Seguir o O MINHO

Barcelos

Santuário mariano em Barcelos classificado como monumento de interesse público

A portaria sublinha ainda o interesse daquele conjunto como testemunho simbólico e religioso e de vivências ou factos históricos

em

Foto: DR/Arquivo

A igreja e o convento da Franqueira, em Barcelos, foram classificados como monumento de interesse público, por portaria da secretária de Estado da Cultura, hoje publicada em Diário da República.

Segundo a portaria, aquele conjunto, apesar das obras de restauro de adaptação registadas nas últimas décadas, “conserva ainda grande valor histórico e arquitetónico, constituindo um bom testemunho da evolução da Ordem Franciscana” em Portugal.

A portaria sublinha ainda o interesse daquele conjunto como testemunho simbólico e religioso e de vivências ou factos históricos.

Destaca igualmente o valor estético, técnico e material do conjunto e a sua conceção arquitetónica, urbanística e paisagística.

O santuário mariano da Franqueira tem a sua origem numa pequena ermida que não seria mais do que a atual capela-mor e que teria sido mandada erigir por Egas Moniz, em cumprimento de uma promessa.

O atual edifício resulta de uma empreitada posterior, destinada a ampliar e reformular o convento, que decorreu entre 1678 e 1708, da qual resultou a construção de um novo dormitório e da igreja barroca.

O espaço conventual que sobreviveu ao tempo, disposto em torno de um amplo claustro ajardinado centrado por um chafariz de tanque circular, foi restaurado na segunda metade do século XX e mais tarde adaptado a turismo de habitação.

Na antiga igreja conventual, destaca-se a entrada caraterística dos templos franciscanos, aberta por arcos redondos e encimado por nichos com esculturas de vulto representando São Francisco e Santo António.

“O programa barroco do interior denuncia uma campanha decorativa unitária, hoje amputada do retábulo-mor original”, refere ainda a portaria.

Destaca, por último, a envolvente do conjunto edificado, “de grande valor paisagístico” e que conserva ainda diversas estruturas setecentistas da antiga ermida, incluindo a fonte alusiva ao Senhor da Fonte da Vida, diversos traçados e percursos processionais e as sete capelas dos Passos.

Populares