Seguir o O MINHO

Futebol

Rúben Amorim estreia-se no Sporting com vitória diante do Desportivo das Aves

I Liga

em

Foto: Twitter (Arquivo)

Os golos dos futebolistas Sporar e Vietto deram hoje a vitória ao Sporting diante do Desportivo das Aves (2-0), em jogo da 24.ª jornada da I Liga, marcado pelas duas expulsões dos ‘avenses’ na primeira parte.


Foi necessário esperar pelo segundo tempo para os ‘leões’ darem um pontapé na crise. Sporar, aos 62 minutos, respondeu da melhor forma a uma assistência de Wendel, e, aos 68, Vietto, de grande penalidade, selou o resultado.

Com este triunfo, o Sporting, agora com 42 pontos, mantém-se no quarto lugar a quatro pontos do Sporting de Braga, terceiro, com 46, que nesta ronda levou a melhor sobre o Portimonense (3-1). Já o Aves continua a segurar a lanterna vermelha, com 13 pontos, a nove do Paços de Ferreira, antepenúltimo, com 22, e que esta noite defronta ao Vitória de Guimarães, sétimo, com 34.

Na estreia de Rúben Amorim no comando técnico, o Sporting apresentou-se com um esquema de três centrais, diversas vezes utilizado pelo seu antecessor Jorge Silas, mas hoje com uma variante. Em vez de 3-5-2, jogou em 3-4-3. De notar a preocupação dos jogadores do Sporting em não perder as respetivas posições, prejudicando muitas vezes as saídas rápidas para o ataque. Tornando assim o jogo muito pastoso ao longo de todo o encontro.

A vida começou a correr mal ao Desportivo das Aves logo aos 10 minutos. Rúben Macedo viu o cartão vermelho direto por falta sobre Wendel, após intervenção do videoárbitro (VAR). Na primeira decisão o árbitro portuense Manuel Oliveira tinha mostrado cartão amarelo, mas na visualização das imagens mudou de opinião.

Na sequência deste lance Luiz Fernando viu cartão amarelo por protestos, jogador que, aos 20 minutos, acabaria ser novamente admoestado por ter derrubado Wendel e, por consequência, foi expulso.

Com mais dois elementos que os comandados de Nuno Manta Santos, o Sporting fez a primeira alteração aos 25 minutos. Jovane Cabral rendeu Ristovski, que mostrou descontentamento pela substituição, para dar profundidade ao Sporting e maior velocidade na transição para o ataque.

O Aves recuou no terreno. Colocou todos os jogadores atrás da linha da bola. Fechou às sete chaves o caminho da baliza a cargo de Beunardeau. Aos 45 minutos, junto à marca de grande penalidade, Sporar recebeu a bola, mas atirou por cima. Já em tempo de compensação Vietto rematou à trave.

Na segunda parte, Rúben Amorim chamou Francisco Geraldes e deixou Mathieu no balneário. Battaglia assumiu o papel de terceiro central, mas o Sporting continuou com imensas dificuldades para encontrar espaços na linha defensiva. Espaço esse encontrado por Wendel, que serviu Sporar, aos 62 minutos, para fazer o 1-0, de cabeça.

No ataque seguinte, Jovane Cabral, na direita, cruzou para o coração da área, mas a bola foi cortada pelo braço de Afonso Figueiredo. Manuel Oliveira assinalou para a marca de grande penalidade. Luciano Vietto não perdoou e, aos 68 minutos, fez o 2-0.

O Sporting continuou a dominar, mas o melhor que conseguiu fazer foi um par de remates, de Vietto e Sporar, aos 82 e 89 minutos, que não conseguiram bater o guarda-redes Beunardeau.

Anúncio

Futebol

Portugal faz último treino antes do particular com a Espanha

Futebol

em

Foto: Twitter

Portugal faz hoje o último treino antes do particular de quarta-feira com a Espanha, numa sessão em que já deverá participar o capitão Cristiano Ronaldo, que foi um dos ausentes no arranque dos trabalhos.

