Seguir o O MINHO

Futebol

Secretário sofreu AVC e está internado nos cuidados intensivos

Ex-jogador do Gil Vicente, Famalicão, SC Braga e FC Porto

em

Foto: FC Porto

Carlos Secretário, ex-jogador do Gil Vicente, Famalicão, SC Braga e Porto, sofreu um AVC e está nos cuidados intensivos.

O FC Porto manifestou hoje uma “mensagem de força” pelo estado de saúde do antigo internacional português, que se formou nos ‘dragões’ e alinhou pela equipa principal em duas fases (1993-1996 e 1998-2004).

“Força, Carlos Secretário. A família azul e branca une-se numa mensagem de força ao nosso antigo jogador”, expressaram os campeões nacionais, numa mensagem publicada nas redes sociais, horas depois do triunfo em Vizela (1-0), da segunda jornada da I Liga.

Após o final do 300.º jogo na elite, o treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, descartou na zona de entrevistas rápidas “estar de sorriso rasgado”, assumindo que “um ex-colega” seu “está mal no hospital”, para voltar a comentar o tema em conferência de imprensa.

“Recebi a notícia, no final do jogo, de que um ex-colega meu está com um problema de saúde e em estado grave no hospital. Não me consigo sentir feliz nesta altura”, notou o técnico.

Além do FC Porto, o campeão europeu e espanhol Real Madrid enviou “uma “mensagem de apoio e todo o amor” ao antigo defesa na pessoa do presidente Florentino Pérez e do respetivo conselho de administração, desejando “uma rápida recuperação e muita força”.

Durante a carreira de jogador, Sérgio Conceição partilhou balneário nos ‘dragões’ com Carlos Secretário nas temporadas 1997/98 e 2003/04, tendo os dois ex-internacionais lusos conquistado em conjunto dois campeonatos e uma Supertaça Cândido de Oliveira.

Secretário, de 52 anos, também representou Sanjoanense e Sporting na sua formação e somou experiência ao serviço de Gil Vicente (1998/99), Penafiel (1989-1991), Famalicão (1991/92) e SC Braga (1992/93), antes de se fixar na equipa sénior do FC Porto.

Entre as duas passagens nos ‘dragões’, sagrou-se campeão espanhol pelo Real Madrid (1996-1997), num currículo em que amealhou seis campeonatos nacionais, cinco Taças de Portugal, quatro Supertaças Cândido de Oliveira e uma então designada Taça UEFA.

Natural de São João da Madeira, o antigo defesa direito contou 35 internacionalizações e um golo pela seleção portuguesa, que representou nas fases finais dos campeonatos da Europa de 1996 e 2000, tendo finalizado uma carreira de 20 anos nos relvados no Maia.

Lançado como treinador principal nesse clube, em 2007, Secretário dirigiu ainda Lousada (2007/08), Arouca (2009/10), Salgueiros (2012-2013), US Lusitanos, de França, (2015-2017) e Cesarense (2017/18), sendo que estava sem clube desde que saiu dos gauleses do Créteil-Lusitanos, em dezembro de 2020, devido a um “grande problema de saúde”.

EM FOCO

Populares