Seguir o O MINHO

Futebol

SC Braga empata a zero com o Santa Clara

I Liga

em

O SC Braga falhou hoje a terceira vitória seguida na I Liga portuguesa de futebol, ao ceder um empate 0-0 na receção ao Santa Clara, no jogo que encerrou a 24.ª jornada da prova.

Os minhotos mantêm-se no quarto lugar do campeonato, com 45 pontos, mas estão agora a nove do Benfica, terceiro classificado, e ainda perderam a possibilidade de se afastarem do Gil Vicente, que no domingo empatou 1-1 com o líder FC Porto e é quinto, com menos quatro do que os ‘arsenalistas’.

Já o Santa Clara, que terminou com nove elementos, por expulsões de Mansur, aos 78 minutos, e Morita, aos 89, averbou o quarto encontro seguido sem vencer na I Liga e ocupa o 12.º posto, com 26 pontos.

Depois do apuramento para os ‘oitavos’ da Liga Europa, o SC Braga deixou uma imagem muito ‘pálida’, não conseguindo dar continuidade, como tinha pedido o seu presidente, António Salvador, em pleno balneário, na quinta-feira, no fim do jogo com o Sheriff.

Numa primeira parte sonolenta, mas com sinal mais do Santa Clara, mais pressionante sobre a bola, pertenceu, ainda assim, à equipa da casa a primeira – e melhor – ocasião para marcar nesta fase, mas Ricardo Horta, após grande arrancada de Fabiano, atirou ao lado (13).

Um ‘tiro’ de Lincoln, de fora da área, para boa defesa de Matheus para canto foi a resposta do Santa Clara (25), que voltou a criar perigo por Ricardinho, mas Matheus foi mais rápido (43).

Sem ideias e sem soluções nos primeiros 45 minutos, Carlos Carvalhal fez quatro substituições até aos 54 minutos, três delas logo após o intervalo e após uma paragem de mais cinco minutos por problemas no sistema de comunicação de um dos árbitros auxiliares, o SC Braga foi ficando por cima no jogo.

Moura em boa posição, e após assistência de calcanhar de Ricardo Horta, atirou muito por cima (69) e, no minuto seguinte, surgiu um lance incrível para os bracarenses: Vítor Oliveira atirou ao poste, a bola sobrou para Yan Couto que, de cabeça, obrigou Marco a defesa de recurso e, na recarga, atirou novamente ao ferro.

Mário Silva fez também uma tripla substituição e por pouco elas não surtiram efeito pouco depois: Alano cruzou da esquerda e Rui Costa, com a baliza à mercê, atirou muito por cima (74).

Mansur e Morita foram expulsos (78 e 89 minutos, segundos cartões amarelos) e o Santa Clara acabou de forma estoica com nove jogadores (o árbitro deu 10 minutos de compensação).

Moura (90+1) e Iuri Medeiros (90+6) estiveram perto do golo, mas o resultado não se alterou.

Ficha de jogo

Estádio Municipal de Braga.

SC Braga – Santa Clara, 0-0.

Equipas:

– SC Braga: Matheus, Fabiano (Tormena, 46), David Carmo, Diogo Leite (Buta, 46), Yan Couto, Castro (Falé, 84), Al Musrati, Rodrigo Gomes (Moura, 54), Iuri Medeiros, Ricardo Horta e Abel Ruiz (Vítor Oliveira, 46).

(Suplentes: Tiago Sá, Bruno Rodrigues, Tormena, Eduardo Soares, Buta, David Veiga, Moura, Falé e Vítor Oliveira).

Treinador: Carlos Carvalhal.

– Santa Clara: Marco, Boateng, Cristian Tassano, Mansur, Rafael Ramos, Anderson Carvalho (Nené, 72), Morita, Lincoln (João Afonso, 90+2), Cryzan (Alano, 72), Ricardinho (Paulo Henrique, 82) e Mohebi (Rui Costa, 72).

(Suplentes: Ricardo Fernandes, João Afonso, Alano, Paulo Henrique, Óscar Barreto, Júlio Romão, Nené, Tagawa e Rui Costa).

Treinador: Mário Silva.

Árbitro: Vítor Ferreira (Braga).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Castro (29), Morita (34 e 89), Fabiano (37), Mansur (41 e 78), Anderson Carvalho (53), Tormena (75). Cartão vermelho por acumulação de cartões amarelos para Mansur (78) e Morita (89).

Assistência: 7.695 espetadores.

(em desenvolvimento)

Populares