Seguir o O MINHO

Braga

Sete utentes de lar em Vila Verde regressam depois de curados

Covid-19

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

Os sete utentes do Lar do Trabalhador, em Vila Verde, transferidos para instalações da Cruz Vermelha por estarem infetados com o novo coronavírus, “estão hoje a regressar”, depois “dados como curados”, disse à Lusa fonte da Proteção da Civil.


A 18 de abril o Lar do Trabalhador em Vila Verde, foi evacuado, tendo sido 11 dos 12 utentes que lá habitavam deslocados para o Centro Comunitário da Cruz Vermelha, em Prado, sendo que cinco ainda “aguardam os resultados do último despiste” e estão a ser transportados para instalações da paróquia, segundo a mesma fonte.

Dos cinco utentes do lar que aguardam os resultados, quatro são mulheres e um é homem.

“O lar foi evacuado depois de 11 utentes terem acusado positivo para o novo coronavírus. Sete já testaram negativo e estão hoje a regressar ao lar. Cinco vão aguardar pelo resultado da contra análise em instalações da paróquia”, esclareceu a fonte.

Portugal contabiliza 1.144 mortos associados à covid-19 em 27.679 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Relativamente ao dia anterior, há mais nove mortos (+0,8%) e mais 98 casos de infeção (+0,4%).

Das pessoas infetadas, 805 estão hospitalizadas, das quais 112 em unidades de cuidados intensivos, e o número de casos recuperados é de 2.549.

Anúncio

Braga

Braga tem sete novos autocarros elétricos (e o ministro veio dar uma volta)

Ambiente e mobilidade

em

Apresentação dos novos autocarros TUB. Foto: Sérgio Freitas / CMB

O ministro do Ambiente, José Matos Fernandes deslocou-se a Braga neste sábado para presidir à cerimónia de apresentação de sete novos autocarros 100 por cento elétricos dos Transportes Urbanos de Braga (TUB), que se juntam aos seis já em circulação.

Para o ministro, este é mais um passo para Portugal atingir, em 2050, a meta das emissões zero no que à mobilidade se refere.

Acentuou que em Portugal está em curso “o maior investimento da Europa” na substituição dos autocarros a diesel por autocarros a gás natural ou, preferencialmente, a gás.

Ricardo Rio discursa na apresentação dos novos autocarros TUB. Foto: Sérgio Freitas / CMB

Trata-se de um investimento de 205 milhões de euros, destinados a 709 autocarros.

O presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, sublinhou a aposta na renovação da frota dos TUB, cuja média de idades em 2013 era superior a 17 anos em 2021 descerá para 13.

Apresentação dos novos autocarros TUB. Foto: Sérgio Freitas / CMB

A renovação da frota dos TUB inclui 13 autocarros elétricos e 25 a gás.

Continuar a ler

Braga

Tribunal rejeita recurso do SEF e permite permanência de cidadã brasileira em Braga

Não ficou provado que trabalhava no alterne

em

Foto: Residencial Cairense / DR

O Tribunal Central Administrativo do Norte rejeitou um recurso do SEF e confirmou a decisão do Administrativo de Braga de suspender a expulsão de uma cidadã brasileira, a qual não chegou a sair de Portugal, devido à interposição de uma providência cautelar.

A imigrante havia sido detida, em dezembro, com outras sete mulheres, numa operação policial na Residencial Cairense em Braga.

O Administrativo considerara, na sua sentença, não ter ficado provado que a mulher trabalhasse no alterne ou na prostituição já que foi encontrada a tomar café naquela unidade hoteleira. O Tribunal do Norte confirma esta versão e diz que o SEF a expulsou com base em “meras conjeturas, não demonstradas e apenas com provas indiciárias”.

No recurso, os juristas do SEF diziam que ”a decisão de afastamento coercivo e de interdição de entrada foi proferida com base num procedimento administrativo que se rege pela Lei 23/2007, e a que foi dado cumprimento integral”.

O SEF defendia que a decisão judicial punha em causa a sua função: “a suspensão da expulsão não põe em causas as competências do SEF na fiscalização de fronteiras”, contrapõe o Tribunal, sublinhando que, quando a ação principal for julgada, o Serviço terá os mecanismos legais para provar a justeza da sua decisão.

O acórdão ordena, ainda, ao SEF que se abstenha de colocar, ainda que provisoriamente, o nome da imigrante, quer na lista nacional de pessoas impedidas de entrar em Portugal, por um período de três anos, quer no SIS- Serviço de Informações e Segurança.

Exige o mesmo no que toca à interdição de entrada no Espaço Schengen, sendo que – diz -, no caso de o já o ter feito, tem de “eliminar o seu nome da lista de impedidos de entrar no Espaço Schengen”.

O SEF expulsou já para o Brasil duas outras mulheres encontradas na mesma noite na Residencial. Medida que foi alvo de recurso feito para o Administrativo pela jurista Carla Freitas, do escritório de João Magalhães.

Continuar a ler

Braga

Bom Jesus celebra primeiro aniversário como património mundial da UNESCO

Património

em

Foto:DR

A Confraria do Bom Jesus vai assinalar, no próximo dia 07 de julho, a celebração do primeiro aniversário do Santuário do Bom Jesus como Património Mundial da UNESCO.

Assim, pelas 11:00 horas, dá-se a inauguração do Espaço Museológico do Coro Alto e Torre Sineira, com a presença do arcebispo D. Jorge Ortiga e do presidente da Câmara de Braga. Ricardo Rio.

Pelas 12:00 horas, será realizado o toque dos Sinos da Basílica do Bom Jesus. Pelas 18:00 horas, uma sessão de parabéns ao Bom Jesus pelo Coro Académico da Universidade do Minho, com transmissão online.

Para finalizar as cerimónias, a partir das 18:15 horas, inicia o webinar “Bom Jesus Património Mundial: onde estamos e para onde vamos?”, também com transmissão online.

No dia 11 de julho, pelas 18:00 horas, há ainda o concerto pela “Sinfonietta de Braga” na Basílica, com transmissão online.

O Santuário do Bom Jesus, em Braga, recebeu no passado dia 07 de julho de 2019 a classificação de Património Cultural Mundial da UNESCO, na reunião do comité da organização, que decorreu em Baku, no Azerbaijão.

Autarca de Braga salienta “grande responsabilidade” que vem com classificação da UNESCO

O monumento português fez parte “das 36 indicações para inscrição na Lista do Património Mundial”, que foram avaliadas na 43.ª Sessão do Comité do Património, Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

Foto: DR

Foto: YouTube de 360Portugal

Foto: DR

A candidatura suscitou algumas questões ao Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios (ICOMOS), que faz a apreciação das candidaturas que chegam de todo o mundo, no que diz respeito à autenticidade e integridade deste monumento, assim como a preservação e prevenção de acidentes, como possíveis incêndios à volta do complexo religioso, mas a proposta acabou por ser aprovada.

Hoje é um dia de enorme felicidade para Braga, para Portugal e para o Mundo que passa a contar com o Bom Jesus do Monte…

Publicado por Município de Braga em Domingo, 7 de julho de 2019

O Brasil, que abriu a discussão e faz parte deste comité, defendeu que o Bom Jesus de Braga não só cumpre todos os critérios para ser integrado na lista de monumentos, mas serviu também de inspiração para o complexo do Bom Jesus de Congonhas, no Brasil, que já consta da lista da UNESCO.

Portugal esclareceu que todas as dúvidas sobre o monumento bracarense já estavam esclarecidas no dossier entregue por Portugal e que as recomendações do ICOMOS foram seguidas no santuário. A representação portuguesa afirmou ainda que o monumento também já está inscrito como património nacional.

O conjunto composto pelo Palácio, Basílica, Convento, Jardim do Cerco e Tapada de Mafra também recebeu a classificação de Património Cultural Mundial da UNESCO.

A Lista do Património Mundial da UNESCO integra atualmente 1.092 sítios em 167 países.

Portugal conta com 17 locais classificados em território nacional, havendo ainda 11 que constituem património mundial de origem portuguesa no mundo.

O Centro Histórico de Angra do Heroísmo, o Mosteiro dos Jerónimos e a Torre de Belém, em Lisboa, num conjunto de proximidade, o Mosteiro da Batalha e o Convento de Cristo, em Tomar, foram os primeiros classificados, em 1983.

Continuar a ler

Populares