SC Braga avança com queixas-crime contra diretor de comunicação do Sporting

O SC Braga anunciou esta terça-feira a apresentação de queixas-crime contra o diretor de comunicação do Sporting, Nuno Saraiva, assim como participações disciplinares a este e à SAD ‘leonina’ ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol.

As queixas-crime em relação a Nuno Saraiva, em nome da SAD bracarense e do seu presidente, António Salvador, surgem na sequência das declarações do diretor de comunicação do Sporting após o jogo entre as duas equipas, no domingo, da 11ª jornada da I Liga de futebol (2-2).

Depois de alguns considerandos sobre a partida e os lances mais polémicos, Nuno Saraiva focou-se na “excelente forma física do presidente António Salvador“, assim como na que “os jogadores do Braga apresentam sempre que jogam” com o Sporting.

“São ambos, na minha opinião, um ‘case study’. Um porque está em tão boa forma que chega sempre em tempo recorde à sala de imprensa de Alvalade, falando a uma velocidade estonteante, facto que aliás não acontece quando joga com Benfica ou FC Porto. Os seus jogadores que, contra o Sporting, acabam os 90 minutos como se estivessem a começar o jogo. Fantástico! Parabéns aos preparadores físicos do Braga pois conseguem ter um presidente com esta forma em linha absoluta com os seus atletas”, escreveu no seu Facebook.

No comunicado desta terça-feira, a SAD ‘arsenalista’ nota que “nenhuma das acusações formuladas por esta sociedade sobre factos ocorridos durante o jogo Sporting-SC Braga visou ou beliscou a instituição Sporting”.

“Em conformidade com esta linha de pensamento e de conduta, são para esta sociedade absolutamente insuportáveis as insinuações contidas nas afirmações supra mencionadas e que, ainda que tornadas públicas por uma figura menor da instituição Sporting, são suscetíveis de vincular a mesma”, afirma.

Os responsáveis minhotos esperam “uma tomada de posição públicado presidente da SAD do Sporting, Bruno de Carvalho, no sentido de se demarcar das declarações de Nuno Saraiva.

“Que defina claramente se a instituição Sporting Clube de Portugal honra a grandeza do seu passado e dos seus valores ou se, por outro lado, se revê em suspeições torpes, insidiosas e rasteiras. Por não ser este o Sporting que aprendemos a respeitar e admirar, é para a SAD do SC Braga fundamental que esta instituição, através da instância maior que é o seu presidente, se demarque inequivocamente do teor das afirmações produzidas pelo seu diretor de comunicação”, pode ler-se.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Entram em obras os dois estádios de Braga

Próximo Artigo

Terras de Bouro. Vereadora independente integra executivo do PSD

Artigos Relacionados
x