Seguir o O MINHO

Futebol

Sporting ficou com 50% de Rúben Vinagre (ex-Famalicão) em março por 10 milhões

Mercado de transferências

em

Foto: DR / Arquivo

A Sporting SAD confirmou hoje a aquisição de 50% do passe do futebolista Rúben Vinagre, ao Wolverhampton, por 10 milhões de euros (ME), em março, quando a opção de compra do lateral se tornou obrigatória.

No capítulo do Relatório e Contas do terceiro trimestre de 2021/22 referente às contratações de jogadores, a SAD ‘leonina’ dá conta da aquisição, em março, de metade dos direitos económicos de Rúben Vinagre, que tinha sido cedido ao clube pelo Wolverhampton.

De acordo com o mesmo documento, a opção de compra na cedência temporária do jogador tornou-se obrigatória, tendo Vinagre assinado um contrato válido até 30 de junho de 2026.

Rúben Vinagre, de 23 anos, regressou ao Sporting em julho de 2021, por empréstimo dos ‘Wolves’, depois de ter vestido a camisola verde e branca entre 2009/10 e 2014/15, com uma passagem pelo meio no Belenenses, antes de sair para o Mónaco.

Após duas épocas nos monegascos, rumou por empréstimo ao Wolverhampton, sendo contratado em definitivo pelos ingleses em 2018/19, que o cederam, sucessivamente, a Olympiacos, Famalicão e Sporting.

No Relatório e Contas hoje divulgado são igualmente detalhados os negócios referentes às contratações de Marcus Edwards, ao Vitória de Guimarães, por 7,5 ME, de Ugarte, ao Famalicão, por 6,6 ME, e Issahaku Fatawu, ao Steedfast, por 1,3 ME, todos também com contrato até ao final da época 2025/26, pela totalidade dos passes, enquanto 80% dos direitos de Ricardo Esgaio custaram 5,6 ME.

A Sporting SAD apresentou hoje os resultados do terceiro trimestre do exercício 2021/22, contabilizando um lucro de 8,5 milhões de euros (ME), contrastando com as perdas de 23,5 ME no período homólogo, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

EM FOCO

Populares