Seguir o O MINHO

Desporto

Sporting vence Benfica no nacional de andebol a 11 segundos do fim

Campeonato Nacional de Andebol

em

Foto: A BOLA

Os golos dos andebolistas Tiago Rocha e Pedro Valdes deram a vitória ao Sporting frente ao Benfica (30-28), em jogo da terceira jornada da fase regular do campeonato nacional, que estava empatado a 11 segundos do fim.

Com este resultado, os ‘leões’ assumem a liderança isolada do campeonato, com nove pontos, e poderão ser igualados caso o FC Porto vença também hoje o Vitória de Setúbal, num jogo que se realiza no Dragão Caixa.

Os comandados do francês Thierry Anti mostraram superioridade no primeiro tempo, aproveitando bem as lacunas defensivas do Benfica, mas, na segunda parte, viram o Benfica crescer, devendo muito ao guarda-redes Aljosa Cudic, que se ‘agigantou’ nos momentos chave, nomeadamente quando o Benfica jogava com sete jogadores de campo.

Foi necessário esperar seis minutos até que o Benfica fizesse o primeiro golo, já o Sporting somava três, contudo, os comandados de Carlos Resende chegaram à igualdade por intermédio de Nuno Grilo, aos 10 minutos (4-4), adiantando-se no marcador com o golo do reforço dinamarquês Toft Hansen (5-4).

O Sporting ‘arregaçou as mangas’ e voltou ao comando do jogo pouco depois, tendo o francês Fred Bingo, aos 21 minutos, conquistado uma vantagem de cinco golos. O Benfica bem procurou reagir, mas o melhor que conseguiu foi reduzir em um golo a desvantagem ao intervalo: 15-11.

Uma entrada em falso do Sporting permitiu ao Benfica marcar dois golos de rajada, por intermédio de Toft Hansen e Francisco Pereira. Apesar do excelente trabalho do guarda-redes Aljosa Cudic, o Benfica conseguiu colocar-se na condição de vencedor, aos 46 minutos, ainda que por poucos segundos, por intermédio de Petard Djordijic, mas Frankis Carol, recolocou a igualdade no encontro.

O jogo partiu-se, com as duas equipas a procurar converter cada ataque, na maioria das vezes em jogadas de contra-ataque, deixando de lado o ataque organizado e apoiado.

Com a igualdade (26-26) a persistir a cinco minutos do fim, a paragem técnica serviu para as duas equipas acertarem as últimas estratégias para a conquista dos três pontos. O jovem do Sporting Francisco Tavares deu o mote, mas a igualdade mantinha-se e a 11 segundos do fim Tiago Rocha fez o 29-28 para os ‘leões’, contudo, numa jogada de ataque organizado Nuno Grilo perdeu a bola e Pedro Valdês ‘selou’ o resultado dando a vitória ao Sporting: 30-28.

Jogo realizado no Pavilhão n.º 2 do Estádio da Luz, em Lisboa.

Benfica – Sporting, 28-30.

Ao intervalo: 11-15.

Sob a arbitragem de Eurico Nicolau e Ivan Caçador, as equipas alinharam e marcaram:

– Benfica (28): Borco Ristovski, Toft Hansen (4), Carlos Molina, Carlos Martins (1), Nuno Grilo (5), Fábio Vidrago (5), Petar Djordjic (9), Miguel Espinha, Pedro Seabra, João Pais, Kevynn Nyokas (1), Paulo Moreno, Ricardo Pesqueira e Francisco Pereira (3).

Treinador: Carlos Resende.

– Sporting (30): Aljosa Cudic, Pedro Valdês (3), Frankis Carol (7), Carlos Carneiro (1), Fred Bingo (5), Valentin Ghionea (4), Luís Frade (1), Manuel Gaspar, Edmilson Araújo (2), Gonçalo Vieira (4), Tiago Rocha (2), Francisco Tavares (1) e Nemanja Mladenovic.

Treinador: Thierry Anti.

Marcha do marcador: 2-0 (05 minutos), 4-4 (10), 5-7 (15), 6-9 (20), 6-11 (25), 11-15 (intervalo), 14-16 (35), 16-19 (40), 20-20 (45), 22-22 (50), 26-26 (55) e 28-30 (final).

Assistência: Cerca de 1.000 espetadores.

Anúncio

Futebol

Vaz Pinto é o novo treinador dos sub-23 do Famalicão

Diretor desportivo da temporada 2016/2017

em

Foto: Facebook de FC Famalicão

Carlos Vaz Pinto é o novo treinador da equipa de futebol de sub-23 do Famalicão, anunciou hoje o clube, no qual ocupou o cargo de diretor desportivo durante a temporada 2016/2017.

