Seguir o O MINHO

SC Braga

Resumo – SC Braga vence Sporting e luta pelo terceiro lugar fica ao rubro

em

Um golo de Raúl Silva deu este sábado um importante triunfo ao SC Braga sobre o Sporting, por 1-0, que lhe permite ficar a apenas um ponto dos ‘leões’ e do terceiro lugar da I Liga de futebol.


O central goleador dos minhotos (sexto golo no campeonato, nove em todas as competições) carimbou a vitória aos 87 minutos, numa fase em que o Sporting jogava apenas com 10, devido à expulsão de Piccini (83).

O SC Braga, que somou o sétimo triunfo seguido, ‘colou-se’ aos ‘leões’ (64 pontos contra 65) e vai lutar até ao final pelo terceiro lugar com uma equipa sportinguista ainda em mais duas competições (Taça de Portugal e Liga Europa) e que hoje, sobretudo na segunda parte, deixou uma imagem muito pálida.

O título é uma ‘miragem’, o segundo lugar está mais distante e o terceiro está em risco.

Abel Ferreira apresentou o ‘onze’ esperado, com Sequeira no lado esquerdo da defesa em vez de Jefferson, emprestado pelos ‘leões’, e o Sporting, que na próxima quinta-feira se desloca visita o Atlético de Madrid, na primeira mão dos quartos de final da Liga Europa, não pôde contar com William Carvalho, lesionado, tendo Jorge Jesus apostado em Bryan Ruiz.

Sporting entrou melhor, a pressionar mais, e criou uma boa oportunidade para marcar logo aos sete minutos: Gelson Martins fugiu pela direita e serviu Bas Dost, mas o cabeceamento do holandês saiu ligeiramente ao lado.

Pouco depois (12), Acuña cruzou da esquerda e Bas Dost falhou por pouco o desvio.

O SC Braga foi ‘crescendo’, e, aos 18 minutos, Wilson Eduardo quase aproveitou um equívoco entre Mathieu e Rui Patrício, naquela que foi a melhor oportunidade dos minhotos.

Pouco antes do intervalo, surgiu a situação mais polémica do encontro: centro de Ricardo Horta da esquerda e Mathieu, ao tentar cortar, introduziu a bola na própria baliza. Contudo, o golo foi anulado depois de o árbitro, Luís Godinho, após os protestos dos jogadores ‘leoninos’, ter visto as imagens no videoárbitro e concluído que houve uma falta sobre Gelson instantes antes.

A segunda parte foi mais ‘morna’, com as equipas muito ‘encaixadas’. Paulinho e André Horta ainda ‘assustaram’ Rui Patrício (51 e 68) e o Sporting respondeu com um ‘tiro’ de Bruno Fernandes de muito longe (72).

Jorge Jesus foi o primeiro a mexer na equipa, retirando um apagado Acuña e apostado em Rúben Ribeiro (62) e, pouco depois, foi Abel Ferreira a refrescar o ataque com a entrada de Dyego Sousa, para o lugar de Wilson Eduardo.

Rúben Ribeiro entrou ‘complicativo’, mas aos 77 minutos teve um bom lance, com um remate que Matheus defendeu com dificuldade, e, dois minutos depois, Bruno Fernandes concluiu mal, de cabeça, um rápido contra-ataque.

Montero entrou aos 80 minutos, mas logo a seguir Piccini deixou o Sporting a jogar com menos uma unidade (segundo cartão amarelo e respetivo vermelho), superioridade que os bracarenses aproveitaram aos 87 minutos, com Raúl Silva a marcar o único golo da partida após assistência, também de cabeça, de Vukcevic, após um livre lateral.

Nota ainda para a última substituição do Sporting, aos 90+1: Jorge Jesus tirou Rúben Ribeiro, que tinha entrado aos 62 minutos, e colocou Wendel (90+1), troca que ‘cheirou’ a castigo ao médio.

Anúncio

Futebol

Pérez (Famalicão), Ruiz (Braga) e um vianense na lista de 100 candidatos ao ‘Golden Boy’

Total de nove futebolistas portugueses

em

Nehuén Pérez, Abel Ruiz e Pedro Neto. Foto: DR

Nove futebolistas portugueses estão entre os 100 candidatos ao ‘Golden Boy’ de 2020, troféu entregue pelo jornal italiano Tuttosport e que distingue o melhor jogador jovem da atualidade.

