Seguir o O MINHO

Braga

Oito detidos na operação policial no bairro das Enguardas em Braga

Tráfico

em

Foto: O MINHO

A PSP deteve esta terça-feira no bairro das Enguardas, em Braga, oito pessoas, quatro mulheres e quatro homens, no âmbito de uma investigação por tráfico de estupefacientes, que ainda decorre.


O comissário Ricardo Amaral acrescentou que a megaoperação se traduz no cumprimento de 14 mandados de busca domiciliária e sete mandados de detenção.

Além dos sete implicados por tráfico de droga, “no decorrer da operação foi detido um oitavo indivíduo não visado nos mandados por posse de armas ilegais”, designadamente matracas e uma catana, referiu o comissário.

A PSP apreendeu liamba, dinheiro e notas falsas.

Liderada pelo Núcleo de Investigação Criminal de Braga, a operação envolve ainda efetivos dos comandos de Viana do Castelo, Aveiro e Vila Real, bem como do Grupo Operacional Cinotécnico da Unidade Especial de Polícia do Porto.

Esta investigação ao tráfico de droga no bairro das Enguardas já decorria “há alguns meses”.

Notícia atualizada às 12h09 com mais informação.

Anúncio

Braga

Vila Verde com 168 casos ativos

Covid-19

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

O concelho de Vila Verde regista 168 casos ativos de infeção por covid-19, mais 76 do que há 14 dias.

Estes dados são apurados por O MINHO junto de fonte local do setor da saúde e reportam às 22:00 horas de terça-feira.

Não foi possível saber o número de recuperados, óbitos ou o total acumulado de forma a calcular o índice de risco em que se encontra o concelho.

Vila Verde, com cerca de 50 mil habitantes, necessita de um número menor que 120 casos nos últimos 14 dias, para deixar de integrar a lista de concelhos de risco que se encontram com recolher obrigatório, entre outras medidas.

Sabe-se apenas que, pelo menos, 76 novos casos surgiram nas duas últimas semanas, mas sem outros dados não é possível concluir o índice.

Mas há uma alta probabilidade para que o concelho supere os 120 casos semanais e se mantenha na ‘lista de risco’.

Há 14 dias, os concelhos do Médio Cávado (Vila Verde, Amares, Terras de Bouro, Vieira do Minho e Póvoa de Lanhoso), registavam 890 recuperados e somavam 19 óbitos.

Continuar a ler

Braga

Póvoa de Lanhoso com projeto que mitiga solidão da população sénior em tempo de pandemia

Covid-19

em

Foto: CM Póvoa de Lanhoso

“Proximidade d’Ouro” é o mais recente projeto que a Câmara da Póvoa de Lanhoso tem vindo a promover junto da população sénior do concelho.

Reconhecendo os impactos sociais, físicos, emocionais e psicológicos gerados por este tempo de pandemia que atravessamos, esta iniciativa visa contactar as pessoas utentes dos Centros de Convívio e as pessoas idosas do concelho da Póvoa de Lanhoso, em especial, quem está sozinho ou isolado, anunciou hoje a autarquia.

Proporcionar momentos de proximidade e de atividades diversificadas a esta população, mitigando assim o sentimento de solidão e o impacto causado pela pandemia de covid-19, são os objetivos deste projeto “Proximidade d’Ouro”.

Numa primeira fase, além de monitorizar o contexto e de partilhar uma conversa, os técnicos e as técnicas da Autarquia entregam um livro de exercícios/jogos de estimulação cognitiva e aplicam um questionário a cada utente para avaliação de sintomatologia psicológica relativa à ansiedade e depressão, cujos resultados serão posteriormente analisados pelos Serviços de Psicologia do Município, permitindo fazer a triagem de situações merecedoras de atenção específica e de encaminhamento.

Nos contactos seguintes, serão desenvolvidas atividades como ginástica geriátrica, música e dança, de entre outras, sempre com estrito cumprimento de todas as medidas de segurança impostas e recomendadas pela Direção Geral de Saúde.

De referir que são cerca de 160 as pessoas que frequentam os diversos Centros de Convívio da rede dinamizada pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso.

Continuar a ler

Braga

Sem-abrigo esfaqueado por três vezes em Braga

Agressão

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

Um cidadão em condição de sem-abrigo foi esfaqueado por três vezes, ao início da noite desta terça-feira, no centro histórico da cidade de Braga.

Ao que apurou O MINHO junto de fonte das autoridades, o homem terá sido golpeado na zona das costas, sofrendo ferimentos superficiais.

O alegado agressor encontra-se em fuga.

A vítima, que habitualmente dorme debaixo de uma ponte, naquela cidade, foi transportada para o Hospital de Braga com ferimentos ligeiros.

A PSP está a proceder a diligências para encontrar o agressor, ao que tudo indica, outra pessoa em situação de sem-abrigo.

O alerta foi dado às 18:59 para a zona do Campo da Vinha.

Continuar a ler

Populares