porto (e também de Lisboa) em 2020, e cancelar a operação em London City, de acordo com um comunicado hoje divulgado.


A companhia aérea justificou a opção, no caso do Porto, com as perspetivas positivas para esta cidade e que permitem alterações nas rotas. “Entre 2017 e 2018, a TAP registou um aumento de 20% em número de passageiros, ultrapassando pela primeira vez a marca dos dois milhões. As perspetivas são igualmente positivas para este ano de 2019, considerando que, entre janeiro e julho, a TAP está já a crescer 11%”, lê-se no mesmo comunicado.

Estes “números de sucesso” permitem à TAP “implementar ajustes na rede do Porto, com o objetivo de redirecionar a capacidade para mercados onde a competitividade da companhia seja maior”.

Assim, a empresa irá redirecionar “a capacidade dos voos Porto-Barcelona e Porto-Lyon, suspendendo a operação nesses mercados, que conta com ampla oferta da concorrência, para construir a novíssima ponte aérea entre Porto e Madrid, que contará com seis frequências diárias, mais que o dobro da oferta atual”.

Estas mudanças irão ainda permitir o aumento das ligações entre o Porto e o Funchal “com mais um voo diário, a meio do dia, operado no novo Airbus A321neo Long Range e fazer a operação diária do Porto-Newark (EWR) e a quarta frequência semanal Porto-São Paulo”.

A ponte aérea do Porto para Lisboa irá ainda ganhar “mais uma frequência diária em relação ao verão de 2019”, de acordo com a TAP.

Na capital, “a capacidade dedicada a Estugarda, Colónia e Basileia, será redirecionada para outros mercados. Será criada uma nova ponte aérea ligando Lisboa a Madrid”, lê-se na mesma nota.

Além disso, a companhia aérea “lançará uma nova rota para Santiago de Compostela, e reforça outras ligações a Espanha, acrescentando voos diários entre Lisboa e as cidades de Barcelona (seis para sete diários), Bilbau, Valência e Málaga, todos de dois para três diários, e Sevilha (de três para quatro voos diários). Também Casablanca, a maior cidade de Marrocos, contará com mais uma frequência diária à saída de Lisboa, melhorando assim a conectividade com a rede intercontinental da TAP”, segundo o comunicado.

A companhia aérea planeia também reforçar os voos para Telavive, de um para dois diários, e passa “a voar para Moscovo com A321LR, permitindo corresponder às exigências de conforto dos passageiros que voam para aquele destino”, informou a empresa.

A TAP revelou ainda que irá suspender a operação no aeroporto de London City, “devido às incertezas de procura por parte dos clientes, associada ao ‘brexit’, e pelos resultados abaixo do esperado nesse mesmo mercado”.

As alterações para 2020 implicam o reforço da aposta nos EUA. “Duplicam as frequências diárias entre Lisboa-Nova Iorque (JFK), além do voo Lisboa-Newark (EWR) e do Porto-Newark (EWR), que passa a ser diário. Miami receberá dez voos por semana, em vez dos atuais sete. Também as novas rotas de Washington D.C. e Chicago passarão a contar com voos diários”, informou a companhia aérea.

No Brasil, a TAP irá usar o novo A321LR e contará com cinco voos semanais para Natal e Belém, em cada um dos destinos, face aos três atuais.

“Nos últimos dois anos, a TAP registou um crescimento assinalável do número de lugares oferecidos na sua rede. Em 2018, a companhia disponibilizou mais 12% de lugares e, em 2019, a capacidade oferecida já aumentou 9,3%. Em 2020, o enfoque será consolidar e crescer nas apostas que estão a ser mais bem-sucedidas”, explicou a TAP.

Anúncio

Aqui Perto

Motociclista de 36 anos morre em acidente na A3

Óbito

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Um motociclista de 36 anos morreu ao início da noite desta segunda-feira, na sequência de um acidente na A3, na zona da portagem de Santo Tirso, adianta o Jornal de Notícias.

Segundo aquele jornal, a vítima despistou-se no motociclo em que seguia e foi projetada cerca de 10 metros.

O acidente ocorreu cerca das 20 horas, na curva de acesso à A3, no sentido Santo Tirso – Porto.

Para o local, foram mobilizadas equipas dos Bombeiros Voluntários da Trofa e das ambulâncias SIV de Santo Tirso e VMER de Famalicão.

Continuar a ler

Aqui Perto

Galiza decreta confinamento de 70 mil pessoas por causa da covid

Em Lugo

em

Foto: DR

Cerca de 70 mil galegos vão ficar em confinamento obrigatório durante cinco dias após ordens da Junta da Galiza, foi hoje anunciado.

A medida surge para combater a proliferação da covid-19 que se tem expandido na zona costeira da província de Lugo, em A Marina, local que estará confinado.

De acordo com o jornal “A Voz da Galiza“, Lugo conta com mais de 100 infetados ativos, levando a que as autoridades decidissem confinar a população de 14 povoações.

Para saírem da área de residência, os moradores têm de apresentar uma justificação válida, à semelhança do que aconteceu em Portugal durante o Estado de Emergência.

Em toda a província de Lugo, as máscaras passam a ser obrigatórias em espaços interiores e exteriores, assim como é obrigatório o distanciamento de quatro metros entre pessoas nas praias.

Continuar a ler

Aqui Perto

GNR resgata raposa atropelada e deixada para morrer no Parque Peneda-Gerês

PNPG

em

Foto: Facebook de Pi Gomes

Uma raposa vítima de atropelamento na Estrada Nacional 103, em Montalegre, foi encontrada por um popular e resgatada com vida pela GNR local, confirmou O MINHO junto do comando da Guarda em Vila Real.

O animal terá sido atropelado na zona de Viade de Baixo e foi deixada na berma da estrada, ao que tudo indica, inconsciente.

“A raposa apresentava ferimentos coincidentes com os de um atropelamento animal”, disse fonte do comando.

Nas redes sociais, um automobilista explica que encontrou a raposa inconsciente e acompanhou a sua recuperação enquanto solicitou aos militares da GNR do posto em Montalegre que a resgatassem.

A GNR disse a O MINHO que deslocou para lá uma patrulha que fez a recolha do animal, entregando-a com vida no Centro de Recuperação de Animais Selvagens (CRAS) do Hospital Veterinário da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, em Vila Real.

Continuar a ler

Populares