Seguir o O MINHO

Liga Europa

Sorteio do ‘play-off’ dá ‘fava’ ao Rio Ave e coloca Sporting com velho conhecido

Liga Europa

em

Foto: DR / Arquivo

O Rio Ave voltou hoje a ter uma ‘possível fava’ no ‘play-off’ da Liga Europa em futebol, com a possibilidade de encontrar o AC Milan, caso se apure, enquanto o Sporting poderá encontrar um velho conhecido, o LASK Linz.


O Sporting veste o ‘fato’ de favorito com os escoceses Aberdeen, no Estádio José Alvalade, na próxima quinta-feira, e, se confirmar no relvado a superioridade diante do 177.º do ‘ranking’ da UEFA, a dificuldade deverá crescer no ‘play-off’, em 01 de outubro.

O sorteio realizado hoje em Nyon, na Suíça, determinou que Sporting ou Aberdeen, que se defrontam na terceira pré-eliminatória, vão encontrar o vencedor do jogo entre os austríacos do LASK e os eslovacos do Dunajska Streda.

Quarta classificada da I Liga na época 2019/20, a equipa treinada por Rúben Amorim procura qualificar-se pela oitava vez para a fase de grupos da Liga Europa, na qual tem como melhor resultado a presença nas meias-finais, em 2011/12.

Para os ‘leões’, que atravessam alguns problemas com vários casos de covid-19 no plantel, com jogadores que provavelmente não estarão aptos para o jogo da terceira pré-eliminatória, poderá ser um ‘dejá vu’.

É um ‘play-off’ à espera de vencedores, embora Sporting e LASK, adversários na fase de grupos da última época, possam reencontrar-se, mas desta vez numa eliminatória decisiva e a um único jogo.

Na última época, os austríacos venceram o grupo D, perdendo em Alvalade por 2-1 e vencendo em casa por 3-0, com os dois clubes a seguirem para os 16 avos de final, fase em que os ‘leões’ foram eliminados.

Já os vila-condenses disputarão no mesmo dia a última eliminatória de acesso à fase de grupos se, antes, afastarem na próxima semana, em Istambul, o Besiktas, um dos ‘grandes’ da Turquia.

Será uma missão difícil para a equipa esta época treinada por Mário Silva, que levou os juniores do FC Porto ao título europeu, mas também o poderá ser, em casa, no ‘play-off’, se o AC Milan, de Rafael Leão e Zlatan Ibrahimovic, confirmar o favoritismo, e afastar antes os noruegueses do Bodo/Glimt.

São duas ‘favas’ para o Rio Ave, quinto classificado da I Liga em 2019/20 e que está a disputar pela quarta vez a Liga Europa, à procura de conquistar o segundo apuramento para a fase de grupos, o que conseguiu apenas na temporada 2014/15.

Tanto o Sporting, como o Rio Ave, procuram juntar-se aos já apurados Sporting de Braga, por via do terceiro alcançado no campeonato passado, e Benfica, que foi eliminado na fase preliminar da Liga dos Campeões.

Em outros jogos possíveis para o ‘play-off’, o sorteio colocou o Tottenham, treinado pelo português José Mourinho, a jogar em casa, com o Rostov ou Maccabi Haifa, se passar fora, na terceira pré-eliminatória, os macedónios do Shkendija.

Em competição está também o Granada, com vários portugueses, entre eles o guarda-redes titular Rui Silva, recentemente chamado à seleção, depois de uma boa época na equipa espanhola, que terminou ‘La Liga’ em sétimo lugar.

O Granada vai discutir em casa a terceira pré-eliminatória com o Lokomotib Tblissi e, caso se apure, encontrará no ‘play-off’ o vencedor do jogo entre Malmo e outro Lokomotiv, o de Zagreb.

Anúncio

Liga Europa

AC Milan vê no Rio Ave “a equipa mais forte” com que se cruzou na prova

Liga Europa

em

Foto: Twitter / AC Milan

O AC Milan vai defrontar “a equipa mais forte” com que se cruzou na fase de qualificação para a Liga Europa de futebol, defendeu hoje o treinador Stefano Pioli, em referência ao jogo com o Rio Ave, na quinta-feira.

