Redes Sociais

Rio Minho. Três embarcações nas buscas a pescador

Foto: Subzone

Alto Minho

Rio Minho. Três embarcações nas buscas a pescador

As buscas ao pescador desaparecido sábado, no Rio Minho, em Monção, foram retomadas ao início desta manhã, através de três embarcações e oito operacionais, segundo apurou O MINHO.

O pescador de lampreia, de 56 anos, natural e residente na região, desapareceu na noite de sábado para domingo, tendo sido dado o alerta às autoridades pela sua mulher, mas as buscas até ao momento não deram qualquer resultado concreto, uma vez que apenas foi localizado o automóvel do desaparecido, parado nas imediações, em Messegães, Monção.

Desde domingo têm estado envolvidos muitos operacionais, apoiados com viaturas, quer terrestres, quer náuticas, mas continua sem haver quaisquer vestígios quanto ao pescador, nas buscas sob coordenação do capitão-tenente Pedro Cervaens, comandante da Capitania do Porto de Caminha.

Para além de mergulhadores e outros elementos das forças militares e policiais de ambos os países, Espanha e Portugal, têm participado ativamente nas buscas duas organizações privadas e voluntárias de proteção civil, a Subzone (Monção) e a Gobs (Póvoa de Varzim) com meios humanos e animais, bem como com vários tipos de viaturas e de embarcações.

Mais Alto Minho