Seguir o O MINHO

Alto Minho

Sampaio da Nóvoa esteve em Ponte de Lima e até fez palavras cruzadas

em

O candidato presidencial António Sampaio da Nóvoa esteve esta tarde em campanha no Minho, arrancando a campanha em Ponte de Lima, “coração” da região, antes de passagens por Monção e Valença, onde nasceu.

“É um prazer estar aqui no coração do Minho”, vincou o candidato em palavras proferidas a algumas dezenas de apoiantes que receberam o antigo reitor em Ponte de Lima num soalheiro sábado à tarde.

Garantindo que continua a “pertencer” ao Minho que o viu nascer, Sampaio da Nóvoa advogou que a sua candidatura pretende cruzar a história do país e a sua história enquanto cidadão com a preparação de um Portugal “com olhar para o século XXI”.

“É a partir das minhas raízes que faço a minha candidatura”, assinalou o candidato a Belém.

Depois, contactando com a população em cafés locais, aproveitou para conversar com crianças e inclusive ajudar um homem no seu jogo de palavras cruzadas.

A um jovem, Nóvoa perguntou por que motivo não estava hoje na escola, antes de se corrigir a si mesmo: “Hoje é sábado. Uma pessoa já nem sabe em que dia da semana está”, brincou.

Posteriormente, o candidato deslocou-se à sua sede de candidatura na localidade, e voltou a demonstrar confiança numa segunda volta do sufrágio presidencial.

“Hoje mais que ontem, ontem mais que anteontem”, essa segunda volta é para o antigo reitor um objetivo à beira de ser concretizado – e depois chegam “mais três semanas de debate” num “grande momento da democracia” portuguesa.

Cerca das 15:15, Sampaio da Nóvoa saiu de Ponte de Lima rumo a Monção, mais a norte, visita que antecedeu uma passagem por Valença, terra que o viu nascer.

Populares