Seguir o O MINHO

SC Braga

Sá Pinto diz que a “palavra de ordem este ano é superação”

em

O novo treinador de futebol do SC Braga, Sá Pinto, disse hoje ter ingressado num “grande de Portugal”, ironizou com o facto de “continuar muito calmo” e frisou que a “palavra de ordem este ano é superação”.

O técnico, que já orientou hoje o treino dos minhotos, afirmou durante a conferência de imprensa de apresentação partilhar de várias ideias do anterior treinador, Abel Ferreira, sobre o qual fez questão de lembrar ter convidado para ser seu colaborador na equipa júnior do Sporting, em 2011/12.

https://twitter.com/SCBragaOficial/status/1146762637092556800

“Já falei com o Abel, tenho estado em contacto com ele e tenho um conhecimento geral da equipa. Comungamos da ideia de jogo, os grandes princípios, a ideia de jogo ofensiva e defensiva, temos ideias parecidas e estamos em sintonia. Não somos iguais, claro, até em termos de personalidade, cada treinador tem a sua forma de liderar. Quero uma equipa sólida e equilibrada, que saiba jogar todos os jogos”, disse.

Sá Pinto frisou que tinha “o desejo de regressar a Portugal, mas tinha que ser para um grande clube”.

“O Braga é um clube à minha imagem, guerreiro, o meu trajeto enquanto jogador e treinador tem sido de grande trabalho, dedicação e sacrifício e, como tal, este clube com certeza que me vai proporcionar tudo para que, juntos, possamos vencer”, disse.

O treinador frisou que o primeiro objetivo será chegar à fase de grupos da Liga Europa, tendo para isso o SC Braga que ultrapassar duas eliminatórias.

“Na liga, o SC Braga, naturalmente, estará sempre entre os quatro melhores de Portugal e a prioridade é garantir o quarto lugar e depois veremos se poderemos pensar em algo mais. Nas taças da Liga e de Portugal, tentaremos chegar o mais longe possível. Num clube como o Braga, com mentalidade ganhadora, o objetivo é sempre tentar vencer o próximo desafio, independentemente da competição em que estivermos envolvidos”, disse.

Sá Pinto quer que a equipa “se supere” – “a palavra de ordem, este ano, é superação” – e considerou que o que pode ajudar a diminuir a distância para Benfica, FC Porto e Sporting, “é ganhar e ter alguma felicidade”.

“Que os detalhes venham ao nosso encontro, porque no ano passado, o Abel fez um excelente campeonato e temporada, não foi muito melhor como ele e os jogadores mereciam, mas foi às meias finais das taças e foi eliminado por dois grandes clubes”, lembrou.

Para Sá Pinto, também “falta aos ‘três grandes’ estarem mais fracos e terem épocas menos conseguidas”.

“O nosso orçamento não é comparável, mas também podemos fazer surpresas e superar-nos. Apesar da diferença, não podemos deixar de acreditar que é possível conquistar o que quer que seja, connosco não há limites”, disse.

https://twitter.com/SCBragaOficial/status/1146728362985086977

O presidente do SC Braga, António Salvador, disse que Sá Pinto foi a “primeira escolha”, depois de ter sido “surpreendido” pela saída de Abel Ferreira, e considerou que “a adaptação vai ser rápida”, porque o clube “tem uma estrutura coesa e forte”.

“A primeira pessoa que me veio à cabeça foi o Sá Pinto. Ele partilha os mesmos valores do clube, a ambição de vencer e paixão no que faz. O Sá Pinto é a pessoa ideal para o cargo. Este clube é uma família e, junto com os adeptos, queremos criar uma onda e uma dinâmica em cada jogo para vencer”, disse.

Sá Pinto disse estar mais experiente, fruto das várias experiências no estrangeiro, mas, acima de tudo, salientou ter a mesma paixão pelo jogo.

“A minha personalidade não se alterou, continuo muito calmo. Espero ter sucesso e divertir-me, porque muitas vezes estamos absorvidos em demasia e não desfrutamos, mas com a responsabilidade que este cargo exige”, disse.

Sá Pinto, que assinou um contrato de duas temporadas, vai ter como treinadores adjuntos Rui Mota, Guilherme Gomes e Carlos Campos, mantendo-se o treinador de guarda-redes Jorge Vital.

O antigo internacional português orientou na época passada os polacos do Legia de Varsóvia, mas não terminou a temporada, saindo em abril deste ano.

Anúncio

Futebol

Rui Fonte assinou até 2022: “Estou contente, não só eu, mas a minha família também”

Avançado regressa a Braga

em

Foto: Facebook de SC Braga

O SC Braga, da I Liga de futebol, oficializou hoje a contratação do avançado Rui Fonte, um regresso ao clube, por três temporadas.

Rui Fonte, de 29 anos, chega dos ingleses do Fulham, que, na época passada, emprestaram o jogador ao Lille, vice-campeão de França.

O avançado jogou duas épocas no SC Braga (2015/16 e 2016/17) e no início de 2017/18, tendo saído para o clube londrino ainda em agosto de 2017.

