Seguir o O MINHO

Desporto

Sporting de Braga empresta Sasso ao Sheffield Wednesday

em

O defesa-central Sasso vai jogar no Sheffield Wednesday na próxima temporada por empréstimo do Sporting de Braga, informou o clube do segundo escalão do futebol inglês.


O jogador francês, de 24 anos, chegou a Portugal em 2012/13 para representar o Beira-Mar, tendo sido contratado pelo Braga a meio dessa época.

No Sheffield Wednesday, Sasso poderá vir a ser orientado pelo treinador português Carlos Carvalhal.

Anúncio

Futebol

Tomás Esteves, inscrito pelo FC Porto, mantém mítica camisola 2

Futebol

em

Foto: Twitter / FC Porto (Arquivo)

O futebolista Tomás Esteves, natural de Arcos de Valdevez, é opção para o treinador do FC Porto no jogo deste sábado frente ao SC Braga.

O nome do promissor lateral dos dragões não estava na listagem divulgada esta sexta-feira pela Liga Portugal, dando azo a comentários de que o jovem pudesse estar de saída para outras paragens, depois de anunciado o interesse do Wolverhampton, de Inglaterra.

No entanto, diz o Jornal de Notícias, houve um erro na listagem e afinal Tomás Esteves volta a envergar a mítica camisola 2 dos azuis-e-brancos nesta temporada.

Esta sexta-feira, em conferência de imprensa, o treinador Sérgio Conceição admitiu que os 33 jogadores que se apresentaram a treinos no Olival compõe um número excessivo, pelo que alguns deverão ser transferidos, como é o caso de Osorio, Diogo Queirós, Aboubakar ou Zé Luís.

“Falando dos 33, obviamente que são muitos jogadores. Na minha opinião acaba por ser mais prejudicial do que benéfico para o trabalho diário e a preparação dos jogos. Se perguntar a todos os outros treinadores da Liga, se calhar eles vão dizer o mesmo que eu”, disse.

Lista de jogadores do FC Porto inscritos na I Liga

Guarda-redes
1 – Marchesín
99 – Diogo Costa
14 – Cláudio Ramos
71 – Meixedo

Defesas
2- Tomás Esteves
15 – Carraça
18 – Manafá
3 – Pepe
19 – Mbemba
4 – Diogo Leite
13 – Alex Telles
12 – Zaidu

Médios
22 – Danilo
6 – Loum
8 – Uribe
21 – Romário Baró
27 – Sérgio Oliveira
25 – Otávio

Avançados
17 – Corona
10 – Nakajima
7 – Luis Díaz
11 – Marega
9 – Taremi
29 – Soares
30 – Evanilson
23- João Mário
50 – Fábio Vieira

Continuar a ler

Futebol

“O Quaresma entrou bem, tirou muitos cruzamentos”

Tiago Mendes

em

Foto: Dr

Declarações dos treinadores após o jogo Vitória SC – Belenenses SAD (0-1), da primeira jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado na sexta-feira, em Guimarães:

Tiago Mendes (treinador do Vitória SC): “Custou-nos entrar no jogo. Nos primeiros 15 minutos, não encontrámos a maneira de pressionar o Belenenses. A partir daí, tivemos o jogo controlado e algumas ocasiões para marcar. Sofremos um golo de bola parada e depois tentámos reagir, mas não fomos eficazes.

Temos um processo [a cumprir]. Chegaram muitos jogadores jovens. Hoje, [o jogo] custou-nos um bocado: o Belenenses SAD jogou muito tempo com uma linha de ‘cinco’ na defesa. Chegámos à área contrária muitas vezes, mas nem sempre criámos oportunidades.

O Edwards teve uma entorse e achei bem tirá-lo, porque estava a coxear. O Quaresma entrou bem, tirou muitos cruzamentos. Demonstrou que está aí para ajudar.

O caminho não vai ser fácil, mas temos pela frente mais uma semana de trabalho. Queríamos que o próximo jogo [com o Rio Ave, no domingo] fosse daqui a três dias. Os jogadores continuam a acreditar no processo que estamos a implementar.”

Petit (treinador do Belenenses SAD): “Foi uma equipa com personalidade. Tínhamos analisado o Vitória no último jogo de preparação com o Moreirense. Anulámos muito bem os processos do Vitória, fomos uma equipa compacta que sabia quando acelerar o jogo, quando sair em transição e que conseguiu ter alguns períodos com posse de bola. O Vitória teve mais bola, embora consentida da nossa parte. Foi uma vitória justa, entrámos com o pé direito e dou os parabéns aos jogadores.

Analisámos o jogo que [o Vitória] fez com o Moreirense, mas depois preocupámo-nos como que tínhamos de fazer. Ao longo destas semanas, todos os jogadores interiorizaram o que foi pretendido, as nossas dinâmicas. Tivemos as melhores oportunidades. Transitámos bem para o ataque. Mas, nas três ou quatro primeiras jornadas, ainda está tudo muito ‘às escuras’ quanto à forma como as equipas vão jogar.

