Seguir o O MINHO

Desporto

SC Braga e Sporting defrontam-se nos oitavos de final da Taça feminina

Jogo a 16 de Fevereiro na Pedreira

em

Foto: DR

Sporting de Braga e Sporting defrontam-se em Braga nos oitavos de final da Taça de Portugal de futebol feminino, ditou hoje o sorteio realizado na sede da Federação Portuguesa de Futebol, em Oeiras.

Os ‘oitavos’ opõe as duas equipas atualmente mais fortes no futebol feminino nacional, com o Sporting de Braga a ser esta época o vencedor da Supertaça, e o Sporting a contar no palmarés com dois campeonatos, duas taças de Portugal e uma supertaça.

Desde que as duas equipas entraram há duas épocas no futebol feminino o domínio tem sido de ambas, em especial da equipa leonina, mas esta temporada mais contrariada pelo Sporting de Braga, que lidera o campeonato.

Nas duas épocas anteriores, Sporting e Sporting de Braga apenas se encontraram na final da Taça, em ambas com triunfo das ‘leoas’ após prolongamento.

O sorteio de hoje ditou ainda outro duelo entre equipas da I Liga, com o Valadares Gaia (5.º no campeonato) a receber a equipa do A-dos-Francos (9.º), enquanto o Futebol Benfica (3.º) recebe o Quintajense, da II divisão.

O Benfica, que ‘entrou’ esta época no futebol feminino de 11 e compete no segundo escalão, ainda defronta fora o Marítimo em 30 de janeiro, em jogo dos 16 avos de final, com o vencedor a receber nos ‘oitavos’ o Ribeirão 1968.

– Programa dos oitavos de final (16 de fevereiro):

Freamunde (II) – Estoril Praia (I)

Condeixa (II) – Ouriense (I)

Marítimo (I) ou Benfica (II) – Ribeirão 1968 (II)

Valadares Gaia (I) – A-dos-Francos (I)

Futebol Benfica (I) – Quintajense (II)

Sporting de Braga (I) – Sporting (I)

Cadima (II) – Sintrense (II)

Albergaria (I) – Seia (II)

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Canoagem

Sérgio Maciel campeão nacional de maratonas

Canoísta de Viana venceu em C1

em

Foto: Facebook de Sérgio Maciel

O canoísta vianense Sérgio Maciel sagrou-se, este sábado, campeão nacional de maratonas, em C1, em prova no rio Douro, em Crestuma, Vila Nova de Gaia.

O atleta do Viana Garças Clube não teve rival em C1, concluindo a prova em 2:09.36,25.

No setor feminino, Rita Fernandes cumpriu os 26,2 quilómetros em 2:11:05.08, bem à frente de Marta Noval, que concluiu a 1.40,75 minutos, e Joana Marinho de Sousa, namorada de Fernando Pimenta, que veste a camisola do Clube Náutico de Ponte de Lima, a 3.34,51.

O canoísta José Ramalho sagrou-se campeão nacional de maratonas, em K1.

Seis vezes campeão da Europa, prova na qual foi duas vezes ‘vice’, uma vez vice-campeão do mundo e três vezes bronze, José Ramalho voltou a impor-se em Portugal, desta vez cumprindo os 29,8 quilómetros em 2:11.19,33 horas.

Alfredo Faria foi o único canoísta a dar-lhe luta, terminando a 3,72 segundos, enquanto Adriano Conceição completou o pódio já a 1.03,88 minutos.

Este domingo, disputam-se as provas de equipas.

Continuar a ler

Desporto

Portugal ambiciona “ficar nos 12 melhores” do Europeu2020

Guarda-redes do ABC esteve na equipa de Portugal do último Europeu, há 14 anos

em

O selecionador português de andebol disse, no sábado, que o primeiro objetivo de Portugal no Campeonato da Europa de 2020 será “ficar nos 12 melhores, o que significa passar à fase seguinte” da prova.

Paulo Pereira orientou durante a tarde de ontem um treino no Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos, onde no hoje, pelas 17:00, a seleção portuguesa defrontará a Lituânia para a sexta e última ronda da grupo 6 de qualificação para o Europeu.

“O jogo envolve algum risco, porque tivemos uma viagem atribulada, tendo em conta que perdemos o voo de regresso em Frankfurt [Alemanha] e isso obrigou-nos a estar muitas horas sem comer. Não é uma desculpa, é uma realidade. Estamos um pouco fatigados”, argumentou Paulo Pereira.

França e Portugal lideram o grupo C com oito pontos e já estão apurados para a fase final, ao passo que a Lituânia divide o último posto com a Roménia, ambos com dois pontos, e pode ainda apurar-se como um dos terceiros melhores classificados.

“O que nos vai mover é presentar o público mantendo o nível exibicional que tivemos durante a qualificação”, disse Paulo Pereira, observando que a Lituânia ainda luta pelo apuramento para a fase final do Europeu do próximo ano, o que passa por vencer Portugal.

O selecionador nacional crê, mesmo tendo em conta que a equipa só hoje chegou a Portugal, que “pode vencer” o conjunto lituano e dar assim uma alegria aos mais de 3.100 espectadores que deverão lotar o recinto, segundo informou a Federação de Andebol de Portugal.

“O nosso objetivo no Europeu é ficar nos 12 melhores. Serão 24 equipas divididas em seis grupos de quatro e apuram-se os dois primeiros classificados de cada um”, indicou.

Portugal tem de passar à fase seguinte para alcançar esse objetivo e nesse caso, afirmou Paulo Pereira, a meta seguinte será “melhorar o sétimo lugar conseguido em 2000, na Croácia, o que significa ficar entre os seis primeiros classificados”.

“Estamos a ser ambiciosos, mas se calhar foi por isso que conseguimos este apuramento”, que noutros anos, em sua opinião, escapou por um fio e desta vez foi possível porque os jogadores “acreditam mais” no que está ser feito.

Pela segunda vez na sua carreira e depois de “um longo jejum”, o guarda-redes Humberto Gomes, do ABC, qualificou-se para um Europeu e isso, na sua ótica, deve-se a Portugal ter “grandes jogadores e isso vê-se no número dos que jogam lá fora.

Humberto Gomes, de 41 anos, esteve no Europeu de 2006, “tinha menos 14 anos”, afirmou sentir-se agora “mais experiente e recordou que “o andebol português teve uma grande época”, tendo citado o FC Porto e o Sporting pelos seus desempenhos em provas europeias.

Instado a pronunciar-se sobre o que Portugal pode fazer no Europeu, o guarda-redes respondeu que, “primeiro”, a seleção nacional pretende “desfrutar” diante da Lituânia, par fechar a qualificação com “chave de ouro”, e depois ver o que ditará o sorteio para a fase final.

O Campeonato Europeu Masculino de Andebol da EHF 2020 será a 14ª edição do torneio e co-sedeada pela primeira vez em três países, Áustria, Noruega e Suécia, de 10 a 26 de janeiro de 2020, e a primeira que contará com 24 equipas.

Continuar a ler

Vitória SC

Vitória campeão nacional de pólo aquático

Vitória na negra

em

Foto: Facebook de Vitória SC

O Vitória SC sagrou-se hoje campeão nacional de pólo aquático, depois de ter ganho o terceiro jogo da final, em Guimarães, contra o CN Povoense, por 10-6.

Com as bancadas cheias, os vimaranenses alcançaram o primeiro título nacional da sua história.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares