Seguir o O MINHO

Braga

Salva de prata barroca ligada a Braga vai a leilão mas não há dinheiro para a comprar

Peça tem um par pertencente ao tesouro da Sé de Braga. Grupo de cidadãos tentou resgatar o objecto, mas não conseguiu

em

Foto: Veritas Art Auctioneers

Uma salva de prata do tempo barroco, ligada à cidade de Braga, vai hoje a leilão. Um grupo de cidadãos da cidade, ainda tentou, fazer um crowdfunding para resgatar o objecto mas não conseguiu.

O preço quase proibitivo, a base de licitação é de 18 mil euros podendo atingir os 25 mil euros, e o pouco tempo para montar a campanha inviabilizaram a mobilização da sociedade civil.

A salva de prata tem um par pertencente ao tesouro da Sé de Braga e daí o interesse na sua aquisição mas o leilão só foi conhecido muito em cima da sua realização. “Ou há dinheiro para fazer a licitação o que não é nada fácil ou não temos tempo de criar situações alternativas que pudessem ajudar na sua aquisição”, disse a O MINHO uma pessoa ligada a este processo.

Segundo informações da leiloeira, a salva é feita em prata portuguesa do final do século XVII, início do século XVII. “É um notável exemplar da melhor produção de ourivesaria barroca do Norte de Portugal onde é claramente notória a influência de ourives estrangeiros (entre os quais italianos)”, lê-se no texto que acompanha a peça da autoria de João Júlio Teixeira.

A salva “é oval com decoração relevada e excepcionalmente cinzelada com urnas, cartelas, motivos vegetalistas e enrolamentos, centro com ramo de flores e fitas”.

Populares