Romário Baró, Tiago Lopes e Fábio Silva (FC Porto), Tomás Tavares e Gonçalo Ramos (Benfica), Eduardo Quaresma e Rafael Camacho (Sporting), Tiago Djaló (Lille/Fra) e o vianense Pedro Neto (Wolverhampton/Ing) são os portugueses indicados à sucessão de João Félix.

Na lista constam ainda dois jogadores que atuam em Portugal, na I Liga, nomeadamente o defesa argentino Nehuén Pérez (Famalicão) e o avançado espanhol Abel Ruiz (SC Braga).

Na extensa pré-seleção do Tuttosport destaque ainda para a presença do médio ofensivo Angel Gomes, do Manchester United, internacional jovem por Inglaterra e filho de Gil, campeão mundial de sub-20 por Portugal.

Entre os candidatos estão também jogadores que já se afirmaram nas equipas principais, entre os quais o norueguês Haland, avançado sensação esta época e que trocou no mercado de inverno o Salzburgo pelo Borussia Dortmund, Ansu Fati, o atacante de origem guineense do FC Barcelona, ou o brasileiro Vinicius Jr., do Real Madrid.

Fortes candidatos ao troféu são igualmente os ingleses Jadon Sancho (Borussia Dotmund) ou Hudson-Odoi (Chelsea).

O prémio, criado em 2003, já distinguiu dois jovens jogadores portugueses: Renato Sanches, em 2016, e João Félix, no último ano, em 2019, sendo ambos ‘produtos’ da formação do Benfica e que se transferiram para o Bayern Munique e Atlético Madrid, respetivamente.

Continuar a ler

SC Braga

À quarta ronda de testes, SC Braga continua livre da covid

Covid-19

em

Foto: Twitter de SC Braga

Os jogadores, equipa técnica e ‘staff’ do SC Braga foram novamente sujeitos a testes de rastreio à covid-19 cujos resultados foram todos negativos, revelou hoje o clube minhoto da I Liga de futebol.

Foi a quarta ronda de testes realizada pelos bracarenses no espaço de um mês e todos eles tiveram resultados negativos.

Antes do início da competição, os ‘arsenalistas’, tal como as restantes equipas, voltarão a ser testados.

https://twitter.com/SCBragaOficial/status/1265251288180232192

Depois da folga de segunda-feira, o plantel voltou hoje aos treinos para preparar o jogo com o Santa Clara, da 25.ª jornada da I Liga, no dia 05 de junho (19:00), que terá lugar na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França, Escócia, Bélgica e dos Países Baixos foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede em Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 03 de junho. A Liga alemã foi retomada em 16 de maio.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 346 mil mortos e infetou mais de 5,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Quase 2,2 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.342 pessoas das 31.007 confirmadas como infetadas, e há 18.096 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler

SC Braga

Guarda-redes Rute Costa deixa SC Braga após quatro épocas

Sem adiantar qual o próximo passo na carreira

em

Rute Costa. Foto: SC Braga

A futebolista internacional portuguesa Rute Costa, guarda-redes do campeão SC Braga, informou hoje que deixa as ‘arsenalistas’ após quatro épocas, sem adiantar qual o próximo passo na carreira.

“Fim de um ciclo! Não foram 4 meses, foram 4 anos… Quero agradecer a todas as jogadoras que passaram pelo SC Braga por contribuírem para o meu crescimento desportivo e pessoal”, escreveu a jogadora, de 25 anos, na rede social Facebook.

Rute Costa, que chegou ao SC Braga em 2016/17, na época de criação e estreia da equipa feminina, conquistou o campeonato em 2018/19 e a Supertaça em 2018, num currículo que conta ainda com uma Taça de Portugal com o Boavista, em 2012/13.

No comunicado, Rute Costa deixa ainda um agradecimento ao treinador de guarda-redes e aos adeptos do SC Braga, acrescentando estar “ansiosa por uma nova baliza, onde possa continuar a voar e sonhar”.

A guardiã tem duas internacionalizações em jogos particulares, tendo marcado presença no Europeu de 2017, na Holanda, na estreia de Portugal, competição em que foi suplente de Patrícia Morais, guarda-redes do Sporting.

Em abril, a Federação Portuguesa de Futebol decidiu cancelar as competições não profissionais, devido à pandemia da covid-19, entre as quais o campeonato feminino, então liderado por Benfica, com os mesmos pontos do Sporting.

Continuar a ler

Populares