Seguir o O MINHO

Região

Ryanair com oito novas rotas no Porto

A partir de outubro

em

Foto: DR

A Ryanair vai lançar 15 novas rotas a partir de outubro, das quais oito no aeroporto do Porto, quatro em Lisboa e três em Faro, anunciou hoje em Lisboa a companhia aérea irlandesa.

O horário de inverno, entre o próximo mês de outubro e março de 2020, vai contar com 50 rotas no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, onde a companhia passará também a voar para Alicante (Espanha), Birmingham (Reino Unido), Bremen (Alemanha), Brive (França), Budapeste (Hungria), Málaga (Espanha), Toulouse (França) e Veneza Treviso (Itália).

Lisboa vai contar com 27 rotas da companhia, sendo as quatro novas rotas para os aeroportos de Bordéus (França), Budapeste (Hungria), Clermont (França) e Memmingen (Alemanha).

Em Faro, a transportadora aérea passa a ter 24 rotas, das quais três novas, para os aeroportos de Berlim (Alemanha), Bremen (Alemanha) e Londres Southend (Reino Unidos).

Na conferência de imprensa, hoje em Lisboa, o responsável pelas operações comerciais da companhia, David O’Brien, disse que a transportadora vai recorrer da decisão da autoridade da concorrência italiana de a multar em três milhões de euros pela cobrança aos clientes de suplemento de bagagem de mão sem o incluir na tarifa base.

“Vamos recorrer e os tribunais vão confirmar que a nossa política é a correta”, disse, adiando que a companhia melhorou a pontualidade desde que começou a cobrar pela bagagem de mão que não cabe debaixo do assento.

David O’Brien falou ainda sobre o novo aeroporto do Montijo, para dizer que enquanto não for construído a companhia não cresce “tanto quanto podia” e apelar para que não demore mais de três anos a sua operacionalização.

O responsável alertou ainda para necessidade de uma análise do preço da portagem da ponte para o Montijo para os passageiros aéreos, aquando a operacionalização da infraestrutura aeroportuária complementar ao aeroporto em Lisboa.

Cerca de 60 milhões de passageiros de e para Portugal foram transportados pela companhia desde 2003, segundo dados da empresa.

Populares