O técnico da equipa italiana pediu “respeito” pela formação vila-condense, relativizando a ausência de Zlatan Ibrahimovic, que testou positivo à covid-19 e será o falhará o encontro do ‘play-off’ de acesso à fase de grupos, para o qual o avançado português Rafael Leão poderá alinhar “durante algum tempo”.

“É preciso ter muito respeito por eles, mas também consciência das nossas qualidades. Queremos entrar na fase de grupos e, para isso, temos que vencer amanhã [quinta-feira] a equipe mais forte que enfrentámos até agora na prova”, advertiu Pioli, em conferência de imprensa realizada em Milão.

O técnico dos ‘rossoneri’, que venceram os irlandeses do Shamrock Rovers (2-0) e os noruegueses do Bodo/Glimt (3-2) nas rondas preliminares anteriores, defendeu que será necessário “um desempenho de alto nível” por parte da sua equipa para conseguir vencer o embate em Vila do Conde, com início às 20:00.

“[O Rio Ave] é uma equipa que gosta de controlar o jogo através da posse de bola. Devemos tentar evitar que isso aconteça, ser compactos e agressivos, para lhes retirar a bola, mas, ao mesmo tempo, ser lúcidos, percebendo os momentos em que devemos ser mais expectantes”, assinalou.

Pioli reconheceu que “o jogo tem um ‘peso’ elevado”, pois está em disputa “a conquista do primeiro objetivo da época”, considerando “normal que exista mais pressão” sobre os seus jogadores, pois “o nome do AC Milan traz mais responsabilidades”.

O treinador sustentou que Ibrahimovic “não estará em campo, mas estará sempre dentro do grupo”, revelando que a escolha do avançado titular dependerá da forma como escolher abordar a partida, mas dificilmente recairá em Rafael Leão, que regressou recentemente aos treinos após cumprir isolamento, devido a um teste positivo à covid-19.

“Estou muito feliz com a disponibilidade do [Rafael] Leão, mas ele só está a treinar há cinco ou seis dias. Estará disponível, mas apenas para jogar durante algum tempo. Espero muito dele, porque sei que ele pode nos dar muito”, sustentou.

O AC Milan, um dos líderes da liga italiana, defronta na quinta-feira o Rio Ave, em Vila do Conde, em jogo único do ‘play-off’ de acesso à fase de grupos da Liga Europa, que será disputado à porta fechada e arbitrado pelo espanhol Jesús Gil Manzano.

Continuar a ler

Liga Europa

Sporting joga primeiro objetivo da época, Rio Ave com direito a sonhar

Liga Europa

em

Foto: DR / Arquivo

O Sporting está quinta-feira obrigado a ultrapassar o LASK Linz para assegurar o acesso à Liga Europa de futebol, o primeiro objetivo da época, enquanto o Rio Ave tem direito a sonhar frente ao ‘tubarão’ AC Milan.

Os ‘leões’, que são claramente favoritos, recebem o rival austríaco no Estádio José Alvalade, enquanto os vila-condenses, menos habituados a estas ‘andanças’, também defrontam em sua casa o ‘colosso’ italiano.

Enquanto o Rio Ave chega ao ‘play-off’ sem qualquer pressão (ou obrigação), o mesmo não acontece com o Sporting, que joga o primeiro grande objetivo da temporada, que é a entrada na fase de grupos da Liga Europa, em que já estão SC Braga e também o Benfica, que foi, entretanto, relegado da Liga dos Campeões.

Uma eliminação frente a um adversário claramente inferior, pelo menos a nível teórico e histórico, terá um efeito desastroso na equipa de Rúben Amorim, que assim ficaria tão cedo arredada das provas europeias e limitada apenas ao futebol nacional.

Mesmo sem o técnico no banco, que está em isolamento devido a estar infetado com o novo coronavírus, e alguns baixas, pela mesma razão, o Sporting arrancou a época com duas vitórias (Aberdeen por 1-0 e Paços de Ferreira por 2-0), embora sem deslumbrar nos dois jogos.

O jogo na Mata Real, no último fim de semana, para a I Liga, resultou numa baixa importante, o extremo Jovane Cabral, que está em dúvida para a receção ao LASK Linz devido a problemas físicos.

