Seguir o O MINHO

Futebol

Seleção nacional feminino: Convocadas 5 jogadoras do Braga para os dois jogos com os Estados Unidos

A 29 de agosto e 3 de setembro

em

Foto: SC Braga

O selecionador nacional de futebol feminino, Francisco Neto, convocou 23 jogadoras para os dois jogos particulares com os Estados Unidos, em 29 de agosto e 03 de setembro, nos quais se prevê um recorde de assistência. Cinco delas são do Sporting Clube (SC) de Braga.

O primeiro jogo entre as atuais campeãs do mundo e a seleção lusa disputar-se-á no estádio Lincoln Financial, em Filadélfia, a partir das 00:00 de Portugal continental (19:00 locais), enquanto o segundo será jogado no estádio Allianz, em Saint Paul, no estado de Minnesota, no norte do país, a partir da 01:00 lusa (20:00 locais).

A maior assistência em jogos da seleção norte-americana foi alcançado no estádio Heinz Field, em Pittsburg, na Califórnia, na goleada por 8-0 à seleção da Costa Rica, em que estiveram presentes 44.028 adeptos, mas a procura de bilhetes para os jogos com Portugal tem sido tão grande que se prevê que seja batido um recorde e ultrapassada a barreira dos 50 mil espetadores.

Lista das 23 convocadas:

Mónica Mendes (AC Milan, Ita).

Ana Leite (Borussia Bocholt, Ale).

Andreia Norton (Inter Milão, Ita).

Matilde Fisdalgo (Manchester City, Ing).

Jéssica Silva (Olympique Lyon, Fra).

Diana Gomes, Dolores Silva, Inês Maia, Rute Costa e Vanessa Marques (Sporting de Braga).

Raquel Infante e Sílvia Rebelo (Benfica).

Ana Borges, Carole Costa, Carolina Mendes, Diana Silva, Fátima Pinto, Inês Pereira, Joana Marchão, Patrícia Morais e Tatiana Pinto (Sporting).

Mélissa Gomes (Stade de Reims, Fra).

Cláudia Neto (Wolfsburgo, Ale).

Anúncio

Futebol

Fábio Martins eleito melhor jogador da I Liga em setembro

Futebol

em

Foto: Divulgação / FC Famalicão

O futebolista Fábio Martins, que alinha no Famalicão, foi eleito melhor jogador do mês de setembro da I Liga portuguesa, revelou hoje o organismo que rege os campeonatos profissionais, em comunicado.

O extremo, de 26 anos, que assinou dois golos e fez duas assistências em três jogos durante o último mês, arrecadou 31,40% dos votos e bateu o avançado cabo-verdiano Zé Luís, do FC Porto (8,87%), e Rafa, do Benfica (7,26%).

Fábio Martins já tinha sido nomeado o melhor avançado do mês, numa lista de distinções dominada pelo Famalicão. João Pedro Sousa foi considerado o melhor treinador, o argentino Nehuén Pérez o melhor defesa e Rúben Lameiras apontou o golo do mês.

Bruno Fernandes, do Sporting, e o argentino Marchesín, do FC Porto, venceram nas categorias de melhor médio e melhor guarda-redes, respetivamente.

Fábio Martins, que está no Famalicão, atual líder da I Liga, por empréstimo do Sporting de Braga, sucedeu a Pizzi, do Benfica, que foi nomeado o melhor jogador da prova durante o mês de agosto.

A votação para o melhor jogador do mês da I Liga é feita pelos 18 treinadores principais da competição.

No segundo escalão, o médio Daniel Bragança, que alinha no Estoril Praia por empréstimo do Sporting, arrecadou o prémio de melhor jogador em setembro.

Continuar a ler

Futebol

Sá Pinto alerta que eliminação do Sporting “é um aviso” para o Braga

O jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal está marcado para as 20:45 de sábado, no Estádio do Leça, em Leça da Palmeira

em

Foto: DR / Arquivo

O treinador do Sporting Clube (SC)de Braga, Ricardo Sá Pinto, disse esta sexta-feira que a derrota do Sporting diante do Alverca serve de “aviso” para o jogo de sábado com o Leça, da Taça de Portugal de futebol.

