Redes Sociais

“Sementevital” promoveu saúde mental em Amares

Braga

“Sementevital” promoveu saúde mental em Amares

Promover a partilha e a divulgação do trabalho, das experiências e dos modelos de intervenção comunitária no âmbito da promoção da saúde mental, foram os objetivos centrais da iniciativa “SeMenteVital III – cuidar para colher” promovida, durante o dia de ontem, em Amares, pela Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC) de Amares do ACeS Cávado II – Gerês/ Cabreira, em parceria com a Ordem dos Enfermeiros, o Município de Amares, a Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa de Amares e o Agrupamento de Escolas de Amares.

Organizada pelo terceiro ano consecutivo, a iniciativa pretendeu, ainda, refletir sobre a importância do acompanhamento da pessoa com doença mental em contexto comunitário e fomentar a análise das dificuldades/barreiras que possam a comprometer, a efetiva implementação, das equipas domiciliárias de cuidados continuados e integrados em saúde mental nos cuidados de saúde primários.

Na abertura da sessão, a vereadora da Ação Social do Município de Amares, Cidália Abreu, saudou esta iniciativa, assim como, todos os parceiros e participantes, destacando “a importância de criar estes espaços de reflexão, partilha e divulgação do trabalho existente para perceber quais as necessidades existentes e quais as melhores estratégias de ação e de promoção da saúde mental”.

Lembrando o impacto que “estes problemas podem ter na vida familiar, laboral, profissional e social das pessoas”, Cidália Abreu, sublinhou “a importância do tratamento e, particularmente, das melhores estratégias de prevenção das perturbações mentais”, bem como, o papel que as várias entidades locais, nomeadamente o Município de Amares, assumem na implementação de programas que pretendem “promover o bem-estar psicológico das populações”.

“SeMenteVital III – cuidar para colher” inseriu-se no âmbito da comemoração do dia Mundial da Saúde Mental, que se celebra anualmente, desde 1992, a 10 de outubro.

 

Mais Braga