“É sempre especial, o regresso seria sempre um desejo, proporcionou-se antes do que imaginava e estou contente, não só eu, mas a minha família também, porque voltamos a um sítio onde nos sentimos muito bem”, afirmou o jogador ao sítio do clube.

O avançado prometeu dar o “máximo sempre em cada jogo a tentar representar da melhor maneira o clube” e tentar fazer “o máximo de golos possível” e assistências.

Continuar a ler

Futebol

“Vimos os últimos jogos e, com o Sporting, o Braga mostrou um futebol muito bom”

Primeira mão do playoff da Liga Europa: SC Braga-Spartak de Moscovo

em

Spartak a caminho de Braga. O alemão Schurrle é um dos jogadores mais conhecidos dos russos. Foto: Facebook

O treinador do Spartak de Moscovo disse hoje que “o que importa é o resultado”, na antevisão ao jogo com o SC Braga, na quinta-feira, da primeira mão do ‘play-off’ de acesso à Liga Europa de futebol.

“Queremos fazer um jogo muito sério com um adversário com muita experiência nas competições europeias e, por isso, estamos a preparar-nos da forma mais séria possível”, afirmou Oleg Kononov, na conferência de imprensa para o jogo de quinta-feira.

Oleg Kononov disse ter “um grupo muito bom mentalmente” e “focado em jogar futebol”, tendo relativizado as questões táticas: “o que importa é o resultado, pensamos sempre em ganhar.”

O Spartak de Moscovo vem de uma vitória caseira no campeonato sobre o rival CSKA de Moscovo (2-1), na segunda-feira, e o técnico lembrou ter menos um dia para recuperar do que o SC Braga, garantindo, ainda assim, “estar tudo a postos”.

Dada a importância dos golos fora nas competições europeias, o treinador foi questionado sobre se se pode esperar uma equipa russa a querer marcar em Braga, mas Oleg Kononov disse que o Spartak quer primeiro não sofrer, mas também marcar se possível.

O treinador considerou o Braga uma equipa “bem equilibrada, com jogadores experientes, mas também com jovens, que joga bom futebol, com boas transições ofensivas”.

“Vimos os últimos jogos e, com o Sporting, o Braga mostrou um futebol muito bom”, afirmou.

O médio Roman Zobnin desvalorizou o facto de a equipa ter jogado na segunda-feira e ter menos um dia de descanso.

“Temos trabalhado muito intensamente nas últimas semanas e não vai ser fácil amanhã [quinta-feira], principalmente depois do jogo com o CSKA, mas é possível encontrar forças dentro de cada um para fazer um bom jogo. Estamos acostumados a trabalhar neste ritmo físico e a estatística comprova isso”, disse.

O médio holandês Gus Til e o avançado sueco Jordan Larsson são baixas no Spartak de Moscovo, porque já jogaram esta época por outros clubes nas provas europeias.

SC Braga e Spartak de Moscovo defrontam-se a partir das 19:45 de quinta-feira, na primeira mão do ‘play-off’ da Liga Europa, no Estádio Municipal de Braga, jogo que será arbitrado pelo espanhol Xavier Estrada Fernandez.

Continuar a ler

Futebol

Seleção nacional feminino: Convocadas 5 jogadoras do Braga para os dois jogos com os Estados Unidos

A 29 de agosto e 3 de setembro

em

Foto: SC Braga

O selecionador nacional de futebol feminino, Francisco Neto, convocou 23 jogadoras para os dois jogos particulares com os Estados Unidos, em 29 de agosto e 03 de setembro, nos quais se prevê um recorde de assistência. Cinco delas são do Sporting Clube (SC) de Braga.

O primeiro jogo entre as atuais campeãs do mundo e a seleção lusa disputar-se-á no estádio Lincoln Financial, em Filadélfia, a partir das 00:00 de Portugal continental (19:00 locais), enquanto o segundo será jogado no estádio Allianz, em Saint Paul, no estado de Minnesota, no norte do país, a partir da 01:00 lusa (20:00 locais).

A maior assistência em jogos da seleção norte-americana foi alcançado no estádio Heinz Field, em Pittsburg, na Califórnia, na goleada por 8-0 à seleção da Costa Rica, em que estiveram presentes 44.028 adeptos, mas a procura de bilhetes para os jogos com Portugal tem sido tão grande que se prevê que seja batido um recorde e ultrapassada a barreira dos 50 mil espetadores.

Lista das 23 convocadas:

Mónica Mendes (AC Milan, Ita).

Ana Leite (Borussia Bocholt, Ale).

Andreia Norton (Inter Milão, Ita).

Matilde Fisdalgo (Manchester City, Ing).

Jéssica Silva (Olympique Lyon, Fra).

Diana Gomes, Dolores Silva, Inês Maia, Rute Costa e Vanessa Marques (Sporting de Braga).

Raquel Infante e Sílvia Rebelo (Benfica).

Ana Borges, Carole Costa, Carolina Mendes, Diana Silva, Fátima Pinto, Inês Pereira, Joana Marchão, Patrícia Morais e Tatiana Pinto (Sporting).

Mélissa Gomes (Stade de Reims, Fra).

Cláudia Neto (Wolfsburgo, Ale).

Continuar a ler

Populares