Seguir o O MINHO

Braga

Talho do árbitro Manuel Mota (novamente) vandalizado em Vila Verde

Vandalismo

em

Foto: Arquivo

O talho do árbitro de futebol Manuel Mota, situado em Vila Verde, foi vandalizado durante esta madrugada com recurso a pedras atiradas contra a montra principal.

Pelo que foi possível apurar, as pedras, de grande dimensão, causaram vários estragos, atingindo outros vidros no interior do estabelecimento, situado à face da EN 201, na freguesia de Moure.

O Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) já manifestou o que considera ser um “ato cobarde”.

“O CA condena de forma veemente este acontecimento e acredita que as autoridades policiais, que já foram informadas do sucedido, serão capazes de identificar os autores de mais este ato cobarde”, refere em comunicado divulgado pela FPF.

Segundo o documento, o CA salienta que todos os clubes e agentes desportivos devem “repudiar” estes atos, garantindo todo o apoio ao árbitro Manuel Mota.

“O Conselho de Arbitragem reafirma que os árbitros não se deixam intimidar por atos que não têm lugar no desporto como o entendemos”, acrescenta.

Manuel Mota foi o quarto árbitro da final da Taça da Liga, disputada ontem, onde terá ordenado a expulsão dos dois treinadores aos 32 minutos, uma situação insólita e que levantou muitas críticas.

No final da partida, que opôs Braga e Sporting, os leões levaram a melhor, conquistando a terceira Taça da Liga.

Populares