Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Saneamento: José Maria Costa diz que Viana vive “verdadeira revolução”

Autarca inaugurou empreitada em Mazarefes

em

Foto: Arménio Belo/Divulgação/CM Viana do Castelo

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, disse esta semana que o concelho está a viver uma “verdadeira revolução” com os investimentos em curso na ampliação das redes de água e saneamento.

Na inauguração de mais uma fase de investimento no saneamento básico e águas residuais na freguesia de Mazarefes, o autarca assumiu que, neste momento, o concelho tem 10 milhões de euros de investimento em curso nos sistemas em alta e em baixa.

O socialista referiu que o concelho se deve desenvolver de forma harmoniosa, o que justifica o grande investimento feito nas redes de água e saneamento, assumindo que, em 2021, vão “dar o salto na qualidade de vida das populações”.

Na freguesia de Mazarefes, o autarca e o executivo inauguraram a empreitada que criou 6,4 quilómetros de redes, permitindo que 223 fogos se possam ligar à rede de saneamento, num investimento de 1,068 milhões de euros nas duas fases da obra.

Também o presidente da União de Freguesias de Mazarefes e Vila Fria, Manuel Barreto, indicou que esta foi uma “grande etapa” que veio beneficiar a população. A obra, promovida pelos Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo (SMSBVC), integrou o projeto de Rede de Drenagem de águas residuais em Castelo do Neiva, Chafé, Deão, Mazarefes, S. Romão do Neiva e Vila Fria, sendo apoiada pelo Fundo de Coesão da União Europeia.

O objetivo principal da empreitada foi o fecho de sistemas de saneamento de águas residuais, através do fecho de sistemas de SAR, para otimização da capacidade instalada e aumento da adesão ao serviço, por parte dos SMSBVC.

Populares