Seguir o O MINHO

Futebol

SC Braga furioso com Costa por só ouvir os ‘três grandes’. De Guimarães também chovem críticas

Condições para o regresso do futebol

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

“Seguimos em terceiro da Liga, fizemos uma época europeia fantástica e, mesmo assim, voltámos a ser esquecidos pelo poder central”. É desta forma que uma fonte do SC Braga retrata a ausência de convite para a reunião marcada para esta terça-feira, em São Bento, entre o primeiro-ministro, a Federação Portuguesa de Futebol e os ditos ‘três grandes’, Benfica, FC Porto e Sporting.


A fonte disse a O MINHO que António Costa deveria ter mostrado “mais consideração pelo campeão de inverno em Portugal”, recordando a vitória na Taça da Liga de 2019/2020, conquistada a 25 de janeiro, depois de eliminar, precisamente, FC Porto e Sporting.

“Isto para não falar do excelente percurso interno que temos feito no campeonato, com vitórias frente aos ditos três grandes, inclusive no seu próprio território”, disse ainda, numa posição que, ainda assim, não foi tomada como oficial pelo clube.

Miguel Pinto Lisboa “indignado”

Contactado por O MINHO, o presidente do Vitória SC considera que “nenhum clube pode ficar satisfeito quando o sr. primeiro-ministro quer conduzir uma reunião com vista ao retomar das competições, uma questão transversal a todos os clubes, e para essa reunião convida apenas o presidente da Federação e os presidente de três clubes, quando clubes profissionais na Liga são 36. Qualquer presidente tem que ficar indignado com isso. Seria suposto que, desde o primeiro momento, fosse convidado o presidente da Liga de Portugal, que é a entidade organizadora e representante de todos os clubes em Portugal”.

Miguel Pinto Lisboa nota que, “entretanto, os termos foi alterados, estará na reunião também o sr. Pedro Proença, que é presidente da Liga de Portugal, e espero que esteja presente como representante de todos os clubes. Estamos num momento em que qualquer ruído que possa existir é prejudicial, porque o objetivo é para todos os clubes o retomar das competições. Tudo temos que fazer para que isso seja uma realidade em Portugal proximamente e, para isso, é preciso que situações como esta não ocorram, porque não vem beneficiar a unidade que é necessária para que se consigam atingir os objetivos”.

Deputado de Guimarães questiona critério de Costa

A reunião com os três “grandes” também não caiu bem na cidade-berço. André Coelho Lima, deputado na Assembleia da República, natural de Guimarães e confesso adepto do Vitória SC, questiona o critério utilizado por António Costa para convocar Porto, Benfica e Sporting, quando “não são sequer os três primeiros classificados?”.

Na sua página de Facebook, o social-democrata, eleito vice-presidente do PSD no congresso de Viana do Castelo, pergunta, também, “como tem o Primeiro-Ministro uma reunião sobre o campeonato de futebol e não convoca a Liga de Clubes, que a todos representa? Quem representam 3 dos 18 clubes da Primeira Liga de futebol? Achará o Primeiro-Ministro que representam todos os demais?”.

Recorde-se que o primeiro-ministro recebe a FPF e os três clubes citados para debater “sobre as condições para o regresso do futebol em ambiente de covid-19”.

Segundo fonte do executivo, esta reunião, que juntará na mesma sala Pinto da Costa, Luís Filipe Vieira e Frederico Varandas, além de Fernando Gomes, está prevista para as 18:00.

“O tema central da reunião é analisar em que termos pode ser efetuada a retoma dos campeonatos profissionais e o levantamento de restrições na área do desporto”, referiu a mesma fonte à agência Lusa.

Uma hora antes, pelas 17:00, o primeiro-ministro terá reuniões de trabalho com instituições olímpicas, estando presentes o presidente do Comité Olímpico de Portugal, José Manuel Constantino, assim como os presidentes do Comité Paralímpico de Portugal, José Manuel Lourenço, e da Confederação do Desporto de Portugal, Carlos Cardoso.

“Em análise, estará o modo de preparação, em segurança, da fase de regresso gradual à atividade desportiva, a avaliação sobre o reinício dos treinos, das provas e das competições, as respostas às exigências de proteção dos atletas e demais trabalhadores, e, naturalmente, a segurança para o público e adeptos, em contexto covid-19”, referiu à agência Lusa fonte do Governo.

A Associação de Futebol de Braga, a par da do Porto, é a que tem mais clubes na I Liga (cinco cada).

Os dois distritos fazem parte da região Norte, onde, segundo o relatório diário da DGS, se registam o maior número de casos de infeção pela covid-19.

Notícia atualizada às 17:20 com declarações de Miguel Pinto Lisboa.

Anúncio

Futebol

Gaitán chega hoje a Braga e deverá ser oficializado como reforço segunda-feira

Futebol

em

Foto: DR

O internacional argentino Nicolás Gaitán chega hoje a Braga e realiza testes médicos na segunda-feira, para assinar um contrato com o SC Braga, revelou hoje fonte do clube da I Liga portuguesa de futebol.

Se tudo correr conforme o planeado, o jogador, que viaja de Madrid para Braga de carro, por questões logísticas, será oficializado como reforço dos ‘arsenalistas’ depois dos exames médicos.

Gaitán, de 32 anos, deverá assinar um contrato de uma época, com mais uma de opção.