Num Estádio José Alvalade que vai voltar a estar despido de público, devido à covid-19, o Sporting vai receber um rival bem conhecido da última temporada, já que as duas equipas se cruzaram na fase de grupos da Liga Europa e apuraram-se na altura no Grupo D.

No primeiro embate, em Lisboa, o Sporting, ainda com Silas no comando, venceu por 2-1, mas, semanas depois, sofreu uma pesada derrota na Áustria, por 3-0.

O LASK Linz, agora comandado por Dominik Thalhammer, um treinador de 49 anos que passou vários anos como selecionador da equipa feminina da Áustria, chega a este embate com o Sporting com um ‘cartão de visita’ que chama a atenção: uma goleada por 7-0 sobre os eslovacos do FC DAC na terceira pré-eliminatória.

O emblema de Linz, que leva duas vitórias e um empate no arranque do campeonato, tem uma equipa sem grandes nomes conhecidos do panorama do futebol europeu, embora se destaque o avançado Marco Raguz, de 22 anos, que tem até agora cinco golos marcados em cinco jogos, e o experiente médio defensivo James Holland, um internacional australiano de 31 anos.

Por seu lado, o Rio Ave vai tentar chegar pela segunda vez à fase de grupos da Liga Europa, e repetir o feito de 2014/15, mas tem que bater um dos ‘gigantes’ da Europa, o AC Milan, emblema que tem no seu currículo a conquista de sete Taça dos Campeões/Liga dos Campeões, mas que perdeu algum fulgor nas últimas duas décadas.

Depois de deixar pelo caminho os bósnios do Borac e os turcos do Besiktas, a equipa de Mário Silva está a horas de viver um dos jogos mais importantes da história do clube da Vila do Conde, num embate em que o avançado angolano Gelson Dala está em dúvida.

Os vila-condenses estão imbatíveis neste arranque de época (uma vitória e três empates), enquanto o AC Milan leva dois triunfos no começo da Serie A, embora tenha sentido algumas dificuldades na terceira pré-eliminatória, em que bateu os noruegueses do Bodo Glimt, por 3-2, em San Siro.

O croata Rebic é baixa de última hora na formação do técnico Stefano Pioli, num ataque que não terá (e o Rio Ave ‘agradece’) a presença do veterano sueco Ibrahimovic, infetado com covid-19. Com estas ausências, é quase certo que o português Rafael Leão vai ser titular em Vila do Conde.

Neste ‘play-off’, destaque ainda para o Tottenham, do técnico português José Mourinho, que recebe os israelitas do Maccabi Haifa.

Continuar a ler

Liga Europa

Sporting e Rio Ave defrontam Aberdeen e Besiktas na terceira pré-eliminatória

Liga Europa

em

Foto: DR / Arquivo

Sporting e Rio Ave defrontam hoje Aberdeen e Besiktas, respetivamente, na terceira pré-eliminatória da Liga Europa de futebol, tentando prosseguir um caminho que os leve à fase de grupos e à companhia de Sporting de Braga e Benfica.

A equipa lisboeta está a viver um momento conturbado, com a deteção de 12 elementos da equipa principal infetados com covid-19, entre os quais nove jogadores e o treinador Rúben Amorim, o que levou o Sporting a isolar-se num estágio no Algarve.

O jogo frente aos escoceses, no estádio José Alvalade (20:00), marca a estreia dos ‘leões’ em jogos oficiais na nova época, depois de a partida frente ao Gil Vicente, da primeira jornada da I Liga, ter sido adiada devido a resultados positivos nos testes à covid-19 nas duas formações.

O Rio Ave tem passado ao lado da pandemia nesta fase inicial da época, mas encontrará na visita a Istambul (18:00) um adversário mais complicado de derrotar, que foi eliminado na fase de qualificação da Liga dos Campeões pelo PAOK, antes de o conjunto treinado pelo português Abel Ferreira repetir a façanha frente ao Benfica.

Caso se imponham nos jogos de hoje, Sporting e Rio Ave terão ainda de superar os vencedores dos jogos LASK-Dunajska Streda e AC Milan e Bodo/Glimt, respetivamente, no ‘play-off’ de acesso à fase de grupos da Liga Europa, na qual o Braga entrou diretamente e o Benfica por força da eliminação na ‘Champions’.

Continuar a ler

Populares