Seguir o O MINHO

Ponte de Lima

Salvato Trigo acusado de desviar 3 milhões

em

Salvato Trigo. Foto: DR

Salvato Trigo, reitor da Universidade Fernando Pessoa (UFP), está a ser julgado no Porto por, alegadamente, ter canalizado “pelo menos” três milhões da instituição para uma empresa, cujos sócios são o próprio, a mulher e os dois filhos, avança o jornal “Público”.

O também ex-presidente da Assembleia Municipal de Ponte de Lima, cargo que exerceu até outubro passado, está acusado de ter montado diversos esquemas para fazer sairavultadas quantias de dinheiro das contas da fundação que detém a UFP, através da “Erasmo”, empresa detida pela família.

O julgamento teve início em outubro e está a decorrer no Tribunal Judicial do Porto, à porta fechada.

Desde os anos 1990, a Universidade Fernando Pessoa (UFP) também tem um pólo em Ponte de Lima. Foto: DR/Flickr

Contactado pelo “Público”, Salvato Trigo diz que a “acusação é completamente falsa”, insistindo na presunção de inocência.

“Isto é uma vingança de um antigo técnico oficial de contas da instituição”, garante o reitor, natural de Ponte de Lima, que terá interposto um recurso judicial para impedir o jornal de consultar o processo.

O caso, denunciado pela Ordem dos Contabilistas Certificados, foi analisado por um juiz de instrução que, face aos elementos de prova existentes, decidiu levar Salvato Trigo a julgamento. O Ministério Público estima que a vantagem patrimonial obtida com os ilícitos criminais seja de pelo menos 3.033.056 euros.

O antigo militante do PSD, que, em 2013, foi cabeça de lista do CDS à assembleia limiana, mas que também foi mandatário das candidaturas presidenciais de Mário Soares e Jorge Sampaio, do PS, está a ser julgado pelo crime de infidelidade, um ilícito punido “com pena de prisão até três anos ou com pena de multa”, segundo a mesma fonte.

A compra de uma casa contígua à reitoria da UFP, no Porto, em 2006, onde atualmente funciona a Escola de Pós-Graduações, seguida do pagamento de uma renda de 40 mil euros mensais à “Erasmo”, empresa da família, será o negócio mais prejudicial para a fundação que detém a universidade, sendo que o “Público” revela outros exemplos de promiscuidade entre ambas as partes.

Esta não é a primeira vez que Salvato Trigo é julgado. No final da década de 1990, quando era diretor da Escola Superior de Jornalismo do Porto, o reitor foi condenado a dez meses de prisão, suspensos, num processo relacionado com o desvio de subsídios comunitários.

 

 

Anúncio

Alto Minho

Quatro feridos em colisão em Ponte de Lima

Na rotunda dos Corvos, em Anais

em

Foto: V. Carlos / Via Ocorrências no Norte (Facebook)

Uma colisão rodoviária entre duas viaturas ligeiras, na rotunda dos Corvos, em Anais, concelho de Ponte de Lima, provocou, esta segunda-feira à noite, quatro feridos, “todos ligeiros”, disse a O MINHO fonte dos bombeiros.

Segundo a fonte, as vítimas, cujas idades ainda não foi possível apurar, foram transportadas para o Hospital de Braga.

Foto: V. Carlos / via Ocorrências no Norte (Facebook)

Para o local foram mobilizados 12 operacionais, depois do alerta ter sido recebido, cerca das 21:31.

A GNR de Freixo tomou conta da ocorrência.

(em atualização) 

Continuar a ler

Alto Minho

Foi há 25 anos que Ponte de Lima foi pioneira no Minho ao criar serviço de Reumatologia

25.º aniversário

em

Foto: DR / Arquivo

O Serviço de Reumatologia de Ponte de Lima assinala, durante este mês de fevereiro, os 25 anos da sua fundação, foi hoje anunciado.

Fundado a 01 de fevereiro de 1995 pelo médico João Pimenta, que criou as condições legais para implantar uma unidade de saúde vocacionada para os problemas da população idosa com dificuldades de locomoção. Para além da reumatologia, idealizou ainda os serviços de fisiatria e geriatria.

Até então, a especialidade de reumatologia existia apenas no Hospital de S. João, no Porto, instituição que formou aqueles que haveriam de ser os médicos pioneiros na descentralização deste serviço, Domingos Araújo e Maria do Carmo Afonso.

Em 1996 e 1998 juntaram-se ao serviço os médicos Lúcia Costa e Sérgio Alcino que, em conjunto com os fundadores, constituíram a espinha dorsal do serviço, sedimentando a especialidade em Ponte de Lima e expandindo-a para concelhos limítrofes.

Ao longo destes 25 anos, foram já formados nesta unidade nove médicos especialistas em reumatologia, três dos quais a fazer parte integrante dos quadros daquela unidade (José António Costa, Filipa Teixeira e Daniela Peixoto). Atualmente, o serviço tem cinco internos em formação específica de reumatologia.

Em comunicado enviado a O MINHO, o serviço de reumatologia da ULSAM congratula-se “com a possibilidade” de crescimento “ao longo dos anos”, que permitiu “continuar a prestar cuidados médicos nesta área da medicina que é, muitas vezes, erroneamente subvalorizada”.

A reumatologia é a especialidade médica que tem por objetivo o tratamento médico e a prevenção de múltiplas patologias que envolvem o sistema músculo-esquelético. Engloba doenças sistémicas inflamatórias crónicas e diversas afeções articulares e músculo-esqueléticas de causa não traumática.

No seu conjunto, as doenças reumáticas representam o grupo de patologias mais frequentes nos países desenvolvidos e constituem um dos principais motivos de consulta médica nos cuidados primários, sendo a principal causa de absentismo, de invalidez e de reforma antecipada.

Continuar a ler

Ponte de Lima

Ponte de Lima: 1,1 milhões para novo campo de futebol em Freixo

Projeto visa promover prática desportiva na região

em

Foto: Divulgação / CM Ponte de Lima

A Câmara de Ponte de Lima informou, esta terça-feira, ter assinado o auto de consignação para a construção do campo desportivo de Freixo, no valor de mais de 1, 1 milhões de euros.

Em comunicado, aquela autarquia do distrito de Viana do castelo adiantou que o novo equipamento pretende “promover a coesão social e territorial, o associativismo desportivo e a prática desportiva”.

Foto: Divulgação / CM Ponte de Lima

A obra prevê a construção de um campo de futebol, inserido numa área de relvado sintético que incluí a área de reserva periférica regulamentar de segurança. O novo campo será implantado na proximidade de outros equipamentos municipais, nomeadamente as piscinas e o agrupamento de escolas de Freixo.

 

Continuar a ler

Populares