Seguir o O MINHO

Alto Minho

Senegaleses tentam comprar crianças em Ponte de Lima? Não. É um “mal entendido”

Falso alerta está a ser partilhado nas redes sociais

em

Foto: DR / Arquivo

É um alerta que está a ser partilhado amiúde nas redes sociais e a causar alarme social em Ponte de Lima, mas que não corresponde à realidade e é resultado de um “mal entendido”.

Uma publicação no Facebook alerta para “dois homens do Senegal” que andam a tentar “comprar crianças na vila”, sendo que teriam abordado, nesse sentido, “uma pessoa na Lapa”.

O post acrescenta que “a GNR foi avisada” e os alegados suspeitos “quando são pegos dizem não falar português”.

Falso alerta está a causar alarme social

Ora, na verdade não a foi GNR, mas a PSP, que policia aquela zona, a tomar conta da ocorrência.

No domingo, dois operários da construção civil, a residir em Portugal há poucos meses e com muitas dificuldades em falar português, abordaram uma mulher, que alertou a PSP, mas a polícia descarta a hipótese de essa abordagem ter sido feita no intuito de comprar crianças, como alega a publicação.

Contactada por O MINHO, fonte da PSP confirma que a polícia foi chamada ao local e identificou os dois homens, concluindo que “não se averiguou qualquer tipo de indício relativamente a essa prática criminal”, ou seja, a compra de crianças.

Segundo a mesma fonte, tudo “não passou de um mal entendido” provocado pela dificuldade que os indivíduos têm em falar português.

Populares