Seguir o O MINHO

Região

Série da RTP com elenco de luxo está a ser gravada em Braga, Amares e Arcos de Valdevez

Televisão

em

Foto: Hugo Delgado / Recados do Mundo Filmes

A série “Vento Norte”, da RTP, já começou a ser gravada nos concelhos de Braga, Amares e Arcos de Valdevez, anunciou a produtora.

Com ideia original de João Lacerda Matos, Almeno Gonçalves e João Cayatte, as filmagens decorrem inteiramente na zona Norte de Portugal, com especial destaque para a cidade de Braga.

É a história da família Mello, aristocratas minhotos do início do século XX (20) e dos seus criados, no período após a II Guerra Mundial (1918-1926).

O elenco de atores é de luxo. Almeno Gonçalves, Ana Zanatti, Margarida Carpinteiro, Natália Luiza, Joana de Verona, Sisley Dias ou António Melo são protagonistas por entre um leque de 66 atores, 20 deles oriundos de Braga.

Foto: Hugo Delgado / Recados do Mundo Filmes

Braga, Arcos de Valdevez e Amares

As gravações decorrem em vários pontos da cidade de Braga, como é o caso do Museu dos Biscaínhos, local central da rodagem do filme. Também a beleza natural e arquitectónica de Arcos de Valdevez ajudam a adensar a trama que conjuga amores proibidos com intrigas políticas da época. Há ainda gravações em Lago, junto ao rio Cávado.

As filmagens começaram em julho e vão prolongar-se até outubro, segundo uma nota de imprensa emitida em junho pela Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN), entidade responsável pela gestão do Museus dos Biscaínhos e do Mosteiro de Tibães, principais locais da série.

Trata-se de uma série de época (a primeira temporada tem 10 episódios de 45 minutos), na linha de séries como ‘Downtown Abbey’ ou ‘Upstairs Downstairs’.

Museu dos Biscainhos

Segundo comunicado da DRCN, “conta a história de uma família aristocrata do Minho, em paralelo com a história dos seus criados, nos anos que se seguem à I Grande Guerra e que antecipam e originam o Golpe Militar de 28 de Maio de 1926, liderado por Gomes da Costa, que institui a Ditadura Militar, mais tarde Estado Novo”.

Foto: Hugo Delgado / Recados do Mundo Filmes

“Vento Norte” é descrito como “um romance histórico”, que apresenta uma “visão de um Portugal à beira da Ditadura, em plenos anos loucos, em que tudo parecia possível. A série inclui também pequenas presenças de personagens que ajudaram a moldar a cultura portuguesa do século XX, como Amadeu Sousa Cardoso, Fernando Pessoa ou José Almada Negreiros. Outras figuras históricas como Salazar ou Maria Adelaide Cunha também partilham as suas histórias em ‘Vento Norte’”.

Os direitos de distribuição estão assegurados pela RTP, que irá transmitir “Vento Norte” em 2021, existindo já pré-acordos de exibição em França, Luxemburgo, Angola, Moçambique, Canadá e Estados Unidos da América.

O Museu dos Biscainhos está instalado no Palácio dos Biscainhos – habitação dos condes de Bertiandos – fundado no século XVII e transformado na 1ª metade do século XVIII. Em 1978 foi convertido em Museu. O palácio, os jardins barrocos e as suas coleções, revelam o quotidiano da nobreza setecentista e dos outros habitantes do espaço: capelães, criados e escravos.

Populares