Redes Sociais

SC Braga

SC Braga-Benfica. Abel quer equipa corajosa, Rui Vitória elogia ‘arsenalistas’

a

Foto: DR/Arquivo

O treinador Abel Ferreira disse hoje querer um SC Braga corajoso e audaz para ganhar na receção ao Benfica, no sábado, em jogo da 18ª jornada da I Liga de futebol.

Abel Ferreira quer a equipa na “máxima força” para disputar “até ao último segundo” um jogo que espera “repartido”, tendo considerado que “nestes jogos, muitas vezes o maior adversário está dentro” dos próprios jogadores.

“Só lhes peço para terem a coragem, disponibilidade e audácia para fazer o que temos vindo a fazer no campeonato”, disse.

O SC Braga está a três pontos dos ‘encarnados’, pelo que uma vitória deixa os minhotos colados à equipa da Luz no terceiro lugar na I Liga.

“É um desafio, uma oportunidade para continuarmos na luta pelos nossos objetivos. Sabemos da mais valia do nosso adversário, é o campeão em título, uma equipa recheada de grandes jogadores, tem um treinador que é um exemplo de alguém que não dá desculpas, olha para dentro e valoriza os jogadores que tem, que potenciou e valorizou jogadores como Lindelof, Ederson ou Nélson Semedo, merece todo o respeito”, disse na antevisão da partida.

Abel Ferreira lembrou o recente dérbi com o Sporting (1-1), jogo “onde, por ventura, toda a gente esperaria o contrário do que se viu”, para elogiar o Benfica, equipa “que tem um jogador que foi um dos melhores da história do Braga [Rafa] que tem dificuldades em jogar, o que demonstra bem a sua grandeza”.

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, incluiu o SC Braga na luta pelo título e Abel Ferreira agradeceu o elogio, mas notou que os objetivos “são claros desde o início: ficar nos quatro primeiros lugares”.

Contudo, frisou que se os três ‘grandes’ perderem pontos, o SC Braga tem que estar preparado para aproveitar tendo em vista essa eventual luta pelo título, ambição máxima do presidente, António Salvador.

“Os jogadores revêm-se nessa ambição, mas também já lhe disse que ele não quer ganhar mais do que eu. O Braga já foi terceiro e quarto, mas nesses anos essas equipas acima estavam ‘constipadas’, agora temos que estar cheios de saúde e esperar que possam ter uma ‘gripezita’ e se deixem dormir, aí seria mais fácil fazer o que ainda não foi feito, temos que estar preparados, não é impossível, mas é um desafio grande e muito ambicioso”, disse.

O técnico frisou a regularidade da sua equipa no campeonato e defendeu a importância da pressão de jogar sempre para ganhar.

“É algo que temos que encarnar e ser normal para nós, o difícil não é ganhar, mas ganhar constantemente. Queremos criar esta mentalidade de jogar para ganhar e voltar a ganhar, só assim se chega a outro tipo de patamares”, disse.

Treinador do Benfica elogia ‘arsenalistas’ e espera “problemas” em Braga

Rui Vitória elogiou hoje o SC de Braga, acreditando que os bracarenses vão dificultar ao máximo o trabalho do Benfica, e afastou eventuais contratações no mercado de inverno.

“Escusado será dizer que é um jogo difícil, não é dizer nada de novo. Repetir aquilo que tradicionalmente acontece todos os anos, ou seja, ir a Braga não é fácil. É uma equipa de qualidade e com jogadores de qualidade, eficaz e sabe o que faz em campo. Vai causar-nos problemas”, disse o treinador do Benfica, em conferência de imprensa.

Na antevisão à partida de sábado, Rui Vitória prometeu que irá ao Municipal de Braga com “enorme capacidade e ambição para ganhar”, perspetivando um encontro “muito disputado”.

Ainda assim, o treinador bicampeão pelos ‘encarnados’ enalteceu o bom papel desempenhado pelo colega de profissão, Abel Ferreira, no comando dos arsenalistas.

“É um treinador de qualidade e ambicioso, com qualidade naquilo que faz e nas equipas que trabalha. Espero do Braga uma resposta muito boa, [de uma equipa] que se quer aproximar a olhos vistos dos três grandes. A sua forma de jogar muito peculiar e tem particularidades a que estamos atentos. Vai dificultar-nos a vida”, argumentou.