Formado no Boca Juniores, o esquerdino, que jogou durante seis temporadas no Benfica, alinhou, na última época, a partir de janeiro, no Lille.

Gaitán jogou apenas 50 minutos em quatro jogos, uma vez que a liga francesa foi cancelada, devido à pandemia de covid-19, em março.

Antes, alinhou nos norte-americanos do Chicago Fire e nos chineses do Dalian Pro, depois de uma época e meia no Atlético de Madrid, para onde se transferiu em 2016/17 dos ‘encarnados’.

Continuar a ler

Futebol

Jorge Jesus quer Cavani no Benfica e Cebolinha “ainda não está completamente certo”

Futebol

em

Foto: DR

O treinador Jorge Jesus assumiu hoje a forte vontade em poder contar com o futebolista uruguaio Edinson Cavani no Benfica e admitiu que a contratação do brasileiro Everton Cebolinha “ainda não está completamente certa”.

“Todos sabemos que financeiramente não é fácil. Tem de haver uma engenharia financeira, na qual o presidente é muito forte. O Cavani já estava a ser falado e conversado antes de eu chegar ao Benfica. O presidente está a fazer tudo para que isso aconteça”, garantiu Jorge Jesus, em entrevista ao canal televisivo do clube.

O internacional uruguaio, de 32 anos, que joga no Paris Saint-Germain desde 2013, seria um efetivo reforço para o ataque dos ‘encarnados’, que contam com Vinicius, Seferovic e Dyego Souza como as principais referências no eixo ofensivo.

“Quando chegámos, não o pedi. Se me perguntarem se quero? Quem não quer? Não só para o Benfica, como para o futebol português. Nós, em Portugal, temos dificuldade em competir com outras equipas de outros países. Se pudéssemos competir com os outros, já tínhamos vencido uma ‘Champions’”, observou.

Quanto ao internacional brasileiro, Jesus confia que Cebolinha “vai ser valorizado”: “Vai valorizar-se mais no campeonato português, porque está no centro da Europa, onde todos estão a observar. Vai valorizar-se muito”, reforçou.

Jorge Jesus assumiu que pretende cerca de uma dezena de reforços, neste caso a contar já com os oficializados, o extremo Pedrinho, o guarda-redes Helton Leite e o lateral direito Gilberto.

“Não contando com o Helton e o Pedrinho, que estavam contratados. Só contratámos dois. A nossa ideia é podermos contratar mais um jogador por posição. Se formos cobrar um por posição são 11, mas não é nada disso. Serão seis, sete, no máximo, contando com os que foram contratados”, esclareceu.

Sobre Gilberto, o primeiro reforço confirmado daqueles que pediu, diz que “é um jogador tecnicamente evoluído, mas não é um que possa, à primeira ideia, ser um futebolista com uma qualidade técnica muito superior”.

“Mas é muito competitivo, joga 90 minutos sempre muito forte. O melhor dele é ofensivamente, faz golos. Tem alguns defeitos, mas por isso é que aqui estou. Ele e o André Almeida vão disputar a titularidade, mas há espaço para todos e todos vão ser titulares”, acrescentou.

O treinador entende que o Benfica “precisa de ter jogadores com algum peso e poder, não só desportivo, mas também poder técnico para poder também ajudar os mais jovens, como o Tavares, Rúben, Ferro”.

Jorge Jesus diz que se valorizou “muito” como treinador, entende que “não vale tudo para ganhar” e garante que no Flamengo se tornou “não só mais compreensivo, como melhor treinador”.

A luta pelo título será a habitual, com o campeão FC Porto e o Sporting, pois entende que o Sporting de Braga, apesar de estar “cada vez mais a dar passos para estar perto dos três grandes”, não considera que esteja “já igual aos três grandes”.

“Não tem a matéria humana que tem o Benfica, o FC Porto e o Sporting e isso faz a diferença. Agora, em termos de estrutura e de ter um patamar de jogadores cada vez com mais valor, está a acontecer. O Braga vai tentar juntar-se mais aos três grandes”, vaticinou.

Aos 66 anos e com contrato por duas épocas com o Benfica, Jesus assume que “dificilmente” vai terminar a carreira nos lisboetas.

“Não sei o dia de amanhã. Posso acabar a carreira no Benfica, mas não sei. O presidente ofereceu-me quatro anos e foram dois. Eu só queria um. Desejava voltar ao Benfica, queria voltar a Portugal”, admitiu.

Continuar a ler

Futebol

Famalicão contrata Diego Batista ao Benfica

I Liga

em

Foto: FC Famalicão

O Famalicão, da I Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje a contratação de Diego Batista, ex-jogador do Benfica, com um contrato valido por três épocas.

O médio, de 20 anos, foi formado no Benfica, clube que representou durante oito épocas e pelo qual conquistou vários títulos nacionais nos escalões de formação.

Além do emblema ‘encarnado’, passou pelo Esposende, Sporting, Atlético Clube Alfenense e Estoril Praia. Representou ainda a seleção nacional de sub-15.

“Foi com muito agrado que recebi o convite do Famalicão. É um clube que tem o objetivo de apresentar um futebol positivo, através do qual consegue potenciar o valor dos jovens jogadores”, disse o reforço, em declarações ao sítio oficial do clube.

Continuar a ler

Populares