(Que objetivos tem o Belenenses SAD para a época?) Vai ser um campeonato extremamente difícil. Vamo-nos preparar para cada jogo, semana a semana. Vamos aprimorar o nosso processo e lutar sempre pelos três pontos.”

Continuar a ler

Futebol

Vitória entra a perder na Liga

I Liga

em

Foto: Twitter

Um golo de Cafú Phete, aos 47 minutos, permitiu hoje ao Belenenses SAD começar a I Liga portuguesa de futebol com um triufo sobre o Vitória (1-0), num jogo em que foi a equipa mais esclarecida.

O tento do jogador sul-africano, de 26 anos, no regresso a Guimarães para defrontar a antiga equipa, decidiu um encontro em que o Vitória teve mais de 60% de posse de bola, mas raramente desequilibrou a equipa ‘azul’, quase sempre organizada a defender e perigosa quando dispunha de espaço para contra-atacar.

Após um minuto de silêncio em memória de Basílio Marques, antigo jogador e treinador adjunto do Vitória, o desafio começou pouco intenso, com os anfitriões a terem mais bola nos primeiros minutos e a disporem do primeiro remate perigoso, aos sete minutos, quando Sacko atirou por cima.

O Belenenses SAD, que surgiu em Guimarães com quatro reforços – Henrique, Cauê, Afonso Taira e Miguel Cardoso -, respondeu pouco depois, num lance em que Cassierra falhou o remate decisivo na pequena área, e controlou o embate até à meia hora, mostrando-se compacto na hora de defender, com vários elementos atrás da linha da bola, e rápido a subir pelas alas nos momentos de ataque, embora sem criar oportunidades.

O ‘onze’ vitoriano, composto por seis reforços – Bruno Varela, Jorge Fernandes, Abdul Mumin, Jonas Carls, Pepelu e Lyle Foster -, sentiu muitas dificuldades para construir ataques, limitando-se, várias vezes, a trocar a bola no quarteto defensivo, mas subiu de produção no último quarto de hora da etapa inicial.

Nesse período, a bola chegou mais vezes ao trio da frente e tanto Lyle Foster, aos 29 minutos, como Marcus Edwards, aos 33, e André André, aos 35, ameaçaram o golo inaugural, antes de Jorge Fernandes introduzir o esférico na baliza ‘azul’, aos 40, num lance anulado por fora de jogo.

A segunda parte abriu com o golo da equipa treinada por Petit: na sequência de um canto batido na direita, Tiago Esgaio tocou ao de leve na bola e Cafú Phete, já na pequena área, desviou para o fundo da baliza, marcando à equipa que representou entre as épocas 2015/16 e 2018/19.

A partir daí, o jogo desenrolou-se quase exclusivamente no sentido da baliza ‘azul’, com Sacko a ameaçar o golo ao minuto 49, num remate centímetros acima da trave.

A formação orientada por Tiago Mendes instalou-se no meio-campo adversário, mas exibindo um futebol quase sempre inconsequente, com as sucessivas trocas de bola em redor da área a ‘esbarrarem’ na retaguarda contrária.

Pelo meio, o internacional português Ricardo Quaresma estreou-se com a camisola vitoriana, ao entrar para o lugar de Marcus Edwards, aos 62 minutos, consumando o regresso à I Liga portuguesa cinco anos depois de ter deixado o FC Porto.

O extremo, de 36 anos, ainda conseguiu uns cruzamentos para a área do Belenenses SAD, mas sem seguimento por parte de uma equipa que raramente colocou em perigo a vantagem dos comandados de Petit.

As duas melhores ocasiões da segunda parte pertenceram, aliás, à equipa de Lisboa, já nos descontos: Bruno Varela negou os golos a Cassierra, que estava isolado, e a Afonso Sousa, num remate de longe.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Vitória SC – Belenenses SAD, 0-1.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

0-1, Cafú Phete, 47 minutos.

Equipas:

– Vitória SC: Bruno Varela, Sacko, Jorge Fernandes, Abdul Mumin, Jonas Carls, Pepelu (Dénis Poha, 69), André André, Janvier, Marcus Edwards (Ricardo Quaresma, 62), Rochinha e Lyle Foster (Noah Holm, 62).

(Suplentes: Matous Trmal, Suliman, Sílvio, Dénis Poha, Kim Jung-Min, André Almeida, Abouchabaka, Ricardo Quaresma e Noah Holm).

Treinador: Tiago Mendes.

– Belenenses SAD: André Moreira, Tiago Esgaio, Henrique, Tomás Ribeiro, Rúben Lima, Cafú Phete, Cauê (Bruno Ramires, 62), Afonso Taira, Silvestre Varela (Afonso Sousa, 66), Miguel Cardoso e Cassierra.

(Suplentes: Guilherme, Diogo Calila, Danny, Samir, Bruno Ramires, Afonso Sousa, Francisco Teixeira, Robinho e Edi Semedo).

Treinador: Petit.

Árbitro: Manuel Oliveira (Associação de Futebol do Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Henrique (44), Cauê (51), Miguel Cardoso (58), André André (65) e Afonso Taira (74).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

(notícia atualizada às 23h50)

Continuar a ler

Populares