Seguir o O MINHO

Alto Minho

Roubavam material de construção para vender a empreiteiros em Arcos de Valdevez

Furto

em

Foto: Divulgação / GNR

Dois homens, de 34 e 41 anos, foram detidos na terça-feira por diversos furtos no interior de veículos e por posse ilegal de armas, no concelho de Arcos de Valdevez. Estavam sob investigação por também furtarem material de construção em garagens no mesmo concelho.

Em comunicado, o comando territorial de Viana do Castelo dá conta da operação saída de uma investigação de seis meses, levada a cabo por militares do Núcleo de Investigação Criminal de Arcos de Valdevez.

Para além dos furtos em viatura, os militares da Guarda “apuraram que os suspeitos arrombavam garagens com o intuito de furtar material relacionado com construção civil para o vender posteriormente a empreiteiros”.

“Uma vez dentro das instalações, furtavam todo o material que conseguiam, mesmo o que estava no interior dos veículos. No âmbito das diligências policiais, foram realizadas três buscas domiciliárias, tendo culminado na apreensão de material no valor de cerca de 10 mil euros”, sublinha o comando da GNR

Foram apreendidas duas armas de fogo, 27 munições de vários calibres, duas armas brancas, dois autorrádios, dois telemóveis, dois relógios smartwatch, diverso material informático e diversas máquinas de construção civil.

Foi ainda identificado e constituído arguido um terceiro indivíduo, de 32 anos, suspeito de ter participado nos diversos furtos mencionados.

Os dois detidos, com antecedentes criminais relacionados com furtos, foram constituídos arguidos e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Arcos de Valdevez.

Populares