Seguir o O MINHO

Famalicão

Sensible Soccers vão dar música a “O Homem da Câmara de Filmar” em Famalicão

em

Foto: Divulgação

O grupo Sensible Soccers vai atuar em simultâneo com o filme “O Homem da Câmara de Filmar”, de Dziga Vertov, na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, no dia 14 de outubro, no âmbito do Close-Up – Observatório de Cinema.

Os Sensible Soccers irão apresentar ao vivo uma proposta para a banda sonora do filme lançado em 1929. Durante 65 minutos poderemos ver ‘O Homem da Câmara de Filmar’ acompanhado pela música dos Sensible Soccers, boa parte dela original e inédita”, adiantou a promotora da banda.

O Close-Up vai para a segunda edição, desta vez com o tema de “A Viagem” e vai realizar-se de 14 a 21 de outubro, contando com filmes como “Nostalgia”, de Tarkovsky, “As Asas do Desejo”, de Wenders, “Eldorado XXI”, de Salomé Lamas, “American Honey”, de Andrea Arnold, entre muitos outros.

Anúncio

Famalicão

Autarcas discutem em Famalicão combate às ‘fake news’ na comunicação municipal

Fenómeno das notícias falsas

em

Foto: DR

Dezenas de autarcas de todo o país vão participar num seminário, em Famalicão, onde vai discutir-se os desafios e as tendências da comunicação municipal, nomeadamente o fenómeno das “fake news”.

“O problema maior da comunicação política é a autenticidade ou a falta dela. E essa falta de autenticidade leva ao descrédito da política e dos líderes políticos. A variável autenticidade é um elemento chave da comunicação política e municipal, porque a comunicação municipal é também ela política”, afirmou, em declarações à Lusa, Custódio Oliveira, da organização.

A iniciativa, que decorre quinta e sexta-feira na Casa das Artes de Famalicão, destina-se aos responsáveis e técnicos de gabinetes de comunicação e interessados em comunicação autárquica a quem cabe estar preparado para os novos desafios da comunicação municipal.

Segundo a organização, este ano, o número de inscritos ultrapassou as expectativas, tendo até sido recusado um número significativo de participantes por falta de capacidade da sala. Entre os 130 participantes estão inscritos vereadores, vice-presidentes e chefes de gabinetes de municípios de todo país.

“O desafio do seminário é trazer novos conhecimentos, novas experiências àqueles que fazem comunicação municipal em Portugal”, afirmou Custódio Oliveira.

Para aquele responsável, as “fake news” são um fenómeno de hoje, mas o problema da falta de autenticidade da comunicação política em geral, e da comunicação municipal em particular, é anterior.

“A comunicação municipal tem que ser normativa, tem que cultivar valores como o rigor e a autenticidade. Se não estiverem presentes estes valores, temos algo que vai virar-se contra os próprios autores”, sublinhou.

O tema vai ser discutido no primeiro dia de seminário, que reúne investigadores ligados às universidades de Porto, Minho, Católica do Rio de Janeiro e Barcelona.

Na quinta-feira, o seminário, o vigésimo nono em 18 anos, abordará as seguintes temáticas: “A comunicação e as fake news”, “Inovação na Comunicação e marketing digital”, “Spin Doctoring nas autarquias”, “Do storytelling ao framing, da mensagem à comunicação por processos”, “Brasil: as mudanças na comunicação com a eleição do Presidente Bolsonaro” e “Os chefes de gabinete e os assessores na comunicação municipal”.

O primeiro dia termina com uma tertúlia sobre “Os novos desafios e as tendências inovadoras na comunicação municipal”.

“Hoje há consenso à volta disto: a comunicação tornou-se num dos principais ativos das empresas e das organizações e os líderes começam a ter consciência disto, é um ativo que cria valor”, disse Custódio Oliveira.

Já na sexta-feira, Carlos Magno, fala da regulação da imprensa municipal, a partir da sua experiência como presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC).

O colóquio termina na manhã de sexta-feira, mas para a tarde, como programa complementar, é dada a possibilidade de os participantes visitarem a Casa Museu de Camilo Castelo Branco, em S. Miguel de Seide, tendo assegurado o transporte e a visita guiada.

Continuar a ler

Famalicão

Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão abre ao público com novidades

em

Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira, 31 de agosto, pelas 18:00, arranca a 35ª edição da Feira de Artesanato e Gastronomia de Vila Nova de Famalicão, um dos maiores eventos do género da região Norte, que todos os anos atrai milhares de visitantes à cidade na descoberta pelo artesanato mais genuíno, pela gastronomia tradicional e de qualidade, mas também pela grande animação popular. O certame conta com a participação do Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que visita a feira no domingo, 2 de setembro.

À riqueza do artesanato nacional juntam-se os sabores inconfundíveis da gastronomia numa conjugação de saberes e sabores únicos e genuínos. No recinto do antigo campo da feira semana reúnem-se ao longo de dez dias mais de 100 artesãos – muitos deles a trabalhar ao vivo – representantes das várias regiões do país e perto de uma dezena de restaurantes e tasquinhas com as iguarias mais tradicionais. Há ainda espaço para os produtores que trazem consigo os vinhos, queijos, presuntos e doces mais puros oriundos de todo o país.

Duas mãos cheias de novos artesãos estreiam-se este ano. São artistas da bijuteria, da malha, da cerâmica, do vidro, da tecelagem, mas também do gesso e dos bordados, entre outros, que vêm de vários pontos do país mostrar a sua arte, naquela que já é considerada “a maior Feira de Artesanato e Gastronomia do Minho e um cartaz turístico-cultural de referência nacional”, como refere o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

Tudo isto com um programa de animação diária e constante através da participação de quase três dezenas de artistas musicais, donde se destaca a presença de Augusto Canário & Amigos no dia 4 de setembro. O espetáculo de música popular juntará a tradição das concertinas, cavaquinhos, violões e bandolins à modernidade da bateria e do baixo, com o calor e sabor dos instrumentos de percussão latinos, criando um ambiente vivo, colorido, cheio de ritmo e alegria.

Uma noite para a juventude desfrutar do certame é a principal novidade ao nível da animação da edição deste ano com um concerto do rapper Piruka, na noite de 6 de setembro.

A entrada é gratuita em todos os dias do evento.

Continuar a ler

Famalicão

Famalicão assinala Dia da Floresta Autóctone

em

Foto: DR/Arquivo

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, inaugura esta quinta-feira, dia 23 de novembro, pelas 15:30, o primeiro berçário de árvores eco-escolas do concelho, localizado na Escola Básica Júlio Brandão, no centro da cidade.

O momento, que se insere nas comemorações do Dia da Floresta Autóctone promovidas pela Câmara Municipal, antecede a assinatura do primeiro acordo de parceria entre a autarquia famalicense e o proprietário de um terreno privado para a sua reflorestação com espécies autóctones.

Refira-se que ambas as iniciativas decorrem no âmbito do projeto municipal “25 mil árvores para 2025”, cujo grande objetivo que passa pela reabilitação de aproximadamente 25 hectares do território concelhio através da plantação de 25 mil árvores e arbustos nativos da região em áreas urbanas, espaços rurais, ao longo das linhas de água e em montes e serras.

Continuar a ler

Populares