Na segunda-feira, o avançado, assim como Bruno Fernandes, João Moutinho e Pepe, foram autorizados a chegar mais tarde à concentração e falharam o primeiro treino do selecionador Fernando Santos, que contou com 22 jogadores, incluindo o estreante Nélson Sequeira, do Sporting de Braga, e os regressados Ruben Semedo, William Carvalho, Daniel Podence e Rafa Silva.

Portugal tem uma sessão agendada para as 10:30, novamente na Cidade do Futebol, em Oeiras, num treino que será fechado, numa medida adotada pela Federação Portuguesa de Futebol durante a pandemia da covid-19, embora imagens dos primeiros 15 minutos serão disponibilizadas pelas plataformas audiovisuais do organismo.

Durante a tarde, às 14:30, Fernando Santos e um jogador ainda a designar vão fazer a antevisão do encontro com a Espanha em conferência de imprensa, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, palco do particular de quarta-feira.

Depois do confronto ibérico, os campeões europeus defrontam a França, no domingo, no Stade de France, e recebem a Suécia, no dia 14, novamente na ‘casa’ do Sporting, em jogos a contar para a Liga das Nações

Continuar a ler

Futebol

Tomás Esteves vai jogar na segunda liga inglesa por empréstimo do FC Porto

Futebolista de Arcos de Valdevez

em

Foto: DR / Arquivo

O defesa arcuense Tomás Esteves vai jogar no Reading, da segunda divisão inglesa de futebol, por empréstimo do FC Porto, anunciou o emblema líder do ‘Championship’.

“Estamos satisfeitos por anunciar que o lateral de 18 anos Tomás Esteves junta-se aos ‘royals’ num empréstimo de uma época do FC Porto. Bem-vindo ao Reading”, escreveu, na rede social Twitter, o clube inglês.

Esteves junta-se a Alfa Semedo, que este ano saiu do Benfica, e a Lucas João no contingente luso na equipa.

É o segundo negócio entre as duas partes neste defeso, depois de os ‘dragões’ terem contratado o avançado Danny Loader aos ‘royals’, que lideram a segunda liga inglesa com 12 pontos, os mesmos do Bristol.

Vencedor da Youth League com os ‘azuis e brancos’, o lateral jogou depois na equipa B, na II Liga, e fez três jogos pela formação principal em 2019/20, dois na I Liga, sagrando-se campeão nacional.

Continuar a ler

Futebol

Nanú no FC Porto até 2025

Mercado de transferências

em

Foto: FC Porto

O lateral-direito Nanú (ex-Marítimo) assinou um contrato de cinco temporadas com o FC Porto, anunciou hoje o clube campeão da I Liga portuguesa de futebol.

O jogador guineense, de 26 anos, soma 56 partidas na equipa principal do Marítimo e 71 pela equipa B dos madeirenses, com sete golos marcados, o último dos quais no Estádio do Dragão, no triunfo dos insulares sobre os ‘dragões’ (3-2), na última jornada.

Nanú nasceu em Coimbra, tendo passado, durante a formação por clubes como Taboeira, Benfica e Beira-Mar, no qual chegou a sénior, tendo ainda jogado no Gafanha, em 2014/15, por empréstimo dos aveirenses, e no Gil Vicente, em 2017/18, cedido pelo Marítimo.

“Não há palavras para descrever este momento. Sentimento de grande felicidade. De poder realizar um sonho, um sonho que quero viver. Quero agradecer esta oportunidade. E vou agarrar com unhas e dentes. E quero dar muitas alegrias ao FC Porto, dar títulos e ajudar o máximo dentro e fora de campo”, assumiu.

Em declarações aos órgãos do clube, Nanú disse que sempre trabalhou “para chegar a este nível”, assegurando que “o objetivo é ser campeão e ganhar o máximo de títulos possível”.

“Tenho essa facilidade de jogar em várias posições, mas o mais importante é jogar numa posição em que o ‘mister’ senta que estou bem e possa contribuir para a equipa. Qualquer posição para mim é boa, mas claro que a lateral-direito é a posição onde me posso destacar e esperar mais as minhas qualidades”, disse.

Continuar a ler

Populares