Segurança Social regista em 2022 maior excedente em mais de uma década

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO / Arquivo (2021)

A Segurança Social registou o maior excedente orçamental em mais de uma década, atingindo 4.059 milhões de euros, em 2022, uma melhoria de 1.711 milhões face a 2021, avançou hoje o Conselho de Finanças Públicas (CFP).

O excedente foi alcançado num ano em que a Segurança Social continuou a ser afetada pelas medidas implementadas em anos anteriores devido à pandemia, bem como pela adoção de novos apoios no contexto do choque geopolítico, refere o CFP no relatório sobre a evolução orçamental da Segurança Social e da Caixa Geral de Aposentações (CGA) em 2022.

“Para este resultado contribuiu o aumento da receita efetiva em 2.220 milhões de euros, superando o aumento da despesa que se cifrou nos 508 milhões de euros”, pode ler-se no relatório.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

TAP: Relatório desresponsabiliza deputados, assessores e técnicos de fugas de informação da CPI

Próximo Artigo

Atenção, Braga. Encontro de escuteiros vai condicionar o trânsito

Artigos Relacionados
x