Seguir o O MINHO

Futebol

SC Braga ganha no último jogo da época em casa

I Liga

em

O SC Braga venceu hoje o Arouca, por 1-0, em jogo da 33.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Na última partida da época no Estádio Municipal, o marcador do golo da Vitória foi o ‘inevitável’ Ricardo Horta, que assim fica a apenas um golo de se tornar no melhor marcador da história do clube.

Ricardo Horta igualou Mário Laranjo como melhor marcador da história do SC Braga, com 92 golos, ao assinar o tento da vitória.

O SC Braga segue no quarto lugar do campeonato com 65 pontos.

Já o Arouca, 15.º classificado, um lugar acima da zona de ‘play-off’ de manutenção, soma 30 pontos e viu, assim, adiada a confirmação na permanência no escalão principal.

O único golo surgiu já reta final da partida, com Ricardo Horta a dar a melhor sequência a um bom cruzamento de Falé da direita (87 minutos).

O jogador, de 27 anos, igualou Mário Laranjo (que alinhou nos ‘arsenalistas’ nas décadas de 40 e 50 do século passado) como máximo goleador do SC Braga, ambos com 92 golos.

Apesar da exibição ‘cinzenta’, os minhotos ultrapassaram ainda a pontuação total da época passada (65/64), um dos principais objetivos traçados por Carlos Carvalhal até ao final da temporada.

O Arouca beneficiou das derrotas de Moreirense e Tondela e mantém-se à tona da ‘linha de água’ e tem uma ‘final’ na última jornada com o Belenenses SAD para carimbar a permanência.

Num jogo com uma toada de fim de época, foram raros os lances dignos de registo, mas foi até o Arouca a estar mais perto de marcar na primeira parte.

Matheus foi fundamental no nulo ao intervalo, tendo começado por mostrar atenção em dois lances, após um cruzamento ‘venenoso’ da esquerda (14) e um ‘tiro’ de David Simão de fora da área (26).

O SC Braga jogava de forma muito lenta e previsível, não encontrando, por isso, espaços para entrar na muito povoada defesa do Arouca, e não criou uma única ocasião real para marcar.

A melhor ocasião neste período foi mesmo do Arouca: Arsénio rematou na ‘cabeça’ da área, a bola foi desviada num defesa bracarense quase traindo Matheus, que, com uma grande defesa, evitou o golo dos visitantes (40).

Carlos Carvalhal mexeu logo após o reatamento do jogo, lançando Fabiano e Falé (saíram Paulo Oliveira e Vítor Oliveira).

O primeiro remate com algum perigo do SC Braga surgiu apenas aos 54 minutos, por Ricardo Horta, mas a ‘turma’ minhota continuava sem ideias.

Castro e Moura entraram nos ‘arsenalistas’ (65) e Tiago Araújo e Antony no Arouca (70), mas as alterações pouco mudaram nas equipa.

Moura, de cabeça, ‘assustou’ o guarda-redes arouquense (71), mas Matheus foi mesmo posto novamente à prova num remate de Leandro Silva (74).

Até que, aos 87 minutos, Abel Ruiz descobriu Falé na direita, o jovem tirou um cruzamento com ‘peso, conta e medida’ para, ao segundo poste, Ricardo Horta, de primeira e de pé esquerdo, fazer o golo dos minhotos.

Na resposta, Tiago Araújo esteve perto do empate (89), mas o resultado manteve-se. O Arouca depende apenas de si e precisa apenas de um empate, em casa, diante do Belenenses SAD, para ficar na I Liga.

Ficha de jogo

Estádio Municipal de Braga.

SCBraga – Arouca, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Ricardo Horta, 87 minutos.

Equipas:

– SC Braga: Matheus, Paulo Oliveira (Fabiano, 46), David Carmo, Tormena, Yan Couto (Bruno Rodrigues, 90), André Horta (Castro, 65), Al Musrati, Rodrigo Gomes (Moura, 65), Abel Ruiz, Ricardo Horta e Vítor Oliveira (Falé, 46).

(Suplentes: Tiago Sá, Fabiano, Bruno Rodrigues, Lucas Mineiro, Castro, Gorby, Moura, Roger e Falé).

Treinador: Carlos Carvalhal.

– Arouca: Victor Braga, Thales Oleques, Abdoulaye, Basso, Quaresma (Tiago Araújo, 70), Leandro, David Simão, Alan Ruiz (Pité, 80), Arsénio (Bruno Marques, 84), Bukia (Antony, 70) e André Silva (Oday Dabbagh, 80).

(Suplentes: Zubas, Norbert Haymamba, Brunão, Pité, Oday Dabbagh, Antony, Marco Soares, Tiago Araújo e Bruno Marques).

Treinador: Armando Evangelista.

Árbitro: Tiago Martins (AF Lisboa).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Arsénio (84).

Assistência: 16.237 espetadores.

Populares