Seguir o O MINHO

Desporto

Rio2016. Fernando Pimenta (e Nelson Évora) podem fazer história

em

O canoísta Fernando Pimenta, em K1 1.000 metros, e Nelson Évora, no triplo salto do atletismo, apontam às medalhas na jornada de hoje dos Jogos Olímpicos Rio2016, tentando dar sequência ao bronze da judoca Telma Monteiro.

No que se perspetiva com o grande dia de Portugal no Rio de Janeiro, Fernando Pimenta e Nelson Évora procuram as segundas medalhas da carreira, depois da prata do canoísta em Londres2012, em K2 1.000 metros, ao lado de Emanuel Silva, e do título olímpico do saltador em Pequim2008.

Caso voltem a conquistar um pódio, Évora e Pimenta entram no restrito lote de atletas com dois ‘metais’, juntando-se aos fundistas Carlos Lopes (ouro em 1984 e prata em 76), Rosa Mota (ouro em 1988 e bronze em 84) e Fernanda Ribeiro (ouro em 1996 e bronze 2000) e a Luis Mena e Silva, do equestre (bronzes em 1936 e 48).

Quanto a Portugal, igualaria o seu recorde de três medalhas numa edição, conseguidas em 1984, todas no atletismo (Carlos Lopes, Rosa Mota e António Leitão), e 2004, pelos atletas Francis Obikwelu e Rui Silva e o ciclista Sérgio Paulinho.

No caso de chegar ao título, Nelson Évora tornar-se-ia o primeiro bicampeão olímpico de Portugal, ‘deixando para trás’ Carlos Lopes, Rosa Mota e Fernanda Ribeiro, enquanto Fernando Pimenta seria o primeiro sem ser do atletismo a chegar ao ouro.

Na segunda-feira, o ‘capitão’ da equipa de atletismo do Benfica foi o quarto na qualificação do triplo, com 16,99 metros, enquanto o canoísta de Ponte de Lima foi o melhor das eliminatórias e o segundo da sua meia-final.

A final de Nelson Évora começa às 09:50 locais (13:50 em Lisboa), no Estádio Olímpico, no ‘Engenhão’, enquanto a regata decisiva de K1 1.000 metros arranca às 10:12 (14:12) de terça-feira, na Lagoa Rodrigo de Freitas.

 

logo Facebook Fique a par das Notícias dos Jogos Olímpicos. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Populares