Seguir o O MINHO

Desporto

Resumo. Vitória SC vence Desportivo das Aves e sobe a oitavo da I Liga

em

Foto: Twitter / Uefa

O Vitória SC conseguiu este domingo a primeira vitória fora de casa, por 3-1, no reduto do Desportivo das Aves, numa partida bem disputada pelas duas equipas relativa à décima jornada da I Liga de futebol.

As duas equipas chegaram a este encontro motivadas para regressarem às vitórias depois de resultados negativos. O Aves perdeu 3-1 com o Benfica, enquanto o Vitória empatou 3-3 com o Portimonense.

Para este encontro Lito Vidigal fez quatro alterações no onze que perdeu com os ‘encarnados’, saindo Nelson Lenho e Gonçalo Santos para a bancada e Defendi e Washington para o banco. Na equipa entram Falcão, Paulo Machado, Salvador Agra e Ponck.

No outro lado Pedro Martins fez apenas duas trocas: Wakaso por Rafael Miranda e Hurtado por Tallo Jr.

O Vitória SC começou da melhor forma com um golo madrugador de Raphinha, logo aos quatro minutos. Um passe de Heldon para as costas de Nildo, Raphinha isola-se e na cara de Quim não desperdiçou a oportunidade.

Ainda assim, mesmo em desvantagem, a formação da casa não se deixou afetar conseguindo responder da melhor forma com ataques perigosos que, por muito pouco, não terminaram em golo.

Num desses lances, aos 16 minutos, e após um centro de Paulo Machado, Victor Garcia, numa tentativa de evitar que a jogada avançasse, cortou a bola com o braço e o árbitro não hesitou em assinalar grande penalidade a favor dos Aves.

Salvador Agra foi chamado a marcar e não desperdiçou a oportunidade, repondo assim a igualdade.

O equilíbrio manteve-se, mas, ainda antes do intervalo, os vimaranenses colocaram-se novamente na frente.

Sobre o apito para o final do primeiro tempo, Héldon, no lado esquerdo, rematou de primeira, com o pé esquerdo, batendo Quim.

Para o segundo tempo, o Vitória SC intensificou o ataque e assumiu o controlo da partida, apesar de os avenses não terem entregado os pontos, lutando até ao fim.

Numa altura em que o Desportivo das Aves procurava novamente o empate, o Vitória SC confirmou o triunfo com um golo de Rafael Martins. Depois de um livre de Hurtado na direita, Rafael Martins apareceu ao segundo poste, em cima da linha da pequena área, desviando num remate à meia volta.

Com este resultado, o Desportivo das Aves mantém-se na 16.ª posição, com 6 pontos, enquanto os vimaranenses sobem ao 8.º lugar, com 14.

Ficha técnica

Estádio do Desportivo das Aves, na Vila das Aves.

Desportivo das Aves – Vitória SC, 1-3.

Marcadores: 0-1, Raphinha, 04 minutos. 1-1, Salvador Agra, 17 (grande penalidade). 1-2, Héldon, 45. 1-3, Rafael Martins, 70.

– Desportivo das Aves: Quim, Pedrinho, Ponck, Diego Galo, Falcão, Vítor Gomes, Paulo Machado (Ryan Gauld, 89), Nildo, Salvador Agra (Derley, 72), Alexandre Guedes (Arango, 72) e Amilton. Treinador: Lito Vidigal.

– Vitória SC: Miguel Silva, Victor Garcia, Jubal, Marcos Valente, Konan, Rafael Miranda, Celis, Heldon (Francisco Ramos, 82), Tallo Jr (Hurtado, 60), Raphinha e Rafael Martins (João Aurélio, 90+1). Treinador: Pedro Martins.

Árbitro: Luís Ferreira (Braga).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Héldon (45), Jubal (62), Nildo Petrolina (64).
Assistência: Cerca de 2500 espetadores.

Anúncio

I Liga

Gil Vicente perde em casa e Benfica regressa à liderança

22.ª jornada

em

Foto: Divulgação/SL Benfica

O Benfica venceu hoje por 1-0 na deslocação ao terreno do Gil Vicente, na partida de encerramento da 22.ª jornada da I Liga de futebol, reassumindo a liderança do campeonato.

Os ‘encarnados’, que vinham de duas derrotas no campeonato, frente a FC Porto e SC Braga, regressaram às vitórias, com o avançado brasileiro Carlos Vinícius a marcar o único golo da partida, aos 15 minutos.

Com o triunfo de hoje, o Benfica reassume a liderança do campeonato, com 57 pontos, mais um que o FC Porto, enquanto o Gil Vicente, que tinha vencido o Vitória de Setúbal na última jornada, é 11.º, com 26 pontos.

Continuar a ler

Desporto

Portugal perde na Bielorrússia na corrida ao Mundial de basquetebol de 2023

72-56

em

Foto: Federação Portuguesa de Basquetebol / DR

A seleção portuguesa de basquetebol perdeu, esta segunda-feira, por 72-56 com a Bielorrússia, em Minsk, na segunda jornada do Grupo A da primeira ronda de pré-qualificação europeia para o Mundial de basquetebol de 2023.

A formação das “quinas”, que ao intervalo cedia por 34-29, soma os mesmos três pontos da Albânia e menos um do que os bielorrussos, sendo que precisa de ficar num dos dois primeiros lugares para garantir um lugar na segunda ronda de pré-qualificação.

Portugal só volta a jogar em novembro, recebendo a 26 o Chipre, que perdeu os dois encontros já disputados e totaliza dois pontos, e deslocando-se a 29 à Albânia, que venceu em Albufeira na primeira jornada por 70-62.

Continuar a ler

Desporto

João Sousa cai um lugar no ranking ATP

Ténis

em

Foto: DR

O tenista português João Sousa caiu uma posição no ranking mundial, do 67.º para o 68.º posto, numa lista divulgada, esta segunda-feira, sem alterações no “top 10”, que continua a ser liderado pelo sérvio Novak Djokovic.

Para além de João Sousa, número um português, que vai participar no ATP 500 do Dubai, defrontando na primeira ronda o sérvio Filip Krajinovic (33.º da hierarquia da ATP), também Pedro Sousa desceu uma posição, de 107.º para 108.º.

Contrapondo às descidas mínimas de João Sousa e Pedro Sousa, João Domingues “escalou” 19 posições e atingiu a 150º.ª posição, o seu melhor lugar no ranking, depois do número três nacional ter chegado à segunda ronda do Open do Rio de Janeiro.

O “top 10” da tabela manteve-se inalterado, com Djokovic a liderar, seguido do espanhol Rafael Nadal e do suíço Roger Federer, que foi operado há quatro dias ao joelho direito e só regressará aos courts em junho.

Continuar a ler

Populares