Ruy de Carvalho recebe Chaves de Ouro da Póvoa de Lanhoso: “É um orgulho”

Foto: CM Póvoa de Lanhoso

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso entregou a Ruy de Carvalho as Chaves da Vila, no sábado, numa cerimónia que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Em comunicado, a autarquia explica que esta é a mais alta distinção, apenas superada pela que se atribui aos Presidentes da República.

“Esta homenagem a Ruy de Carvalho é o reconhecimento da Póvoa de Lanhoso à mais alta figura do teatro nacional”, refere a autarquia em comunicado.

Com um extenso palmarés na nobre arte de Talma, Ruy de Carvalho tem uma ligação muito especial às Terras de Lanhoso, que remonta a 2005, altura em que visitou pela primeira vez a Póvoa de Lanhoso e pisou o palco do Theatro Club.

Em 2009, data em que se realizou a 5.ª edição do Concurso Nacional de Teatro (CONTE), emprestou o seu nome ao prémio principal deste certame e, desde então, tem-se deslocado com regularidade à Póvoa de Lanhoso para entregar o troféu de Melhor Espetáculo, aos vencedores de cada ano.

Em 2022, o Concurso Nacional de Teatro passou a ter o nome de Ruy de Carvalho, honrando novamente a Póvoa de Lanhoso e o teatro amador, pois o CONTE, que se realiza consecutivamente há 19 anos, no palco do Theatro Club, é o único de caráter competitivo, na área do teatro associativo, em Portugal.

Nesta sessão, marcada pela presença das várias entidades povoenses, representando a Póvoa de Lanhoso ao mais alto nível, o presidente da Câmara Municipal, Frederico Castro, entregou as Chaves da Vila a Ruy de Carvalho.

Sendo uma réplica da chave original, esta peça foi elaborada recorrendo também à nobre arte da filigrana.

Frederico Castro fez referência a este facto relevando que “a Chave integra a filigrana, a arte mais nobre que é desenvolvida no concelho, aliando a história, a cultura, a identidade e o ADN das Terras da Maria da Fonte”.

“Esta chave é entregue com a mesma paixão, com o mesmo amor que dedicou e dedica ao teatro e à cultura. Não sendo uma chave que caiba numa fechadura é a chave para os nossos corações”, e continuou: “associar o nome de Ruy de Carvalho à Póvoa de Lanhoso, para nós, é muito mais do que uma honra, muito mais do que um orgulho, é uma marca que fica para sempre. Obrigado por emprestar o seu nome, a sua marca, a sua história, por emprestar a sua paixão e o seu amor àquilo que faz, ao teatro, à cultura, a Portugal e à Póvoa de Lanhoso”, disse o autarca durante a cerimónia.

Após o discurso emotivo, Ruy de Carvalho deixou também palavras de apreço pela vila. “É um orgulho fazer parte da vossa família, vocês são meus amigos de coração. Como calculam, estou muito emocionado, hoje sinto que valeu a pena viver, que valeu a pena servir o povo português, neste caso, o povo da Póvoa de Lanhoso”, concluiu o ator de 96 anos.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Mais de 800 crianças visitam Politécnico de Viana

Próximo Artigo

'Luz verde' para pesca embarcada na Ínsua de Caminha

Artigos Relacionados
x