Seguir o O MINHO

Futebol

Silas assume que ainda não falou com a estrutura “leonina” sobre a próxima época

“Treinadores a prazo são todos”

em

Foto: DR / Arquivo

O treinador do Sporting, Jorge Silas, assumiu, esta segunda-feira, que ainda não falou com a estrutura do clube sobre a próxima temporada, considerando que “é muito cedo” e que também “não é o momento” de falar do seu futuro.

O tema marcou a conferência de imprensa de lançamento do desafio de terça-feira, no terreno do Famalicão, na qual o técnico reiterou que quando assinou pelo Sporting “sabia que era até ao final da época”, pelo que não é um assunto que tenha de “falar todos os dias”.

“Treinadores a prazo são todos. Até Alex Ferguson saiu um dia do Manchester United. Não há profissão mais volátil”, sustentou Silas, em Alcochete, garantindo ser “muito forte psicologicamente” para lidar com a pressão do lugar que ocupa.

O técnico garantiu ainda sentir “honestidade e lealdade” da parte do diretor desportivo dos “leões”, Hugo Viana, e do próprio presidente, Frederico Varandas, mas não deixou de abordar as notícias que dão conta do interesse do Sporting em outros treinadores para a próxima época.

“Continue eu ou não, o Sporting não pode contratar todos os treinadores de que se fala, por causa do fair play financeiro. Há sempre muita gente pronta para vir para o Sporting e o clube tem de estar sempre aberto ao mercado”, assumiu o técnico “leonino”.

Sobre o desafio com o Famalicão, que foi referindo, várias vezes, ser o assunto “mais importante” para abordar, Silas prometeu uma boa partida entre dois conjuntos que gostam de jogar bom futebol.

“É uma das melhores equipas a jogar em Portugal, apesar de atravessar uma fase menos positiva a nível de resultados. Nós também queremos voltar às vitórias para o campeonato. Ambas vão querer ganhar e será um bom jogo para seguir”, analisou o treinador.

A finalizar, Silas voltou a abordar a integração de Bruno Fernandes no Manchester United, sublinhando que o antigo médio dos “leões” ainda vai ser mais importante no clube inglês e confessando que chegou a ter de “repreender” o seu antigo jogador pelo seu excesso de dedicação nos treinos.

“Honestamente, nunca vi ninguém como o Bruno (Fernandes). No final do treino ficava uma hora a treinar remates e tinha de lhe dizer: Bruno, já chega. Já esperava (que se integrasse facilmente) porque é muito extrovertido e facilmente se adapta a qualquer ambiente”, elogiou o treinador.

O Sporting (39 pontos) visita na terça-feira o sétimo classificado da I Liga de futebol, o Famalicão (33), em encontro da 23.ª jornada, e procura “consolidar” o quarto lugar, aproximando-se do SC Braga (43) e distanciando-se do quinto classificado, o Rio Ave (37).

Populares