Seguir o O MINHO

Desporto

SC Braga goleia (6-0) Estoril

em

Foto: Twitter/SC Braga

Um SC Braga ‘demolidor’ goleou neste domingo o Estoril-Praia por 6-0, na oitava jornada da I Liga de futebol, confirmando o seu bom momento de forma e o muito mau dos ‘canarinhos’, que somaram a quinta derrota seguida.

Dyego Sousa (17 minutos), Raúl Silva (41), Fábio Martins (55), Xadas (57), Ricardo Horta (62 e 84) marcaram os golos de uma vitória expressiva, a terceira seguida no campeonato, sobre uma equipa estorilista muito frágil.

Em virtude do jogo europeu na quinta-feira, Abel Ferreira fez oito alterações no ‘onze’, mas a equipa deu uma excelente resposta, provando ter qualidade em quantidade suficiente para alcançar os seus objetivos.

Já o Estoril-Praia, somou a quinta derrota seguida no campeonato e tombou para o último lugar, porque tem agora a pior defesa da prova (20 sofridos), tendo hoje mostrado ser uma equipa com grandes debilidades defensivas, mas também ofensivas.

A primeira ocasião de golo até pertenceu à turma de Pedro Emanuel, com um bom remate de Evangelista a obrigar Matheus a grande defesa para canto (11 minutos).

Mas, pouco depois, e sem forçar muito a nota, o SC Braga inaugurou o marcador e começou a construir o quinto triunfo dos últimos seis jogos (mais um empate no estádio da Luz, com o Benfica, 1-1, para a Taça da Liga), com Dyego Sousa a dar a melhor sequência a uma assistência de Xadas, aos 17 minutos.

O Estoril-Praia não conseguia ligar uma jogada com princípio, meio e fim e concedia espaços ao Braga, pelo que o segundo golo dos da casa, aos 41 minutos, não surpreendeu, com Raúl Silva, sem marcação, a cabecear após nova assistência de Xadas, agora num livre.

A segunda parte começou com um falhanço incrível de Eduardo, sozinho na área, após passe de Evangelista (49).

A resposta do SC Braga foi demolidora e sentenciou o jogo no espaço de dois minutos.

Ricardo Horta ainda ‘avisou’ (53 minutos), mas Fábio Martins (55) e Xadas (57), este com um golaço, elevaram o marcador para uma goleada que ainda haveria de ‘engordar’.

O Estoril-Praia estava completamente desorientado e Pedro Emanuel fez uma dupla substituição de imediato, fazendo entrar Matheus Índio e Andrade (59), mas foi o SC Braga a voltar a marcar logo de seguida.

O defesa central Raúl Silva subiu, qual extremo, pelo lado esquerdo e serviu Ricardo Horta, que rematou ao ângulo superior esquerdo da baliza defendida por um desamparado Moreira, aos 62 minutos.

O sexto e último golo aconteceu aos 84 minutos, com Esgaio a insistir e a assistir Ricardo Horta, que ‘bisou’.

FICHA DO JOGO
SC Braga: Matheus, Esgaio, Bruno Viana, Raúl Silva, Jefferson, Fransérgio, André Horta (Danilo, 68), Xadas, Fábio Martins (João Carlos Teixeira, 81), Ricardo Horta e Dyego Sousa (Paulinho, 73).
Treinador: Abel Ferreira.

Estoril-Praia: Moreira, Fernando, Lucas Cavalcante, Pedro Monteiro, Joel Ferreira (Matheus Índio, 59), Eduardo (Kyriakou, 76), Evangelista, Wesley, Allano, Aylton (Andrade, 59) e Kléber. Treinador: Pedro Emanuel.

Marcador:
1-0, Dyego Sousa, 17 minutos.
2-0, Raúl Silva, 41.
3-0, Fábio Martins, 55.
4-0, Xadas, 57.
5-0, Ricardo Horta, 62.
6-0, Ricardo Horta, 84.

Árbitro: Hélder Malheiro (Lisboa).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Eduardo (64).
Assistência: 10.651 espetadores.

Anúncio

Desporto

Jogos do Mediterrâneo adiados para 2022

Covid-19

em

Foto: Ilustrativa / DR

Os Jogos do Mediterrâneo, previstos para 2021 na cidade argelina de Orão, foram adiados para 2022 devido à alteração das datas dos Jogos Olímpicos Tóquio2020 e à pandemia da covid-19, anunciou hoje o ministro argelino do Desporto.

“O governo argelino e o comité organizador dos Jogos do Mediterrâneo tomaram a decisão comum de adiar, por um ano, os Jogos de Orão, para 2022”, revelou Sid Ali Khaldi.

A 19.ª edição desta competição multidesportiva, que junta 26 países mediterrânicos e dos Balcãs, incluindo Portugal, deveria realizar-se entre 25 de junho e 05 de julho de 2021.

“Este adiamento é motivado, principalmente, pela preocupação comum de reorganizar a sua periodicidade, tendo em conta o calendário olímpico, para melhor a qualidade dos Jogos e a sua influência, além de preservar a saúde dos atletas e garantir a preparação ideal para este importante evento desportivo”, justificou o governante.

A comissão organizadora de Tóquio2020 anunciou na segunda-feira que os Jogos Olímpicos vão realizar-se entre 23 de julho e 08 de agosto de 2021, praticamente um ano depois das datas previstas.

Os Jogos Olímpicos estavam marcados para decorrerem entre 24 de julho e 09 de agosto de 2020, mas foram adiados em um ano, devido à pandemia da covid-19.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 791 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 38 mil. Dos casos de infeção, pelo menos 163 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, que está em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril, registaram-se 160 mortes e 7.443 casos de infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler

Desporto

António Salvador pede “ânimo” aos bracarenses

Covid-19

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

A pandemia da covid-19 vai trazer “dificuldades” e “constrangimentos” ao futebol e ao desporto em geral, pelo que “é previsível” que “todos tenham que se reajustar e reinventar”, considerou hoje o presidente do SC Braga, António Salvador.

“Pessoas e instituições vão enfrentar, num futuro próximo, desafios imensos. É previsível que todos tenhamos que nos reajustar e reinventar e, por isso, é sensato que o futebol e o desporto não se iludam quanto às dificuldades que este período nos apresenta e quanto aos constrangimentos que ele nos trará para os próximos anos”, escreveu numa carta dirigida aos associados do clube minhoto.

Assegurando “acompanhamento permanente dos atletas e das equipas” do SC Braga, o dirigente reforçou que, “assim que a pandemia for vencida”, o clube “estará preparado para retomar a sua atividade”.

António Salvador frisou o “momento difícil e inesperado” que o mundo atravessa por causa do novo coronavírus e pediu “ânimo” aos bracarenses, deixando ainda uma palavra de gratidão aos profissionais de saúde.

“Entre a família do SC Braga contam-se vários médicos e profissionais de saúde que têm sido a linha da frente deste combate e é a eles, e a toda esta vasta comunidade clínica nacional e internacional, que presto o meu profundo agradecimento pelo seu papel nesta imensa crise”, pode ler-se na missiva.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 791 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 38 mil morreram.

Dos casos de infeção, pelo menos 163 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 160 mortes e 7.443 casos de infeção confirmados.

Continuar a ler

Desporto

Adeptos da AD Fafe recolhem fundos para ajudar profissionais de saúde

Covid-19

em

Foto: AD Fafe / Facebook

A claque da AD Fafe, os “Fighters Boys 95”, está a realizar uma iniciativa de recolha de fundos com o objetivo de ajudar os profissionais de saúde do concelho.

O dinheiro angariado “será utilizado para a compra de material de extrema necessidade para os profissionais de saúde de Fafe”, refere o clube nas sua redes sociais.

O objetivo proposto é de angariar 1.958 euros (o valor é o mesmo do ano da fundação da AD Fafe) até ao dia 30 de abril. Pelas 15:00 de hoje, os “Fighter Boys 95” tinham angariado 130 euros.

Continuar a ler

Populares