Seguir o O MINHO

Futebol

SC Braga perde em Roma e está fora da Liga Europa

Liga Europa

em

Foto: SC Braga Twitter

O SC Braga perdeu hoje com a Roma, treinada pelo português Paulo Fonseca, por 3-1 e falhou o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa de futebol, numa partida disputada em Itália.

A eliminatória ficou praticamente decidida no jogo de Braga, há uma semana, quando a equipa orientada pelo português e ex-técnico dos minhotos Paulo Fonseca venceu por 2-0, e hoje, no Olímpico de Roma, num jogo de baixa intensidade, a equipa romana confirmou a sua superioridade.

A tarefa da equipa de Carlos Carvalhal era muito difícil e mais ficou quando Dzeko, tal como na primeira mão, marcou o primeiro golo (23 minutos). Carles Pérez fez o segundo dos italianos (74), com Bryan Cristante a fazer um autogolo (88), o tento de honra dos bracarenses na eliminatória, pouco antes de Mayoral definir o resultado final (90+1).

Carlos Carvalhal mexeu em mais de meia equipa – mudou seis jogadores -, com a maior surpresa a ser a titularidade do guarda-redes Tiago Sá, e o Braga dividiu o jogo com personalidade nos primeiros minutos.

Contudo, aos 23 minutos, após um lançamento longo nas costas dos centrais bracarenses, a bola sobrou para El Shaarawy que rematou, em arco, ao poste e, na recarga, Dzeko inaugurou o marcador.

A equipa orientada por Carlos Carvalhal reagiu, com Piazon, em dois minutos (30 e 31) a ameaçar a baliza romana e Sporar, aos 34 minutos, a rematar com muita força, à entrada da área, descaído sobre a direita, mas Pau Lopez defendeu bem, para canto.

A Roma impunha um ritmo de jogo baixo, mas esteve perto de voltar a marcar com um remate à barra de Pedro Rodríguez (40).

No segundo tempo, já depois do técnico dos ‘arsenalistas’ ter feito uma tripla substituição aos 60 minutos, começando, talvez, a pensar já no jogo com o Nacional, domingo, da I Liga portuguesa, Pellegrini desperdiçou uma grande penalidade (72).

O castigo máximo saiu ao lado, mas dois minutos depois o mesmo Pellegrini redimiu-se com um bom passe para Carles Pérez, sem qualquer marcação, fazer o segundo dos italianos, sentenciando o jogo e a eliminatória.

Pau Lopez voltou a fechar bem a sua baliza a uma investida de Tormena (82), mas aos 88 minutos nada podia fazer para impedir o autogolo de Cristante, que tentava cortar um cruzamento de Zé Carlos.

A Roma ainda fez o terceiro, aos 90+1, com Mayoral a encostar após assistência de Spinazzola a concluir um rápido contra-ataque.

Ficha de Jogo

Estádio Olímpico de Roma.

Roma – SC Braga, 3-1.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Edin Dzeko, 23 minutos.

2-0, Carles Pérez, 74.

2-1, Bryan Cristante, 88 (na própria baliza).

3-1, Borja Mayoral, 90+1.

Equipas:

– Roma: Pau Lopez, Gianluca Mancini, Bryan Cristante, Bruno Peres, Rick Karsdorp, Gonzalo Villar (Lorenzo Pellegrini, 46), Amadou Diawara, Jordan Veretout (Leonardo Spinazzola, 59), Pedro Rodríguez (Henrikh Mkhitaryan, 77), El Shaarawy (Carles Pérez, 59) e Edin Dzeko (Borja Mayoral, 67).

(Suplentes: António Mirante, Daniel Fuzato, Lorenzo Pellegrini, Borja Mayoral, Carles Pérez, Leonardo Spinazzola, Ricardo Ciervo, Ebrima Darboe, Filippo Tripi e Henrikh Mkhitaryan).

Treinador: Paulo Fonseca.

– SC Braga: Tiago Sá, Tormena, Rolando, Sequeira (Borja, 70), Zé Carlos, João Novais, André Horta, Galeno (Hernâni, 77), Piazon (Fransérgio, 60), Gaitán (Ricardo Horta, 60) e Sporar (Abel Ruiz, 60).

(Suplentes: Matheus, Rogério, Bruno Rodrigues, Borja, Fransérgio, Al Musrati, Ricardo Horta, Hernâni, Vítor Oliveira e Abel Ruiz).

Treinador: Carlos Carvalhal.

Árbitro: Andreas Ekberg (Suécia).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Jordan Veretout (56).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Populares