Seguir o O MINHO

Ave

Restaurante de Famalicão obrigado a pagar 21 mil euros por queimar criança com sopa

em

O Tribunal da Relação de Guimarães confirmou, na passada sexta-feira, a condenação do proprietário de um restaurante de Vila Nova de Famalicão a pagar 21 mil euros de indemnização a uma criança, pelas queimaduras de primeiro e de segundo grau na coxa, causadas por um prato de sopa a ferver, que resultaram numa cicatriz rugosa.

O caso remonta a 2009. No dia 31 de julho, a menina com três anos e os pais encontravam-se no estabelecimento de restauração a jantar, quando uma empregada de 16 anos entornou um prato de sopa que atingiu a perna da criança.

Segundo o acordão do Tribunal, a que a agência Lusa teve acesso, “a sopa encontrava-se a ferver e foi servida demasiado quente”, tendo, nomeadamente, queimado a funcionária numa mão.

Em primeira instância, o Tribunal de Famalicão condenou o dono do restaurante a pagar 20 mil euros, pelos danos morais sofridos pela menina, e 1271 euros pelos danos morais e patrimoniais sofridos pelos pais.

Segundo a Lusa, “o tribunal considerou, nomeadamente, que o empresário omitiu o dever de cuidado ao não ministrar formação profissional à funcionária e que agiu com negligência, por não ter disciplinado a atividade de servir sopa e/ou pratos quentes, estipulando regras que prevenissem a ocorrência de acidentes”.

O empresário recorreu da decisão, pedindo que a indemnização a pagar à criança não fosse superior a cinco mil euros, o que a Relação rejeitou.

“Porque já não é possível tirar-lhe o mal que sofreu e continuará a sofrer, importa que a quantia a fixar não seja meramente simbólica, mas suscetível de proporcionar ao lesado um acréscimo de meios que lhe permita compensar-se dos padecimentos que teve e tem de suportar. Para isso, importa que o montante arbitrado seja significativo e se afaste do miserabilismo”, refere o acórdão.

 

Anúncio

Ave

Papa Francisco abençoou paróquias de Fafe

Vaticano

em

Foto: Divulgação / Paróquia de Fafe

Um grupo de dez padres do arciprestado de Fafe foi recebido, na passada quarta-feira, pelo Papa Francisco, no Vaticano, durante uma peregrinação daqueles sacerdotes a Roma.

De acordo com nota divulgada pela paróquia de Fafe, os párocos receberam uma bênção apostólica do Santo Padre para o ministério sacerdotal, sendo a mesma extensível às comunidades paroquiais que os padres representam. Em troca, o Papa Francisco recebeu algumas ofertas, entre elas uma Cruz da Misericórdia.

Nesses dias, os dez párocos ficaram alojados no Pontificio Colégio Português, onde residem os padres Pedro Daniel e José Miguel, que durante alguns anos trabalharam em Fafe.

A comitiva fafense foi ainda acompanhada pelo monsenhor Ferreira da Costa, sacerdote bracarense ao serviço da Santa Sé, conhecendo vários espaços mais reservados do Vaticano, como o túmulo de são Pedro, na cripta dos Papas.

Tiveram ainda oportunidade de celebrar uma missa junto ao túmlo de Paulo VI, primeiro Papa a visitar Portugal.

Continuar a ler

Guimarães

Jovem em estado grave após queda de quatro metros em Guimarães

Em Prazins

em

Foto: DR / Arquivo

Um jovem de 28 anos sofreu ferimentos graves na sequência de uma queda, na manhã deste sábado, em Corvite, concelho de Guimarães.

A vítima terá caído de uma altura de quatro metros, numa habitação, estando ainda as causas da queda por apurar. Alegadamente, terá caído do telhado, mas essa informação não foi confirmada oficialmente.

No local estiveram os Bombeiros Voluntários das Taipas e a VMER de Guimarães.

No resultado do impacto, terá fraturado a coluna em vários sítios, disse a O MINHO Rafael Silva, comandante dos Bombeiros das Taipas.

“Foi transportado para o Hospital de Braga com ferimentos graves”, acrescentou.

A GNR registou a ocorrência.

(notícia atualizada às 15h34)

Continuar a ler

Ave

Mulher morre após cair de 7.º andar em Famalicão

Óbito

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

Uma mulher, com cerca de 60 anos, perdeu este sábado a vida na sequência de uma queda do sétimo andar de um prédio situado na Rua Ernesto Carvalho, no centro da cidade de Famalicão.

As circunstâncias em que ocorreu a queda estão ainda por apurar, mas as primeiras informações dão conta de se ter tratado de um acidente.

No local estão os Bombeiros Famalicenses apoiados pela VMER de Famalicão.

A PSP registou a ocorrência.

Continuar a ler

Populares