Seguir o O MINHO

País

Sindicato dos Bancários do Norte altera estatutos para passar a ser nacional

Sindicatos

em

Foto: DR / Arquivo

O Sindicato dos Bancários do Norte aprovou hoje, em Conselho Geral, alterações aos estatutos que permitirão passar a ter sócios de todo o país e de outras empresas do setor financeiro, não apenas bancos, segundo informou em comunicado.

O sindicato diz que esta medida acontece após os sócios terem rejeitado em referendo a criação de um sindicato de bancários único e se enquadra na “política de crescimento da organização”.

Neste contexto, o sindicato vai mudar o nome para SBN – Sindicato dos Trabalhadores do Setor Financeiro de Portugal e alterar a área de jurisdição para todo o território nacional, ou seja, pode ter sócios de qualquer ponto do país, incluindo das ilhas.

Atualmente existem três sindicatos de bancários filiados na UGT, dos quais dois em processo de fusão – o Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas e o Sindicato dos Bancários do Centro – e Sindicato dos Bancários do Norte.

Os sócios do Sindicato dos Bancários do Norte são dos distritos de Aveiro, Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Bragança.

Na reunião do Conselho Geral foi ainda aprovado o alargamento do âmbito profissional do sindicato, além de trabalhadores de bancos, a todos os que exercem funções em empresas do setor financeiro, incluindo seguradoras ou as recentes ‘fintech’, (designação para empresas tecnológicas de serviços financeiros).

“Esta alteração enquadra-se num amplo objetivo de crescimento deste sindicato já a partir de 2020”, refere o comunicado do sindicato, que indica que a sede continuará a ser no Porto.

O texto com a aprovação da alteração estatutária em Conselho Geral será submetido a apreciação do gabinete jurídico do sindicato, antes de ser enviado ao Ministério do Trabalho para publicação, momento a partir do qual entrará em vigor.

“2020 será um ano de forte aposta e de consolidação do nosso trabalho sindical. Seremos determinados no único objetivo, de defender o setor financeiro e os seus trabalhadores. O alargamento do âmbito geográfico e profissional do SBN traduz a nossa firme determinação em dar resposta aos desafios do futuro e uma forte reação às eventuais perturbações no setor”, disse o presidente do sindicato, Mário Mourão, citado no comunicado.

O Sindicato dos Bancários do Norte tem atualmente cerca de 13.900 sócios, dos quais 5.000 são trabalhadores no ativo.

Populares