Seguir o O MINHO

Startup Braga

Startup Braga abre candidaturas para programa de “pré-aceleração”

em

Foto: DR/Arquivo

A Startup Braga vai lançar uma nova edição do seu programa de pré-aceleração Startup Launch. As candidaturas para participar neste programa estão abertas até ao dia 15 de maio.

O programa destina-se aos empreendedores cujas ideias de negócio se encontram numa fase mais embrionária. Para serem aceites, as ideias apresentadas deverão cumprir com um requisito: ter base tecnológica, hardware ou software, nas áreas da economia digital, tecnologias médicas e nanotecnologia.

“Este programa destina-se aos empreendedores que não reúnem os requisitos habituais para conseguirem aceder aos regulares programas de aceleração, porque estes últimos exigem a apresentação de um projeto mais maduro e estruturado, muitas vezes já com um protótipo”, explica Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga.

O programa arranca no dia 28 de maio e termina a 8 de junho, com a realização de um Demo Day. Durante os 10 dias do programa, a Startup Braga vai promover uma série de ‘bootcamps’, onde os participantes poderão testar e validar as suas ideias. Com este programa, os participantes deverão ser capazes de definir as características básicas do produto a desenvolver e quais são os seus potenciais clientes.

“Mas o facto destes empreendedores terem apenas uma ideia embrionária, não significa que os seus projetos não tenham potencial. E é exatamente esse o propósito deste programa: validar as melhores soluções e modelos de negócios”, diz Carlos Oliveira.

No final do Startup Launch Program, as três equipas que mostrarem o maior potencial evolutivo terão ajuda para a construção do seu Produto Mínimo Viável (MVP). Esse apoio materializa-se num prémio financeiro de 2.500 euros e num conjunto de serviços de apoio ao desenvolvimento da primeira versão do seu produto, para a equipa que ficar em primeiro lugar. As equipas que ficarem em segundo e terceiro terão também direito a serviços de apoio ao desenvolvimento dos seus produtos.

Anúncio

Startup Braga

Startup Braga leva seis startups a Londres

em

Startup Braga

A Startup Braga promove o quarto roadshow internacional, levando consigo, até Londres, seis startups da comunidade que têm o mercado do Reino Unido como prioritário. Depois da primeira edição, em 2015, Londres volta a ser palco de apresentação dos projetos a novos investidores e empresas com o objetivo de se darem a conhecer a este novo mercado e recolherem conhecimento essencial para a expansão internacional.

Até 14 de setembro, as portuguesas Magikbee, Nutrium, Loqr, Kide, Performetric e WonderCover estarão juntas para conhecer um dos ecossistemas tecnológicos e empreendedores mais excitantes do contexto atual, contactando entre outras, com tecnológicas portuguesas implantadas em Londres, como é o caso da Uniplaces e da Seedrs.

Em 2015, a primeira edição do roadshow britânico marcou o fim do primeiro programa de aceleração com a participação de empresas como Peekmed ou Shairart:

Tivemos a oportunidade de conhecer investidores habituados a rondas na ordem dos milhões, que nos fizeram as perguntas certas sem simpatias escusadas. Para mim foi um choque, no bom sentido, porque senti pela primeira vez a frieza do investimento. Voltei com uma noção muito mais realista de como tudo funciona e do que fazer para me integrar melhor neste ecossistema”, explica Mariana Gomes, fundadora da Shairart e MUB Cargo.

Em quatro anos, as 111 startups apoiadas pela incubadora conseguiram investimento na ordem dos 14 milhões de euros, gerando mais de 350 empregos na zona Norte de Portugal. Com visão global desde a sua criação, 23% das empresas apoiadas pela Startup Braga têm escritórios no estrangeiro. Com vendas acumuladas na ordem dos 11 milhões de euros, estas jovens empresas vendem para 58 países, representando as exportações mais de 53% do volume de negócios das startups que já se encontram no mercado.

Continuar a ler

Startup Braga

Uber das mercadorias ‘made in’ Braga consegue 300 mil euros para se lançar lá fora

em

Foto: Jornal Económico

A MUB cargo, uma plataforma que conecta pessoas que precisam de transportar mercadorias com transportadores, está a fechar uma ronda de investimento seed (‘semente’), liderada pela BrainCapital, que deverá ultrapassar os 300 mil euros, informou hoje a Startup Braga. O objetivo desta ronda é consolidar a marca MUB cargo a nível nacional e iniciar a internacionalização.

Incubada na Startup Braga, a plataforma – que começou a operar em novembro do ano passado apenas em versão iOS – conta já com mais de 300 transportadores a nível nacional e ultrapassou os 3000 downloads da sua aplicação. Os clientes MUB cargo podem solicitar orçamentos a mais de 300 transportadores e assim ter acesso às melhores condições de mercado a cada momento. Para os transportadores esta solução permite incrementar vendas e eficiência na gestão das suas rotas.

A plataforma da MUB Cargo foi completamente reformulada e, para além de passar a operar em vários ambientes – web, android e iOS -, trará uma melhor experiência de utilização e a possibilidade de efetuar transportes internacionais. O lançamento de novas línguas – inglês, francês e espanhol – e o estabelecimento de parcerias internacionais permitirá em breve o lançamento da MUB cargo em novos mercados.

Página inicial do site da MUB Cargo, em versão desktop. DR

Para utilizar a aplicação, basta aceder a www.mubcargo.com ou instalar a aplicação móvel através da loja de aplicações do seu dispositivo Android ou iOS.

“Estamos muito satisfeitos com o facto de a BrainCapital liderar esta ronda seed e contamos com o seu apoio para esta nova fase da MUB cargo que exigirá uma grande concentração na execução para garantir o sucesso internacional da plataforma”, referiu Carlos Palhares, CEO da MUB cargo.

João Brazão, na imagem que acompanha o seu perfil no site da BrainCapital

Sobre o investimento na MUB cargo, João Brazão, CEO da BrainCapital referiu que “houve várias razões que levaram a empresa a realizar este investimento nomeadamente a qualidade da equipa dos promotores aliada à facilidade com que foi possível atingir um entendimento, a inegável proposta de valor da MUB cargo quer para os transportadores quer para quem precisa de transportes e a complementaridade de competências com os sócios BrainCapital nomeadamente em Tecnologias de Informação e Comunicação, dado tratar-se de uma plataforma baseada nestas tecnologias”.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares