Seguir o O MINHO

Futebol

Síntese: Ritmo ‘infernal’ de Benfica prossegue, a cinco dias do ‘jogo do ano’

Balanço da jornada

em

Foto: Twiiter de SL Benfica (23/09/2018)

O Benfica continua 100 por cento vitorioso para a I liga de futebol desde que chegou Bruno Lage ao comando da equipa, com a última vítima do mais concretizador ataque do campeonato a ser o Desportivo de Chaves.

Os flavienses foram esta segunda-feira batidos por 4-0 no Estádio da Luz, no encerramento da 23.ª jornada, num dia em que o Sporting voltou a ‘derrapar’ e saiu da Madeira com um ‘nulo’ com o Marítimo, o que deixa os ‘leões’ ainda longe do terceiro lugar.

A cinco dias do clássico no Estádio do Dragão, o Benfica volta a colocar-se a um ponto do FC Porto, que na sexta-feira venceu em Tondela por 3-0. Se um dos rivais ganhar no sábado, fica com a ‘passadeira’ estendida para o título, quando passam a faltar 10 jornadas para o fim.

O FC Porto, que ainda vai jogar na terça-feira para a Taça de Portugal, contra o SC Braga, está com 57 pontos, contra 56 dos ‘encarnados’.

Em verdadeiro ‘estado de graça’ continua de facto o Benfica de Bruno Lage – o treinador só ganha na prova, desde que assumiu o cargo, no início de janeiro, e continua a apostar na ‘prata’ do Seixal. Ontem, o último da lista passou a ser Jota.

O jogo resolveu-se cedo, com os golos de Rafa (19), João Félix (37) e Seferovic (43). Depois, foi clara a ordem de não exagerar no esforço e começar desde já a gestão para sábado.

Ainda haveria tempo, no entanto, para um golo de um ‘suplente de luxo’ – Jonas, lançado no jogo aos 72 minutos, fechou a contagem aos 90, colocando o marcador já em claro sinal de goleada.

Seferovic, com este golo chegou aos 15 na prova e isolou-se na lista de melhores marcadores. Bas Bost (Sporting) e Dyego Sousa (SC Braga) continuam com 14.

No Funchal, o Sporting estava com o terceiro lugar na mira, mas falhou estrondosamente a aproximação ao SC Braga, que nesta ronda perdeu com o Belenenses, por 2-0.

Agora, os minhotos têm 49 pontos e o Sporting 46. Quem se aproximou um pouco foi o atual quinto, o Moreirense, que na sua melhor época de sempre chega aos 41, após vitória de 3-1 em Santa Maria da Feira.

Para o Sporting, este foi o quarto jogo fora em cinco sem triunfar, para a I Liga. Volta a ter um atraso de dois dígitos, para o líder – 11 pontos – e a ‘estrela’ de Marcel Keizer parece ‘brilhar’ agora francamente menos, apesar da vitória e boa exibição na receção aos ‘arsenalistas’, na ronda anterior.

Populares