Seguir o O MINHO

Braga

Sede da AIMInho em Braga à venda por 1,5 milhões

Preço inicial era de 2,36 milhões

em

Foto: DR/Arquivo

O edifício-sede da extinta Associação Industrial do Minho, em Braga, vai ser novamente posto à venda, desta vez, por 1,5 milhões de euros. No primeiro leilão, os credores pediam 2,36 milhões, sendo 2,06 milhões (85 por cento da avaliação feita ao prédio) o valor mínimo; mas não apareceu ninguém para o adquirir por esse valor.

A sede de Braga, sita em São Lázaro, com cave, rés-do-chão e dois andares. Fonte ligada ao processo disse ao «Minho» que, a operação de venda do pavilhão da Associação Industrial do Minho (AIMinho), que a Câmara de Viana do Castelo quer comprar por 1,3 milhões, está apenas dependente da aprovação da Assembleia Municipal e, posteriormente, do Tribunal de Contas.

Já no que toca ao prédio que alberga o extinto IEMinho, Centro de Incubação de Empresas, de Soutelo, Vila Verde a mesma fonte adiantou que o processo de alienação, a cargo do administrador judicial, Nuno Albuquerque, aguarda registo na plataforma eletrónica e-leilão.

Até ao momento, apenas um automóvel foi vendido em leilão por 3.400 euros. O leilão eletrónico para venda do património ficou deserto. O processo tem sido conduzido pelo administrador judicial, o advogado Nuno Albuquerque.

Populares