Seguir o O MINHO

Região

Risco elevado de exposição a raios ultravioleta nos distritos de Braga e Viana

IPMA

em

Foto: O MINHO / Arquivo

Dez distritos de Portugal continental e a ilha da Madeira apresentam hoje um risco extremo de exposição à radiação ultravioleta (UV), segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).


Em risco extremo estão os distritos de Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Coimbra, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Évora, Beja e a ilha da Madeira.

Para estes distritos com risco extremo, o IPMA recomenda que se evite o mais possível a exposição ao sol.

Ainda no continente, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Leiria, Lisboa, Setúbal e Faro estão sujeitos a níveis muito elevados de exposição à radiação UV.

As ilhas do Porto Santo, Faial e Flores (nos Açores) estão com níveis muito elevado e S. Miguel e Terceira (Açores) apresentam risco elevado.

Para as regiões com risco muito elevado, o IPMA aconselha a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, ‘t-shirt’, guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao Sol.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 de cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Anúncio

Braga

Casal ferido após colisão com capotamento em Braga

Acidente

em

Foto: DR

Um homem e uma mulher sofreram ferimentos na sequência de uma colisão entre duas viaturas, ao início da tarde deste domingo, em Palmeira, concelho de Braga.

Pelo que foi possível apurar, a colisão deu-se na Avenida do Cávado, junto ao posto de combustível da Cepsa, em Palmeira.

Para o local foram acionados os Bombeiros Sapadores de Braga com quatro viaturas, assim como a VMER de Braga e a GNR.

Uma das viaturas acabou por capotar, levando a que uma das vítimas ficasse encarcerada.

Numa primeira avaliação da equipa médica da VMER, os ferimentos foram considerados ligeiros.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Barcelos

Miniautocarro estacionado arde em Barcelos

Incêndio rodoviário

em

Foto: Raúl Fernandes

Um miniautocarro do Centro Social de Aguiar, no concelho de Barcelos, ficou destruído pelas chamas de um incêndio com origem desconhecida, ao final da manhã deste domingo, disse a O MINHO fonte dos bombeiros.

A viatura estava parada numa zona industrial em Vila Frescaínha S. Pedro há alguns anos depois de ter sofrido um acidente, sendo agora destruído pelas chamas que originaram ainda um pequeno incêndio florestal.

(vídeo de Raúl Fernandes)

Para o local foram acionados os Bombeiros de Barcelinhos com uma viatura de combate a incêndios, procedendo à extinção do mesmo.

Também uma outra viatura, estacionada ao lado do minibus, acabou por ser atingida pelas chamas.

A GNR investiga.

Continuar a ler

Alto Minho

Cinco semanas depois, covid regressa a Monção. Emigrante de férias está infetado

Pandemia

em

Foto: DR

As autoridades de saúde voltaram a registar um caso positivo de covid-19 no concelho de Monção, depois de cinco semanas de ‘ficha limpa’, anunciou ontem o município.

O infetado é um emigrante que se encontra de férias no concelho e está a ser “devidamente acompanhado e monitorizado”, refere a autarquia numa nota publicada nas redes sociais.

O município deixa o apelo para que se evitem ao máximo concentrações de pessoas e que os cuidados sejam redobrados, numa altura em que o concelho “cresce em termos demográficos, potenciando a existência de encontros de amigos e reuniões familiares”.

“O percurso trilhado até agora exigiu de todos um esforço significativo. Não devemos deitar fora tanto trabalho e sacrifício. O civismo e a responsabilidade dos monçanenses, demonstrados desde o início da pandemia, devem continuar a manifestar-se. Não baixemos a guarda”, aponta a mesma nota.

De acordo com o último relatório epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde, o concelho de Monção regista 113 casos acumulados de pessoas infetadas com o vírus SARS CoV-2.

No entanto, segundo dados disponibilizados pela autarquia, o concelho regista 129 casos acumulados, um ativo, 117 recuperados e onze óbitos.

Continuar a ler

Populares