Questionado sobre se o Braga é candidato a chegar à final da prova, o técnico frisou que, de momento, o “objetivo é ganhar ao Leça”, equipa que milita na Série B do Campeonato de Portugal, o mesmo escalão do Alverca, que na quinta-feira eliminou o detentor do troféu, o Sporting, por 2-0.

“Sem dúvida que é um aviso para todos. Já o tinha dito na Taça da Liga, quando jogámos com o Penafiel: hoje em dia não há jogos fáceis, acabaram há muito tempo. Este é de uma competição diferente, frente a uma equipa de uma divisão diferente, mas que está supermotivada e que, depois do que aconteceu em Alverca, acredita que pode ser feliz”, disse.

Para contrariar o adversário, os jogadores do Sporting de Braga têm que ser “sérios, rigorosos, determinados, concentrados e humildes”. “Temos que respeitar este adversário”, frisou.

Sá Pinto elogiou o Leça, que está em segundo lugar na sua série, dizendo esperar uma equipa “que vai procurar defender bem e explorar um ou outro erro” do Braga.

“É uma equipa com bons jogadores e que até tem internacionais, como o Pecks, por Cabo Verde, e que há até pouco tempo atuava na I Liga, e tem outros jogadores com experiência, como Nelsinho, Van Zeller, tem ainda o Prazeres e o Adilson, que é muito rápido. Temos que estar concentrados porque é uma equipa que não vai parar de acreditar até construirmos um resultado que nos permita ter uma vitória segura”, disse.

Ricardo Sá Pinto disse que o estado do relvado, aliado às más condições climatéricas previstas para sábado (chuva), o preocupam, mas frisou que a equipa tem que saber “contornar” essas circunstâncias.

O treinador revelou ainda que, “provavelmente”, vai fazer algumas alterações no ‘onze’, lembrando “o ciclo muito exigente de sete jogos em 21 dias” que se avizinha.

“Todos vão ser precisos e todos são importantes, os que jogam mais e os que jogam menos. Se calhar, não posso ser justo com todos, mas peço-lhes que não deixem de trabalhar e acreditar que podem ser úteis, num ciclo destes é fundamental que todos possam estar disponíveis para ajudar”, disse.

Tiago Sá, Wallace, Raul Silva já estão aptos e o único lesionado do plantel bracarense é o defesa central Tormena.

O jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal está marcado para as 20:45 de sábado, no Estádio do Leça, em Leça da Palmeira, Matosinhos.

Continuar a ler

Futebol

Sá Pinto lamenta morte do “grande Rui Jordão”

“Uma referência”

em

Foto: Divulgação / SC Braga

O treinador do Sporting Clube (SC) de Braga, Ricardo Sá Pinto, lamentou esta sexta-feira a morte do antigo futebolista internacional português Rui Jordão, “uma referência” para o também ex-jogador.

Antes de qualquer pergunta sobre o jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal, diante do Leça, no sábado, Sá Pinto fez questão de “enviar as condolências à família do grande Rui Jordão”, que morreu hoje, aos 67 anos.

“[Jordão era] Uma referência para mim, uma pessoa afável e serena, simpática. Encontrávamo-nos esporadicamente, porque ele afastou-se um pouco do futebol, eu gosto imenso de arte e pintura, ele pintava, falávamos um pouco sobre isso e foi com grande tristeza que recebi esta notícia”, afirmou.

Natural de Benguela, Jordão destacou-se no Benfica, clube no qual iniciou a carreira, em 1971/72, e no Sporting, tendo disputado 43 jogos pela seleção portuguesa e marcado 15 golos, dois dos quais no Europeu de 1984, no qual Portugal foi eliminado nas meias-finais.

Jordão, que jogou também no Saragoça e no Vitória de Setúbal, onde terminou a carreira, em 1988/89, foi melhor marcador do campeonato português nas épocas 1975/76 e 1979/80, tendo conquistado seis títulos de campeão nacional, três Taças de Portugal e uma Supertaça portuguesa.

Sá Pinto enviou ainda “um forte abraço” ao também antigo avançado internacional e atual diretor de scouting do FC Porto, Fernando Gomes, que “atravessa um período difícil de saúde”.

“É uma das grandes referências do futebol português e o meu ídolo, desejo uma rápida recuperação”, disse.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares