Seguir o O MINHO

Região

Ricardo Rio em isolamento após contacto com caso positivo

Covid-19

em

Foto: Facebook / CM Braga

O presidente da Câmara de Braga anunciou este domingo que irá ficar durante alguns dias em isolamento domiciliário depois de ter estado em contacto com um caso positivo de covid-19. A informação foi avançada pelo próprio através da sua página oficial de Facebook.

Ricardo Rio explica que fez o teste e este resultou negativo, mas as normas da autoridade de saúde pública determinam que respeite o isolamento ao longo dos próximos dias.

O autarca frisa a necessidade do sentido de responsabilidade de cada um dos cidadãos para se comportar conforme a pandemia exige, no que diz respeito às normas sanitárias mas também como proceder caso tenha sintomas ou esteja em contacto com casos positivos.

“É inadmissível que não sejam reportados casos de sintomatologia, qualquer que seja o motivo, tal como não se pode aceitar que seja violado o isolamento profilático de quem pode ter estado exposto ao risco”, escreveu o edil.

“Nessa mesma linha, porque estive em contacto com um caso positivo e apesar de eu próprio ter testado negativo, vou obviamente respeitar os dias de isolamento domiciliário determinados pela Saúde Pública. Por mim, pelos meus e pelos demais. Como todos devem fazer”, vincou.

O autarca refere ainda que se torna mais perigoso um convívio familiar com seis pessoas do que um concerto com mil espectadores, “porque todos estes viram medida a sua temperatura à entrada, higienizaram as mãos e manter-se-ão de máscara durante todo o espetáculo”.

Suspensão de feiras é uma medida “excessiva”

Ricardo Rio considera “excessiva” a suspensão em abstrato de todas as feiras, “porquanto em municípios como o de Braga tudo foi feito para assegurar o seu funcionamento com regra, segurança e o necessário distanciamento”.

Dá o exemplo da Feira do Mercado, que transitou para junto do Estádio Municipal, num local mais amplo e onde pode decorrer em segurança.

Explica ainda que o Mercado Municipal, por ser uma instalação permanente, está de fora da lista de locais a fechar determinados pelo Governo. No entanto, confirma a suspensão de restantes feiras a partir de quarta-feira.

Recorda ainda o que já disse ontem, de que as medidas anunciadas por António Costa se devem estender a todo o país.

“A tendência natural será para muitos mais concelhos se juntarem ao rol ontem anunciado ao longo dos próximos dias, não havendo grande vantagem em estabelecer uma atualização dinâmica da implementação das medidas. Pior, esta decisão ignora também discrepâncias intra-concelhias, visto que em territórios como Braga os focos ocorrem sobretudo nos meios urbanos e não na periferia mais rural”, explica.

Cemitério de Braga funciona com senhas. Polícia Municipal assegura cumprimento

Deixa ainda o apelo que, para além das medidas impostas, a” principal ajuda no combate à pandemia vem dos comportamentos individuais”, felicitando o comportamento dos cidadãos que acorreram de forma ordeira aos cemitérios municipais, conforme noticiou hoje O MINHO.

Populares