Vaz Pinto, de 45 anos, assume agora novas funções, depois das passagens bem-sucedidas por Angola, ao serviço do Recreativo Libolo, e pela Etiópia, onde venceu a Supertaça e a Addis Ababa City Cup ao serviço do St. George, clube que representou antes de regressar a Portugal.

Em Anagola, foi ainda treinador, entre 2012 e 2016, do Recreativo da Caála, enquanto em Portugal esteve nas camadas jovens do Sertanense, da Académica, Sezurense e do Penalva do Castelo.

Continuar a ler

Desporto

Comité Olímpico preocupado com uso por atletas portugueses de bandeiras falsificadas

“O COP foi alertado para o facto de, por vezes, e inadvertidamente, a bandeira erguida pelos nossos atletas apresentar pagodes chineses no lugar onde deveriam estar os sete castelos nacionais”

em

Foto: Arquivo

O Comité Olímpico de Portugal (COP) está preocupado com a utilização de bandeiras falsificadas nos festejos de atletas que participam em diversas provas desportivas, anunciou hoje a entidade, apelando para que haja mais cuidado nesta matéria.

“O Comité Olímpico de Portugal (COP), como entidade integrante do universo desportivo, partilha, naturalmente, os sentimentos aliados às conquistas dos nossos atletas nas mais diferentes modalidades desportivas. Contudo, o COP tem vindo a ser informado que, não raras vezes, nos momentos de festejo dessas vitórias, a bandeira nacional utilizada não corresponde à verdadeira bandeira nacional, aquela que é um símbolo nacional e que merece a devida proteção jurídica”, lê-se numa publicação no ‘site’ oficial da instituição.

Segundo a entidade liderada por José Manuel Constantino, “o COP foi alertado para o facto de, por vezes, e inadvertidamente, a bandeira erguida pelos nossos atletas apresentar pagodes chineses no lugar onde deveriam estar os sete castelos nacionais”.

Por isso, acrescentou, “dada a proliferação de materiais contrafeitos, e a emoção característica dos momentos de celebração, o COP tem consciência da dificuldade para controlar a utilização deste tipo de materiais, todavia, vem, por este meio, partilhar a sua preocupação relativamente a esta matéria e apelar a todos os seus membros que reforcem a atenção e vigilância no sentido de poderem evitar situações constrangedoras”.

Continuar a ler

Desporto

UMinho junta SC Braga e Vitória e atribui-lhes Galardão Prestígio

Clubes mais representativos

em

Fotos: DR

A Universidade do Minho (UMinho) vai atribuir, na sexta-feira, o Galardão Prestígio ao SC Braga e ao Vitória SC, clubes mais representativos dos concelhos onde está inserida, revelou hoje à agência Lusa fonte daquela instituição.

O prémio vai ser entregue aos presidentes dos dois clubes, António Salvador e Miguel Pinto Lisboa, respetivamente, na XIX Gala do Desporto, cerimónia que terá lugar no Salão Medieval do Largo do Paço, em Braga, na sexta-feira (18:30).

Além do Galardão Prestígio, os dois clubes minhotos vão também estabelecer e renovar protocolos com a universidade liderada pelo reitor Rui Vieira de Castro.

A Universidade do Minho frisa que o SC Braga é o clube federado que tem o maior número de estudantes atletas que representam a Associação Académica da UMinho e que algumas das suas principais modalidades desenvolvem a sua prática desportiva nas instalações da Universidade do Minho, com particular destaque para o futsal, o voleibol e o basquetebol.

De entre os vários estudantes atletas do SC Braga do futsal, atletismo ou taekwondo, destaque para Mariana Machado, estudante de medicina, que conquistou a medalha de bronze nos 3000 metros no Campeonato da Europa de equipas, ou Vanessa Marques, estudante de ciências da comunicação, distinguida como a melhor jogadora da I Liga de futebol feminino, conquistada pelas ‘arsenalistas’ na época passada.

O Vitória SC tem sido “um parceiro determinante” da atividade desportiva da UM no concelho de Guimarães, seja através da cedência de instalações para usufruto da comunidade académica, como para a organização de grandes eventos desportivos universitários, explica a mesma fonte.

A universidade destacou o atleta olímpico Rui Bragança, estudante de medicina, que, entre 2014 e 2016, representou o clube vimaranense e foi um dos atletas portugueses mais medalhados de sempre na competição universitária, medalha de prata de taekwondo nas Universíadas de 2015 e 2017.

Além do prémio, a instituição de ensino superior e o clube vimaranense vão estabelecer um protocolo sobretudo visando o basquetebol e voleibol (cujo campeonato europeu universitário de 2021 será realizado em Guimarães e contará com o apoio do Vitória).

Continuar a ler

Populares