Seguir o O MINHO

Futebol

Sequeira, do SC Braga, diz que índices físicos e mentais podem ser determinantes

I Liga

em

Foto: Imagens SC Braga

Os índices físicos e mentais podem ser determinantes no regresso da I Liga de futebol após a interrupção de quase três meses devido à pandemia de covid-19, assumiu hoje Sequeira, lateral esquerdo do SC Braga.


“Ninguém viveu este momento no futebol. Quem apresentar índices físicos e mentais mais fortes pode estar um passo à frente e, depois, a qualidade dos jogadores fará também a diferença. Sinto a equipa num bom momento, sinto o grupo unido e bem fisicamente. Vamos à luta”, disse o jogador, em declarações ao sítio oficial do clube.

O SC Braga defronta o Santa Clara na sexta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, na 25.ª jornada, e o habitual titular do lado esquerdo da defesa minhota frisou que a equipa “vai estar bem, com toda a certeza”.

“Sentimo-nos bem, estamos focados neste regresso e tudo faremos para começar da melhor maneira estes últimos 10 jogos, para conseguirmos o nosso objetivo”, disse.

O jogador de 29 anos, a completar a sua terceira temporada nos bracarenses, considerou ainda que a paragem veio em má altura.

“Estávamos num momento muito positivo. No entanto, a equipa tem trabalhado bem e está focada em dar continuidade ao trabalho que estávamos a realizar”, disse.

O que esperar da equipa açoriana “é uma incógnita, porque, com esta paragem, as outras equipas podem ter encontrado outras maneiras de jogar e outros sistemas táticos”.

“Não só o Santa Clara, todas as equipas podem fazer alterações. Temos de nos preparar para chegar a sexta-feira, fazer o nosso jogo e ganhar”, disse.

O lateral abordou ainda o desejo de ter adeptos nos estádios até ao final da temporada, objetivo já assumido publicamente pelo presidente ‘arsenalista’, António Salvador.

“O regresso à competição tem de passar uma mensagem de confiança e responsabilidade. Queremos muito jogar num estádio com adeptos, mas temos de ver como as coisas se desenrolam para que a segurança possa acompanhar o regresso do público aos estádios”, disse.

Entretanto, e tal como estipulado pela Direção-Geral da Saúde e pela Liga de clubes, o Sporting de Braga realizou ao final da tarde de terça-feira a ronda de testes obrigatória nas 72 horas antes de cada jogo.

Os resultados foram todos negativos, tal como nos outros quatro testes anteriores, quer nos elementos do plantel e equipa técnica como no ‘staff’ de apoio. O SC Braga realizará nova ronda de testes na véspera do encontro.

SC, terceiro classificado, com 46 pontos, e Santa Clara, 10.º, com 30, defrontam-se a partir das 19:00 de sexta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, casa emprestado do conjunto açoriano para as últimas 10 rondas da I Liga.

Anúncio

Futebol

Gil Vicente sem casos positivos nos testes mais recentes

Covid-19

em

Foto: Gil Vicente FC / Facebook (Arquivo)

Os jogadores e restantes elementos do Gil Vicente testados à covid-19 na terça-feira e hoje tiveram resultados negativos, adiantou hoje à Lusa fonte oficial do clube da I Liga portuguesa de futebol.

Os resultados foram conhecidos após terem sido “garantidamente detetados” 18 casos de infeção pelo novo coronavírus no clube barcelense – 10 em futebolistas, cinco em elementos da equipa técnica e da restante estrutura, entre os quais o treinador principal, Rui Almeida, e três em pessoas sem ligação ao futebol profissional, informou a mesma fonte.

Impedido de treinar no relvado pelo delegado de saúde local, o plantel gilista está de quarentena, apesar da breve interrupção na quarta-feira, e viu ser adiado o desafio da primeira jornada do campeonato, agendado para as 18:30 de sábado, frente ao Sporting, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, após a decisão das autoridades de saúde, anunciada na quinta-feira.

O clube ‘verde e branco’ também registou casos positivos de covid-19 e teve de cancelar um jogo amigável com os italianos do Nápoles, agendado para o passado domingo.