Com o período de transferências aberto até final do mês de janeiro, o técnico das ‘águias’ prefere não alimentar rumores no que às saídas e entradas diz respeito.

“Se vier alguém que tenha que ser alguém que acrescente qualidade. Vir por vir não interessa vir. Sobre essas questões de mercado não vamos falar de suposições quando temos este jogo importante. Quem sair, sai, quem entrar fará parte dos meus. Não gosto de falar nesta altura sobre isso”, terminou.

Raúl Silva e Esgaio regressam no SC Braga para embate com Benfica

O treinador do SC de Braga, Abel Ferreira, convocou hoje Raúl Silva e Esgaio para a receção ao Benfica, no sábado, da 18ª jornada da I Liga de futebol.

Raúl Silva e Esgaio falharam o jogo da última jornada (vitória sobre o Rio Ave, 2-1) por estarem castigados, mas estão agora de volta às opções do técnico bracarense.

André Horta, por estar emprestado pelo Benfica, fica de fora do jogo, tal como Ricardo Ferreira e Fransérgio, com lesões de longa recuperação.

lista dos 20 convocados:

Guarda-redes: Tiago Sá e Matheus.

Defesas: Marcelo Goiano, Bruno Viana, Rosic, Jefferson, Sequeira e Raúl Silva.

Médios: Danilo, Xadas, Fábio Martins, Vukcevic, João Carlos Teixeira, Assis e Esgaio.

Avançados: Wilson Eduardo, Paulinho, Hassan, Ricardo Horta e Dyego Sousa.

Eliseu e Fejsa regressam para Braga, Luisão continuam ausente por lesão

O defesa português Eliseu e médio sérvio Fejsa regressaram hoje aos convocados do Benfica para o desafio diante do SC Braga, enquanto o defesa Luisão continua de fora por lesão.

Ausentes das escolhas do técnico ‘encarnado’ estão Lisandro Lopez e Keaton Parks, que até foi lançado para o lugar de Samaris na segunda parte do triunfo (2-0), em Moreira de Cónegos, frente ao Moreirense.

Fora das convocatórias continuam Douglas, Filipe Augusto e Diogo Gonçalves.

No lote de lesionados, Rui Vitória continua privado apenas de Luisão, a recuperar de uma lesão muscular na coxa direita.

O Benfica, terceiro classificado, visita no sábado, às 20:30, o Sporting de Braga, quarto, a apenas três pontos dos ‘encarnados’.

Lista de 19 convocados:

– Guarda-redes: Svilar e Bruno Varela.

– Defesas: Grimaldo, Eliseu, Jardel, André Almeida e Rúben Dias.

– Médios: Fejsa, Samaris, Zivkovic, Salvio, Krovinovic, Pizzi, Cervi e João Carvalho.

– Avançados: Rafa, Raúl, Jonas e Seferovic.

SC Braga, quarto classificado, com 37 pontos, e Benfica, terceiro, com 40, defrontam-se às 20:30 de sábado, no estádio municipal de Braga.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

SC Braga

Pavilhão multiusos e mini-estádio do SC Braga prontos em 2020

Confirmou o clube.

Publicado

a

O SC Braga confirmou hoje o acordo com a Câmara Municipal de Braga para o início da segunda fase da sua cidade desportiva, garantindo a sua conclusão, em todas as suas valências, em 2020.

Foto: Divulgação / SC Braga

A autarquia bracarense vai ceder, por 75 anos, uma parcela de terreno da Avenida do Estádio ao Sporting de Braga, recebendo 400 mil euros e, entre outras contrapartidas, o acesso público a um circuito de manutenção.

Os termos da cedência daquela parcela, contígua ao Estádio Municipal de Braga, a que a Lusa teve hoje acesso e que vão ser discutidos na reunião do executivo de maioria PSD/CDS-PP/PPM de quarta-feira, prevê que o clube construa um circuito de manutenção de “acesso público e livre” e que permita ao município “utilizar gratuitamente o pavilhão multiúsos que o Sporting de Braga edificará no terreno duas vezes por ano”.

