Seguir o O MINHO

Região

Costa sob aviso laranja devido à agitação marítima

IPMA

em

Foto: DR / Arquivo

Sete distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso laranja devido à previsão de agitação marítima forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).


Este aviso é válido para os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa, até às 21:00 de hoje, e foi ativado por causa da previsão de ondas de noroeste com 5 a 6 metros, podendo atingir pontualmente 8 a 10 metros.

Estes distritos vão passar depois a aviso amarelo até às 18:00 de quarta-feira.

O IPMA colocou também sob aviso amarelo os distritos de Setúbal, Beja e Faro até às 18:00 de quarta-feira devido à agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros.

O aviso laranja indica situação meteorológica de risco moderado a elevado enquanto o aviso amarelo revela situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Por causa do estado do mar, as barras marítimas de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Ericeira estão hoje fechadas a toda a navegação.

As barras marítimas de Viana do Castelo, Aveiro, Figueira da Foz e São Martinho do Porto estão condicionadas.

O IPMA prevê para hoje no continente céu geralmente muito nublado, apresentando-se em geral pouco nublado no Algarve e possibilidade de ocorrência de precipitação fraca no litoral a norte do Cabo Raso e extremo norte.

A previsão aponta ainda para vento fraco, soprando por vezes moderado do quadrante norte nas terras altas, neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais e pequena descida da temperatura mínima nas regiões Norte e Centro.

As temperaturas mínimas no continente vão oscilar entre os 5 graus Celsius (em Bragança) e os 12 (em Coimbra) e as máximas entre os 13 (na Guarda) e os 20 (em Faro).

Anúncio

Guimarães

Vai nascer em Guimarães um novo parque de natureza com 25 mil metros quadrados

Ambiente

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

Um novo parque de natureza e de lazer, com 2,5 hectares (25 mil metros quadrados), está a surgir no concelho de Guimarães, mais precisamente na União de Freguesias de Tabuadelo e São Faustino, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a Câmara de Guimarães sublinha que “a nova área verde, que tem o forte empenho do presidente [da Junta de Tabuadelo e S. Faustino] Carlos Sousa e de Elisabete Gomes, terá zonas de miradouro com extensas vistas sobre a paisagem natural e vegetação autóctone, alimentada por cursos de água naturais e dispersos que correm entre taludes e escarpas”.

Refere a mesma nota que, “além de uma rede de percursos pedonais, o Parque de São Faustino vai receber um parque infantil, um parque de merendas e equipamentos de fitness”.

“Valorizar e cuidar o património natural para uso comunitário. Proteger a natureza é sabermos viver em harmonia com ela e aqui, a natureza em estado puro!”, refere Domingos Bragança, presidente do Município, destacando o património ecológico e ambiental existente no território vimaranense.

Continuar a ler

Região

Vem aí o frio com possibilidade de queda de neve no Parque Peneda-Gerês

Estado do tempo

em

Foto: DR / Arquivo

As temperaturas vão baixar ao longo desta semana com especial incidência na região mais interior dos distritos de Braga e Viana do Castelo, assim como na região transmontana.

De acordo com as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), as temperaturas mínimas descem até perto de três graus em alguns concelhos do interior minhoto, como é o caso de Arcos de Valdevez, Melgaço e Terras de Bouro.

Segundo as previsões meteorológicas em Espanha, a partir de quinta-feira deverá ocorrer queda de neve em vários pontos altos da Galiza, devendo afetar as zonas mais altas do Parque Nacional Peneda-Gerês, entre Melgaço e Montalegre.

A previsão espanhola aponta para queda de neve em cotas a partir dos 600/800 metros, o que proporcionaria nevões em regiões mais urbanas daquele parque. No entanto, segundo o IPMA, a cota deverá manter-se acima dos 1.000 metros, nevando apenas nos cumes habituais, como a serra do Gerês ou a serra de Larouco.

Ao longo dos próximos dias, o IPMA deverá atualizar as previsões sobre este fenómeno.

Continuar a ler

Guimarães

Câmara de Guimarães manifesta “profundo pesar” pela morte de Eduardo Lourenço

Óbito

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

O presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, manifestou o seu “profundo pesar” pela morte do pensador português Eduardo Lourenço, que fez parte do conselho geral da Fundação Cidade de Guimarães, destacando o “precioso legado literário e ensaístico” que deixa.

“Homem de trato afável e simplicidade desarmante para alguém da sua estatura intelectual e notoriedade, Eduardo Lourenço deixa-nos um precioso legado literário e ensaístico, fundamental para a compreensão de Portugal e dos portugueses”, pode ler-se na nota emitida pela autarquia.

O documento recorda que o filósofo português fez parte do conselho geral da Fundação Cidade de Guimarães, órgão de aconselhamento e acompanhamento de Guimarães Capital Europeia da Cultura, em 2012.

“Tendo prontamente aceitado o convite para integrar aquele órgão, Eduardo Lourenço deslocou-se diversas vezes a Guimarães para participar nas suas reuniões, invariavelmente enriquecidas com a sua visão, o seu pensamento e a sua cultura”, vinca o texto.

Domingos Bragança manifestou o seu “profundo pesar” e endereçou à família enlutada “as mais sentidas condolências”.

Conselheiro de Estado, professor, filósofo, escritor, crítico literário, ensaísta, interventor cívico, várias vezes galardoado e distinguido, Eduardo Lourenço foi um dos pensadores mais proeminentes da cultura portuguesa.

Eduardo Lourenço Faria nasceu em 23 de maio de 1923, em S. Pedro do Rio Seco, no concelho de Almeida, distrito da Guarda, e morreu hoje, em Lisboa, aos 97 anos.

Prémio Camões e Prémio Pessoa, recebeu também o Prémio Europeu de Ensaio Charles Veillon, o Prémio da Academia Francesa, e foi agraciado com as Grã-Cruz da Ordem de Sant’Iago da Espada da Ordem do Infante D. Henrique e da Ordem da Liberdade.

Foi ainda nomeado Oficial da Legião de Honra da França e consagrado doutor ‘Honoris Causa’ pelas universidades do Rio de Janeiro, de Coimbra, Nova de Lisboa e de Bolonha.

Continuar a ler

Populares