O encontro entre ‘leões’ e ‘galos’ é, aliás, o primeiro do principal campeonato português a ser adiado devido à pandemia de covid-19, depois dos embates da II Liga, entre Feirense e Desportivo de Chaves, na passada sexta-feira, e entre Académico de Viseu e Académica, no passado sábado, terem sido adiados pela mesma razão.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 946.727 mortos e mais de 30,2 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.894 pessoas dos 67.176 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler

Futebol

Vitória já não vai ter sócios na bancada presidencial

ARS Norte

em

Foto: Facebook VSC

As autoridades de saúde emitiram um “parecer desfavorável” à presença de sócios convidados em cada jogo caseiro do Vitória de Guimarães para a I Liga de futebol, informou hoje a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS Norte).

O clube vimaranense anunciou, na quarta-feira, que ia sortear 40 sócios para assistirem aos jogos na tribuna presidencial do Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, a partir da terceira jornada, frente ao Paços de Ferreira, em 02 de outubro, após rejeitada a iniciativa para o jogo de hoje com o Belenenses SAD, mas a ARS Norte emitiu hoje um comunicado sobre a situação, limitando-se a dizer que “não é permitida a presença de público” nos estádios.

“Torna-se necessário clarificar que, em concordância com a Resolução do Conselho de Ministros n.º 70-A/2020, de 11 de setembro de 2020, e as orientações técnicas da Direção-Geral da Saúde (DGS), as Autoridades de Saúde de nível nacional, regional e local comunicaram o seu parecer desfavorável, não permitindo a presença de público”, lê-se no comunicado.

Essa resolução indica, no artigo 22.º, que “a prática de atividade física e desportiva, em contexto de treino e em contexto competitivo, incluindo a I Liga de futebol profissional, pode ser realizada sem público, desde que no cumprimento das orientações definidas pela DGS”.

O clube minhoto adiantou, na quarta-feira, que a ARS Norte rejeitou a iniciativa para o duelo com o Belenenses SAD, da primeira jornada da I Liga, “face ao atual cenário epidemiológico na cidade de Guimarães”.

A presidente da Direção-Geral da Saúde (DGS), Graça Freitas, adiantou, na segunda-feira, que Guimarães é um dos concelhos com “maior incidência” de novos casos de covid-19 por 100 mil habitantes, juntando-se ao concelho de Vila Nova de Gaia e à região de Lisboa e Vale do Tejo como uma das “zonas mais críticas” do país.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 946.727 mortos e mais de 30,2 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.894 pessoas dos 67.176 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler

Futebol

Tomás Esteves, inscrito pelo FC Porto, mantém mítica camisola 2

Futebol

em

Foto: Twitter / FC Porto (Arquivo)

O futebolista Tomás Esteves, natural de Arcos de Valdevez, é opção para o treinador do FC Porto no jogo deste sábado frente ao SC Braga.

O nome do promissor lateral dos dragões não estava na listagem divulgada esta sexta-feira pela Liga Portugal, dando azo a comentários de que o jovem pudesse estar de saída para outras paragens, depois de anunciado o interesse do Wolverhampton, de Inglaterra.

No entanto, diz o Jornal de Notícias, houve um erro na listagem e afinal Tomás Esteves volta a envergar a mítica camisola 2 dos azuis-e-brancos nesta temporada.

Esta sexta-feira, em conferência de imprensa, o treinador Sérgio Conceição admitiu que os 33 jogadores que se apresentaram a treinos no Olival compõe um número excessivo, pelo que alguns deverão ser transferidos, como é o caso de Osorio, Diogo Queirós, Aboubakar ou Zé Luís.

“Falando dos 33, obviamente que são muitos jogadores. Na minha opinião acaba por ser mais prejudicial do que benéfico para o trabalho diário e a preparação dos jogos. Se perguntar a todos os outros treinadores da Liga, se calhar eles vão dizer o mesmo que eu”, disse.

Lista de jogadores do FC Porto inscritos na I Liga

Guarda-redes
1 – Marchesín
99 – Diogo Costa
14 – Cláudio Ramos
71 – Meixedo

Defesas
2- Tomás Esteves
15 – Carraça
18 – Manafá
3 – Pepe
19 – Mbemba
4 – Diogo Leite
13 – Alex Telles
12 – Zaidu

Médios
22 – Danilo
6 – Loum
8 – Uribe
21 – Romário Baró
27 – Sérgio Oliveira
25 – Otávio

Avançados
17 – Corona
10 – Nakajima
7 – Luis Díaz
11 – Marega
9 – Taremi
29 – Soares
30 – Evanilson
23- João Mário
50 – Fábio Vieira

Continuar a ler

Populares