Câmara cede terreno a SC Braga por 75 anos e recebe 400 mil euros

O acordo agora oficializado permite ultrapassar o diferendo entre as partes que, “causou, obviamente, um atraso significativo no projeto”, lembra, em comunicado, o clube liderado por António Salvador.

“É compromisso desta direção que o mesmo se encontre concluído durante o ano de 2020, contemplando todas as suas valências: pavilhão multiúsos, mini-estádio, área residencial, zona administrativa, loja, atendimento ao associado, museu e demais espaços de lazer”, lê-se.

O mini-estádio terá uma bancada coberta com 2.800 lugares e é nele que vão realizar-se os jogos oficiais das equipas B e feminina do SC Braga, sendo que o pavilhão multiúsos terá uma capacidade para 1.250 lugares e a sua “gestão deve pertencer em exclusivo” ao clube.

O Sporting Clube de Braga diz esperar que o acordo sobre a segunda fase de um projeto de interesse nacional (PIN), “o único projeto desportivo nacional com tal classificação”, seja agora ratificado em sede de Assembleia Municipal para posterior celebração de escritura.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

SC Braga

Luís Saraiva, do SC Braga, foi o melhor português na sua estreia na meia maratona do Porto

Publicado

a

Luís Saraiva, do SC Braga, correu hoje pela primeira vez a meia maratona do Porto, acabando por ser o melhor português, no 13.º lugar, com a marca de 1:07.23 horas.

“Para esta altura da época penso que fiz uma boa marca”, disse à agência Lusa o primeiro atleta não africano a cortar a meta na prova organizada no Porto.

Confessando “não ter noção da marca que podia fazer”, pois foi a “primeira vez” que cumpriu o percurso junto ao rio Douro e “não sabia com o que podia contar”, o atleta do Sporting de Braga contava fazer um tempo próximo do recorde pessoal (1.07:26 horas).

“O percurso não é totalmente plano, tem zonas de empedrado que desgasta um pouco mais a nível físico e uma ou outra rampa que apesar de não ser muito acentuada também contribui para isso”, descreveu o atleta português após cortar a meta.

Entre as mulheres, Susana Godinho, do Sporting, foi a primeira portuguesa a cortar a meta, no sétimo lugar, com o tempo de 1.18:47 horas, resultado que a deixou contente.

“A prova decorreu melhor do que esperava. Vim com o objetivo de fazer um treino rápido e consegui andar mais rápido do que queria e até bati o meu recorde pessoal, que já tinha quatro anos”, referiu.

Salientando correr com “mais frequência provas de 10 quilómetros”, a atleta ‘leonina’, afirmou que a prova, por isso, “correu bem”.

“O meu objetivo hoje era fazer 01:19 ou 1:20 horas, pelo que tendo conseguido fazer 01:18 estou contente”, justificou Susana Godinho, depois de uma prova que disse ser “bastante rápida” e num dia em que “o tempo também ajudou”.

Mike Kiptum Boit, com 1:00:53 horas, e Susan Kipsang Jeptoo, com 1:11.06, ambos do Quénia, venceram as provas masculina e feminina.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

SC Braga

Herói Marafona regressou à baliza do SC Braga após calvário de mais de um ano

Guarda-redes de 31 anos não jogava desde maio de 2017.

Publicado

a

Foto: DR/Arquivo

Carlos Marafona regressou este sábado à baliza do SC Braga, em jogo contra o Tondela, relativo à primeira jornada da fase de grupos da Taça da Liga, que os ‘arsenalistas’ venceram, por 2-1.

O herói da conquista da Taça de Portugal, em 2016, passou por uma longa paragem, após uma grave lesão, sofrida em maio de 2017, na 34.ª jornada da I Liga, em jogo contra o… Tondela.

No final do encontro de ontem, o treinador Abel Ferreira comentou o regresso do guarda-redes de 31 anos.

“Não gosto de individualizar, mas o Marafona teve que trabalhar muito para recuperar do infortúnio que teve, sabe da concorrência que tem, mas estamos muito contentes porque quanto mais competição interna tivermos, mais preparados estamos”, disse.

O keeper natural de Vila do Conde volta a estar à disposição da equipa numa altura em que Matheus, titular da baliza do SC Braga, sofreu uma lesão que o deverá deixar afastado dos relvados durante seis meses.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

Populares